Chile, nos pênaltis, conquista a Copa América

No mesmo Estádio Nacional que preserva uma parte de sua arquibancada como monumento aos chilenos presos, torturados e assassinados pela ditadura de Pinochet, a seleção do Chile conquistou nos pênaltis neste sábado, diante da poderosa Argentina de Messi, a Copa América pela primeira vez nos 100 anos da competição. Foi uma espécie de homenagem à história e à melhor geração de jogadores do país.

Foi difícil.

As duas seleções disputaram uma final dura, competitiva, durante 120 minutos e não conseguiram marcar. O Chile porque não teve, desta vez, atacantes que conseguissem aproveitar as chances. A Argentina porque seu principal jogador, Lionel Messi, foi marcado o tempo todo e nunca encontrou espaços.

Foi difícil e merecido.

A seleção chilena tem uma seleção bem organizada, bem dirigida pelo técnico (argentino) Sampaoli e um grupo de jogadores de qualidade. Lá estão Medel, Vidal, Aránguiz (um dos destaques da decisão), entre outros.

Depois do tempo normal e na prorrogação, para testar a resistência dos jogadores (Lavezzi e Mascherano, argentinos, terminaram mancando por causa das câimbras), as duas equipes foram para os pênaltis. E o Chile seguiu sendo mais competente.

A sequência foi assim:

Fernández: chute no alto, lado direito, 1 a 0

Messi: bola colocada no canto esquerdo, rasteira, 1 a 1

Vidal: cobrança no lado direito do goleiro, 2 a 1

Higuaín: alto demais, muito longe do gol

Aránguiz: bola no canto esquerdo, 3 a 1

Banega: chute fraco, na esquerda, defesa de Bravo

Sánchez: bola com categoria, no meio do gol, 4 a 1, Chile campeão

Publicado em Copa América | Marcado com , , , | 17 Comentários

O desabafo de uma campeã das piscinas

Joanna Maranhão é uma das principais nadadoras brasileiras. É também uma atleta firme e corajosa ao falar de suas ideias, ligada ao que acontece no país, preocupada com certas decisões. Não faz parte daquele grupo que evita falar, que prefere ser visto como alienado a dar uma opinião. Os jogadores de futebol costumam ser sócios antigos desta confraria.

Joanna, não. Ela expõe suas ideias, como fez na manhã de quinta-feira, ao divulgar um vídeo em seu Facebook sobre a decisão dos deputados na noite anterior.

Vale a pena prestar atenção no recado no vídeo, que também compartilhei no Face:

Publicado em Gente | Marcado com , , , | 51 Comentários

A grande fase de Luan

Lucas Uebel/DivulgaçãoAos 22 anos, o atacante Luan, paulista de São José do Rio Preto, começa a afastar as desconfianças de parte da torcida do Grêmio, aquela que sempre manifestava impaciência a cada hesitação ou erro do jogador.

Luan tratou de acabar com a impaciência.

Na noite de quarta-feira, por exemplo, ele foi responsável direto por sete conclusões ao gol e forçou Fábio a trabalhar como nunca. Além disso, sofreu o pênalti que resultou no gol da vitória, marcado por Douglas.

Desde que passou da base para o time profissional, Luan tem sido quase sempre um diferencial técnico. Nem sempre consegue ter atuações como a de quarta, mas mantém uma média de qualidade.

Com Roger, ele passou a se movimentar em espaços onde rende ainda mais. Nem fixo na frente, nem obrigado a desempenhar funções de marcador o tempo todo.

– No primeiro momento, eu reposicionei o Luan – explicou Roger. – Agora ele está como atacante com liberdade para se movimentar. Isso fez que conseguisse buscar os espaços e girar para ter o campo a sua frente. Ele gosta de estar perto do gol, isso facilita.

Se mantiver este ritmo de evolução, Luan – que já é a principal referência técnica do Grêmio – certamente vai ser um dos grandes destaques do Brasileirão.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , , | 6 Comentários

Inter e Libertadores: o perigo de perder o ritmo

Logo depois da vitória sobre o Independiente Santa Fé e da classificação para as semifinais da Libertadores, ainda envolvido pelo ambiente de festa e de euforia do Beira-Rio, o técnico uruguaio Diego Aguirre lamentou que a competição parasse por mais de 40 dias.

– Por mim, teríamos jogo já na semana que vem – disse.

