Concorrentes ganham e se afastam do Grêmio

Os resultados da noite desta segunda-feira foram ruins para o Grêmio. Muito ruins.

Na Vila Belmiro, o Santos venceu o Fluminense por 2 a O, deixando a zona de rebaixamento e subindo para 32 pontos ganhos.

Em Salvador, o Bahia ficou no 1 a 1 com o Ceará, mas também foi a 32.

E poe que foi ruim para o Grêmio? Porque agora não basta uma vitória para sair do Z-4, mas de duas porque Santos e Bahia abriram seis pontos de vantagem.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Grêmio, de goleada, conquista Brasileiro de Aspirantes

Lucas Figueiredo/Divulgação CBF

Nesta fase de turbulência no futebol profissional e de aflição pela ameaça de rebaixamento, o Grêmio teve um boa notícia na tarde desta quarta-feira. A equipe de transição, formada por jogadores saídos da base, goleou o Ceará por 4 a 1, na Arena, e conquistou sei primeiro Brasileirão de Aspirantes.

O estádio recebeu cerca de 1,5 mi torcedores. Vagner Mancini, técnico da equipe principal, assistiu à decisão.

No primeiro jogo da decisão, em Fortaleza, o Grêmio perdeu por 2 a 1. Na Arena. nesta quarta-feira, venceu com sobras.

Vitelo fez 1 a 0 logo aos 20 segundos, o Ceará empatou aos quatro, com Hélio Borges, Jonatha Varela fez 2 a 1 as 11, Elias ampliou as 31 e Pedro Lucas completou as 41.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Grêmio: tempos de estudar a tabela e usar a calculadora

Poucas vezes o torcedor do Grêmio, habituado a anos recentes de grandes vitórias, olhou tanto para a tabela de jogos e usou tanto a calculadora. Tudo em busca de alguma esperança de fugir da zona do rebaixamento e evitar a terceira queda para a Série B.

Na tabela de classificação, ele vê que seu time tem apenas 26 pontos ganhos e ocupa o penúltimo lugar no campeonato. Está há 25 rodadas no Z-4.

Para sair do grupo, o torcedor percebe que seu time terá de ganhar mais 18 pontos (todas as projeções, inclusive dos dirigentes de futebol do clube, indicam que este é o ponto da segurança, sem riscos). Ou seja: são necessárias seis vitórias nos 12 jogos restantes, ou subir o aproveitamento dos atuais 33% para 50% no restante do campeonato.

E que diz a tabela de jogos?

O Grêmio tem no momento sete partidas com datas e horas definidas – e será necessário buscar pontos logo, nesta primeira metade, antes que o espaço de manobras fique muito restrito.

Domingo: Palmeiras, na Arena

Dia 3 – Atlético.-MG, em Belo Horizonte

Dia 6 – Inter, no Beira-Rio

Dia 9 – Fluminense, na Arena

Dia 13 – América-MG, no Independência

Dia 16 – Bragantino, na Arena

Dia 20 – Chapecoense, em Chapecó

Ainda sem data e horários confirmados no site da CBF, mais cinco partidas:

São Paulo, na Arena

Bahia, em Salvador

Corinthians, em São Paulo

Atlético-MG, na Arena

Flamengo, na Arena

De onde virão as seis vitórias salvadoras para escapar do rebaixamento?

Além de pensar nos seus jogos, o torcedor terá de ficar de olho no dos adversários. Nesta quarta-feira terá de torcer para que o Bahia não vença o Ceará na Fonte Nova, e o Santos tropece diante d Fluminense, na Vila Belmiro.

Tempos complicados na vida do Grêmio.

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 3 Comentários

Paolo Guerrero não é mais do Inter

Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Em nota divulgada no final da manhã desta terça-feira (leia aqui), o Inter anunciou oficialmente a rescisão de contrato do centroavante peruano Paolo Guerrero. É o final esperado de um assunto que vinha sendo preparado pelas duas partes há algum tempo.

No período de Inter, foram 72 jogos e 32 gols .

No momento, Guerrero está em Munique tratando de seu joelho operado – que o afastou do futebol por quase um ano – para tentar cumprir ainda uma última fase da carreira.

Ele deve voltar a Porto Alegre para se despedir dos companheiros e do clube. Depois, é provável que volte ao Peru.

Publicado em Inter | Marcado com , , | 1 Comentário

Passou dos limites

Laerte/Reprodução

(Laerte/Reprodução)

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | 3 Comentários

Perguntinha ao torcedor do Inter

Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Diego Aguirre não está conseguindo tirar proveito de todo o potencial do grupo do Inter, por vezes recuando demais a equipe nas fases finais das partidas, como alguns analistas afirmam, ou é exatamente o contrário disso, e o time faz uma campanha surpreendentemente boa (colocado entre os melhores do campeonato) para o que a própria torcida esperava neste ano de dificuldades. troca de técnicos com métodos diferentes e quase nenhuma possibilidade de fazer grandes contratações?

