Cruzeiro vence e conquista a Copa do Brasil pela sexta vez

Ao vencer o Corinthians por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no Itaquerão (46,5 mil pessoas, recorde na história do estádio), o Cruzeiro conquistou a Copa do Brasil. Além de festejar seu sexto título na competição, assumindo o posto de maior campeão, o time mineiro ganhou um prêmio superior a R$ 50 milhões.

Robinho, ao aproveitar rebote de um chute de Barcos que bateu na trave, fez 1 a 0 aos 27 minutos do primeiro tempo, Jadson empatou batendo pênalti (marcado depois de consulta ao vídeo) aos 10 do segundo, e o uruguaio De Arrascaeta fez 2 a 1 em jogada rápida de contra-ataque aos 36.

De Arrascaeta, por sinal, viajou do Japão, onde estava com a seleção uruguaia, direto para São Paulo, onde chegou às 16h do dia do jogo. Foram mais de 24 horas de viagem. Ficou no banco de reservas até a metade do segundo tempo quando entrou em campo, fez o gol e acabou com a pressão do Corinthians.

O Cruzeiro tinha vencido também a primeira partida, no Mineirão, por 1 a 0.

Foi a quarta decisão do técnico Mano Menezes e seu terceiro título.

Com isso, o Cruzeiro, que é apenas o 10º colocado no Brasileirão, é o primeiro brasileiro a garantir vaga direta na Libertadores de 2019.

Anúncios
Publicado em Copa do Brasil | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Os bons exemplos que vêm da Espanha e do Chile

Naqueles lugares em que a liberdade e a democracia, duramente conquistadas, são valorizadas e protegidas. Acima de tudo, não há a mínima concessão para retrocessos.

Dois exemplos no mesmo dia.

Em Barcelona, o clube decidiu tirar de Ronaldinho o cargo honorífico de embaixador do clube por causa de seu declarado apoio ao candidato brasileiro amigo de torturadores. Segundo os jornais da Catalunha, as ideias defendidas pelo candidato – e aceitas por Ronaldinho – contrariam os valores defendidos pelo Barcelona. Rivaldo, outro que manifestou apoio, também não será mais convidado para eventos especiais.

Os espanhóis e os catalães em especial não esquecem os horrores dos tempos de Franco e querem distância de defensores de ditaduras.

No Chile, o exército chileno passou para a reserva compulsória o coronel Germán Villarroel, diretor da escola militar do país, pelas homenagens feitas no ambiente da instituição a Miguel Krassnoff Martchenko, um dos genocidas da ditadura de Pinochet. Martchenko cumpre pena de 71 anos de prisão pelos crimes cometidos na ditadura.

No Brasil, militares homenageiam ditadores, desrespeitando a memória das vítimas e a própria democracia, sem que nada aconteça. Pior: o hoje candidato fez elogio a um dos assassinos mais sádicos da ditadura em sessão no Congresso – e hoje é líder nas pesquisas para a presidência.

Nestes momentos, dá uma inveja danada de países civilizados (como a Alemanha, por exemplo, que viu multidões tomarem as ruas no último fim de semana em protesto contra a ameaça representada por grupos de extrema-direita) e com população consciente de que não se pode colocar em risco a democracia.

Publicado em Gente | Marcado com , , , | 88 Comentários

Inter volta a ter sua melhor defesa

Odair Hellmann deve ter no jogo contra o Santos, na próxima segunda-feira, um dos grandes destaques da equipe ao longo da temporada. Rodrigo Moledo foi liberado pelos médicos, passou a participar das atividades diárias e deve recuperar sua posição.

Ao lado do argentino Victor Cuesta, Moledo formou uma dupla afinada, firme, que durante bom tempo garantiu ao Inter a segunda melhor defesa do campeonato.

Com ele, Odair volta a contar com o tripé de proteção formado pela dupla e Rodrigo Dourado.

Moledo volta, Pottker fica afastado.

O atacante teve confirmada lesão muscular na perna direita e deve passar pelo menos duas semanas em tratamento.

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , | 3 Comentários

Da série ‘Perguntar não ofende’

Mesmo ficando a oito pontos do líder Palmeiras, a nove rodadas do fim do Brasileirão, o Grêmio deve manter o Brasileirão como um de seus dois grandes objetivos deste fim de temporada ou deve mesmo se concentrar, quase com exclusividade, nos jogos da Libertadores, especialmente nos confrontos semifinais contra o River Plate?

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 3 Comentários

Laerte na veia

(Laerte/Reprodução)

Publicado em imprensa | Marcado com , , , | 2 Comentários

Gol de Miranda garante vitória brasileira sobre a Argentina

Um gol do zagueiro Miranda, aos 47 minutos do segundo tempo (em cobrança de escanteio de Neymar), garantiu a vitória de 1 a 0 da Seleção Brasileira sobre a Argentina, pelo Superclássico das Américas, nesta terça-feira, em Jedá, Arábia Saudita.

Foi o quarto troféu do Brasil desde que a disputa foi oficializada pela Conmebol.

O jogo teve muita disputa, faltas dos dois lados e pouco futebol. Os ataques pararam na marcação. Só nos últimos minutos, beneficiado pelas trocas feitas na Argentina (que não renderam o que o técnico esperava), o Brasil passou a pressionar em busca do gol que evitaria a decisão nos pênaltis.

Na Seleção, destaque para o futebol da dupla de zagueiros (Marquinhos e Miranda), o desempenho de Arthur, que especialmente no segundo tempo dominou o meio-campo, e Richarlison, depois que entrou no lugar do discreto Gabriel Jesus.

A Seleção volta a jogar em novembro.

Publicado em Seleção Brasileira | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Das armadilhas

(Reprodução)

Publicado em Gente | Marcado com , , , | 8 Comentários