O raciocínio de Aguirre certamente era o mesmo de qualquer torcedor: o time estava motivado, ajustado, com alto rendimento e poderia tirar proveito da excelente fase nos confrontos. A pausa forçada na Libertadores, por causa da Copa América, seria uma quebra neste ritmo.

Pois bem, aquilo que Aguirre não queria há mais de um mês não ameaça o Inter agora, pelas decisões do próprio técnico, a pouco menos de duas semanas do início dos confrontos com o Tigres?

Ao mudar a equipe de jogo para jogo, a ponto de radicalizar como fez em Recife (oito trocas e algumas improvisações), Aguirre impede que o Inter mantenha o ritmo. Pior: pode abalar a confiança do time e da própria torcida.

Aguirre tem um retrospecto favorável, é verdade, tem feito um trabalho à base de convicções sólidas, conquistou a confiança e o apoio da torcida, mas parece claro que comprometeu a pausa. Terá de recuperar o ritmo ao menos nas duas próximas partidas, contra Atlético-MG e Flamengo, dois velhos e duros adversários.

Nestes jogos, o técnico deve escalar o time titular – ou, ao menos, todos os titulares disponíveis (Sasha ainda segue em recuperação, Valdívia é dúvida por causa da pancada no tornozelo).

A Libertadores está chegando.

Pode ser que ele prove, mais uma vez, que a razão está a seu lado, mas que é um risco e tanto, ah, isso é.

 

 

Publicado em Inter | Marcado com , , , | 39 Comentários

Para curtir Roger Waters

Da série Vídeos para começar bem o dia: nestes dias em que Roger Waters tem posições cada vez mais claras e firmes sobre direitos humanos, especialmente na questão Israel/Palestina, vale a pena curtir esta empolgante Perfect Sense, do show In The Flesh. Nesta música, a participação da cantora P.P. Arnold, norte-americana de Los Angeles, que fez sucesso na Inglaterra dos anos 60, é espetacular.

Acompanhem:

Publicado em Vídeos para o dia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Alguém pode discordar de Rivaldo?

“(…) Hoje em dia qualquer jogador pode ser convocado para a Seleção Brasileira. Eu lembro que em 2006 não fui para Copa do Mundo porque jogava na Grécia, sendo que tinha sido eleito dias vezes o melhor jogador do campeonato, que era e é muito mais importante do que os países em que muitos jogadores da atualidade jogam. Se continuar assim, a nossa seleção vai passar mais de 30 anos para ser campeão. Por favor vamos convocar os melhores, senão vamos passar vergonha novamente. Eu gosto de ficar no silêncio mas não aguentei, a coisa está feia (…)”

(Rivaldo, ex-atacante, com passagens por Corinthians, Palmeiras, Barcelona, entre outros, pentacampeão com o Brasil em 2002, atual presidente do Mogi Mirim, em entrevista ao UOL, ao dizer que está preocupado com o futebol ruim mostrado pela Seleção Brasileira na Copa América)

Publicado em Seleção Brasileira | Marcado com , , , | 17 Comentários

As boas lições de Roger Machado

Lucas Uebel/DivulgaçãoOs próprios jogadores revelaram depois do jogo contra o Cruzeiro, na noite de quarta-feira, na Arena: o rendimento do time superou todas as previsões. Roger Machado (foto) estabeleceu ‘lotes’ de jogos, por exemplo. Em cinco deles, fazer nove pontos. Só nos últimos quatro, o Grêmio fez 12. Nos sete sob o comando de Roger, 16 dos 20 atuais pontos que deixam o time entre os primeiros do campeonato.

O que mudou no Grêmio?

Vejam o que disse o técnico na entrevista comedida concedida logo depois da vitória:

Eu prezo pela questão coletiva, a organização e a intensidade aplicada no dia a dia. Não acredito que quem treine andando jogue correndo. Temos que fomentar isso diariamente. Automaticamente isso vai para o jogo. Em uma equipe com os jogadores que começaram a competição sem crédito, resgatar a confiança é muito importante. Sou um vendedor de ideias, se os atletas comprarem o que estou vendendo para eles, as coisas ficam muito mais fáceis.

Desejo que meu torcedor venha para o campo acreditando na equipe, confiante de que possamos ser campeões. Não passo isso agora para o nosso grupo, eu falo que a competição é dura. Que a 38ª rodada está muito longe e que temos que dar os passos firmes, não podemos saltar no campeonato. Vamos continuar trabalhando em ciclos pequenos, com objetivos a curto prazo.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | 5 Comentários