As vitórias de Renato

Lucas Uebel/Divulgação GrêmioA superioridade do Grêmio no jogo contra o Atlético-MG tem muito a ver com o trabalho feito por Renato Portaluppi desde sua chegada para ocupar o lugar de Roger.

Ele teve sabedoria, por exemplo, de aproveitar o melhor do trabalho de Roger – o controle da bola, as aproximações e as trocas de passes em velocidade – e corrigir os erros que a defesa apresentava.

Em primeiro lugar, sob desconfiança, definiu Ramiro como titular para ter um jogador com capacidade de marcação e velocidade para preencher o lado direito do ataque. Depois, corrigiu o posicionamento de Geromel e Kannemann nas bolas cruzadas para a área. Para completar, disciplinou um pouco mais a movimentação dos volantes.

Tudo isso completado por sua exigência de que os jogadores se dediquem, sempre lembrando das tradições do clube.

Por fim, quando até torcedores queriam outro atacante em lugar de Pedro Rocha, ele insistiu no jogador. Disse que ele era importante e passou a valorizar, além da força, a disciplina tática de Pedro Rocha.

Na primeira das partidas decisivas contra o Atlético, as dúvidas sobre Pedro Rocha terminaram. Ele fez dois gols, teve outras três chances e foi expulso por marcar um jogador do Atlético na posição de lateral-esquerdo. Cumprindo função, portanto.

São vitórias de Renato.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa do Brasil, Grêmio e marcado , , , , . Guardar link permanente.

71 respostas para As vitórias de Renato

  1. Fifaldino disse:

    A6ora vai!!!

  2. Kiko Marques disse:

    O Renato precisa fazer algo para dominar os nervos de alguns jogadores do Grêmio. Maicon, por exemplo. Se eu fosse o juiz ontem, além do Pedro Rocha, expulsava mais uns dois do Grêmio. Os caras perdem completamente o controle. Pega pela frente um juiz linha dura e estará feita a besteira.

    • Ricardo - DF disse:

      O Maicon não poderia ser capitão. É um cara totalmente descontrolado. Geromel tem mais o perfil de capitão, ao menos em termos de comportamento em campo. Normalmente o capitão tem que ser um líder do time, mas um lider nervosinho não dá certo. O Maicon levou o amarelo e continuou berrando na cara do juiz. Fosse um juiz forte, tinha expulso ele tb.

      Mas a verdade é que se fosse um juiz mais experiente, não tinha dado um cartão ali. O Rocha ir sair por que sofreu uma entrada violenta de um zagueiro que nem amarelo levou! A falta que ele fez foi menos violenta que a que sofreu, e o árbitro resolve expulsar ele. Não precisava cartão ali (podia dar, sim), e aí não expulsou outros por que a consciência devia estar pesada.

  3. Kiko Marques disse:

    Atacante marcando é isso. Vai fazer falta e levar amarelo, pois não tem cacuete para marcar.

  4. telmog disse:

    Grande vitoria Tricolor! Parabens a todos nos gremistas. Da satisfacao ver o Gremio jogar futebol. Bola de pe em pe, pensado, jogado, coordenado. Assim que futebol fica bonito de se ver, sem truculencias, bola rolando, deslocamentos, vantagens pessoais, passes e fundamentos bem acabados. Parabens ao Roger e muito tambem ao Renato. Vamos a final para empilhar mais 3 neles.

    • mcatvida disse:

      Roger bem que poderia ser convidado a acompanhar o jogo na Arena e, se confirmarmos, participar da festa. Ele tem grande contribuição nesse título.
      Renato manteve o seu sistema, motivou o grupo e corrigiu os defeitos da zaga.
      Um título construído por dois ídolos do clube merece ser festejado por todos..

  5. Diego disse:

    Como eu havia falado, GrÊmio x Galo na Final, Grêmio Campeão na Majestosa Arena.
    O Campão Voltou, Abraços do Rei de Copas.

    • Fifaldino disse:

      “Campão”. Ehehe….

    • Maurício disse:

      Dá-lhe Campão.

      • Fifaldino disse:

        É a falta de prática. Essa palavra é nova para a 6remistada. Ehehe…

      • Gaudêncio disse:

        Campão… porque o Mineirão é grande….

      • Maurício disse:

        Falando em pouca-prática, cuidado se forem mesmo erguer a taça.
        Já teve um ananá que conseguiu furar a própria testa.

      • Diego disse:

        Está sabendo bastante da nossa história, hein, Mauricas?

      • Maurício disse:

        ‘Mauricas’… Essa é a ‘flauta’ do Mendiego… Que maturidade! kkkkkkkkk

      • Guasca disse:

        Foi capa de jornal na época. Só cego ou que não era nascido deixou de ver.
        Aliás, tentaram passar o migué que aquele sangue todo foi resultado do jogo, e não da pataquada na hora de levantar a Toyota Cup.

      • João disse:

        Me mostre algum atleta que já fardou no Inter e que tenha mais títulos que o De Leon e eu dou bola para essa flauta. No mesmo dia já se sabia que havia sido o parafuso da taça, taça que o De Leon já havia levantado contra o Inter, em 80. Nunca foi dito que o sangue era do jogo. A foto é que ficou famosa.

      • Maurício disse:

        Periga mesmo eu entrar nessa criancice de ‘o meu é maior que o teu’…
        Talvez tu não lembre (ou não te contaram) mas a imagem foi muito explorada sim, não só pela imprensa mas pelo próprio clube (claro, no tempo em que o brasileiro nem sabia dizer marketing, mas…), e sem qualquer esforço pra desfazer a mentira. Não deixa o clubismo te cegar.

      • Fifaldino disse:

        Calma, Cesão!!!!

      • João disse:

        Me mostre alguém dizendo que o sangue é de uma disputa no campo. A imagem foi explorada porque o cara estava com a taça. Iriam mostrar o quê? O gandula? Na mesma noite já se sabia disso. E por um simples motivo: ele não saiu do jogo sangrando. Essa história de não entrar na disputa de quem foi maior é muito simples: ninguém no Inter foi mais vencedor que o De Leon. O mais próximo foi o Índio.

      • Maurício disse:

        Criancice.

      • Fifaldino disse:

        Índio dá de relho no De León. Até na hora de segurar uma taça sem correr risco de vida. Vá fazer as contas direito!! Ehehe…

      • João disse:

        Ashuahshauhsuahsshashau… Só de Libertadores, o De Leon tem três. A conversa já para por aí. Larguei…

      • Maurício disse:

        Mas o meu pai é mais forte que o teu.

      • Fifaldino disse:

        Ah….para!!!! Ele quer contar até o que o De Leon ganhou POR OUTROS CLUBES!!!! KKKKKKKKKKKKKKK!!! Isso é coisa de tiete. Tô fora!!!

        Para ficar no âmbito local….. o Índio tem duas LA e um Mundial FIFA (sem contar o resto). Tudo pelo Inter.

        Ou seja… o Índio é o maior vencedor da DUPLA FRENAL. É isso que importa. O que ele ganhou fora é só dele.

      • Maurício disse:

        É isso aí, meu fake.

  6. Marciano disse:

    Em se confirmando o penta tricolor, a dupla Grenal somará 6 títulos da Copa do Brasil.

  7. Maurício disse:

    Ficou bem encaminhado. Se confirmar, que sirva pra finalmente inaugurar a Pé-frio e diminuir o azedume da golfinada.

  8. Miguel disse:

    Pedro Rocha estava fazendo o melhor jogo da carreira até a expulsão, apesar de ter perdido mais 3 chances claras estava jogando muito. Pena ter tirado a camisa pra comemorar. Falei na hora “pra que tirar a camisa se sabe que vai levar amarelo? Depois faz uma falta e é expulso.” Não deu outra.

  9. Gaudêncio disse:

    Levantamento do site Torcidômetro à 1h30 do dia 24/11:
    Grêmio 105;683 – Inter com 112.756
    Diferença pró-Inter: 7.073
    Levando em conta que muitas das “afiliações” foram oportunísticas e com o objetivo de apenas comprar o ingresso, creio que a tendência é de estabilização nos números (quem sabe até com diminuição no Grêmio).
    Resta saber qual será o impacto lá pras bandas do Inter em caso de rebaixamento – algo que pode acontecer já neste fim de semana.

    • Fifaldino disse:

      Espero que essa “estatística” leve em conta a torcida real e não a torcida cenográfica das entrevistas da RBS. Ehehe…

    • Gaudêncio disse:

      Levantamento do site Torcedômetro às 20h do dia 24/11:
      Grêmio 106.143 – Inter com 112.756
      Diferença pró-Inter: 6.613
      ===
      Vamos ver as desculpas gerais que forem sendo despejadas…
      ===
      A boa notícia para a torcida colorada é que AINDA não começou a demandada de “associados”, “afiliados” e batráquios em geral…

  10. Ricardo - DF disse:

    Renato tá fazendo um bom trabalho. Ele parece enxergar melhor o que acontece em campo do que o Roger. Mas, a mecânica de jogo do Grêmio hoje ainda é a do Roger. Renato deu mais consistência ao time e formou um time forte, quando joga com a corda beeeem esticada. Lembrem que o time que levou 3×0 do Sport era praticamente o titular.

    Basta esse time do Grêmio entrar de salto alto que toma um vareio de qualquer um. Sport que o diga. Assim, muito cuidado na semana que vem.

  11. Maurício disse:

    Gaudêncio disse:
    novembro 24, 2016 às 1:16 am
    O que me fascina é o silêncio dos torcedores colorados

    A melhor do dia.

  12. Papa Charlie disse:

    Deem a taça ao greBBio logo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s