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , , , | 2 Comentários

Mancini: ‘Não tenho dúvidas de que vamos permanecer’

Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Esbarramos em alguns erros que acontecem em um jogo de futebol. Não vamos chegar com uma varinha mágica e corrigir todos os erros em dois jogos e uma semana de trabalho. É necessário tempo, que sejamos emocionalmente equilibrados para não piorar a situação. Estamos aqui na margem do campo tentando passar tranquilidade aos atletas, eles também estão ansiosos, são seres humanos que querem acertar. Vamos lutar até o final e não tenho dúvidas que vamos permanecer na Série A. Não tenho dúvida“.

(Vagner Mancini ao analisar a derrota para o Atlético-GO)

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 3 Comentários

Grêmio volta a fracassar e segue entre os rebaixados

Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Depois de um bom primeiro tempo e de sofrer um gol puramente acidental, na única boa jogada de ataque do Atlético-GO, o Grêmio desabou no segundo, desmoronou psicologicamente, não teve forças para reagir e perdeu por 2 a 0, na noite desta segunda-feira, em Goiânia. Com isso, o time continua afundado na zona do rebaixamento, com uma dura sequência de jogos pela frente.

O Grêmio terá de buscar a reação contra Palmeiras, na Arena, Atlético-MG e Inter fora, Fluminense na Arena. Terá de buscar um desempenho que não teve até o momento no Brasileirão.

Vagner Mancini a mesma estrutura da vitória sobre o Juventude, e viu seu time render o suficiente para deixar o torcedor que foi ao estádio e o que viu pela televisão cheio de esperança. Com boa troca de passes, maior posse de bola, o Grêmio atacou, pressionou, ameaçou aos 10 minutos, com Thiago Santos, aos 22 e 25 com Douglas Costa, e quase marcou com Villasanti aos 30 (Fernando Henrique defendeu).

Quando tudo parecia se encaminhar bem, houve o lance que começou a desestruturar tudo: Igor Carius recebeu lançamento, correu ao lado de Vanderson e, como o lateral custou a reagir, o atacante deu um leve toque para evitar o goleiro. Um a zero, um duro golpe para um time que estava melhor.

O gol perturbou o Grêmio e animou o Atlético. Em seguida, aos 48, Janderson chutou forte, no ângulo, mas Brenno foi bem e desviou a escanteio.

Na volta para o segundo tempo, o Atlético voltou mais animado, confiante, diante de um Grêmio que precisava reagir. Villasanti, um dos melhores do time, tentou duas vezes, aos dois e aos 11, mas aos 12 tudo desabou definitivamente.

O que houve aos 12? Um equívoco grave do técnico Mancini. Ele trocou Douglas Costa e Jean Pyerre, que tiveram um desempenho razoável no primeiro tempo, por Borja e Ferreira. Recuou um pouco Diogo Souza, claramente sem força, para ajudar no meio. O resultado disso é que o Grêmio perdeu o meio-campo, abrindo um imenso espaço para as manobras do Atlético.

O lance do segundo gol começou assim. O time goiano trocou passes com liberdade no meio, avançou e por fim tocou a André Luís, já na área, com Paulo Miranda as suas costas. Ao receber a bola, ele girou e foi puxado pelo zagueiro. Pênalti. Por sugestão da equipe de vídeo, conferiu a jogada, percebeu que o atacante ficaria livre para marcar e expulsão Paulo Miranda.

Marlon bateu com categoria, aos 26 minutos, e fez 2 a 0.

Mancini fez nova trocas, de Villasanti e Diego Souza por Luiz Fernando e Ruan, para recompor a defesa. A partir daí, só havia Thiago Santos, cansado, para a marcação.

Ficou evidente que o Atlético poderia ampliar, se caprichasse um pouco mais, mas o time passou a trocar passes, satisfeito pela vantagem. O Grêmio teve ainda uma boa chance de descontar, aos 37 minutos, mas o chute de Luiz Fernando foi defendido por Fernando Henrique.

Para piorar, o desequilíbrio emocional custou caro: além de Miranda, expulso, o time não terá Ferreira, Rafinha, Luiz Fernando e Borja, que receberam o terceiro amarelo (Borja já não poderia jogar porque é jogador emprestado pelo Palmeiras).

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , , | 5 Comentários

O novo Brasil

Jean Galvão/Reprodução

(Jean Galvão/Reprodução Folha de S.Paulo)

Publicado em Brasileirão, imprensa | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Grêmio busca a segunda vitória na era Mancini

Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

A rodada começou como o Grêmio queria, com tropeços do Juventude (29 pontos) e Santos (29), dois concorrentes diretos na tentativa de escapar do rebaixamento. Para que a vantagem seja completa, o time gaúcho terá de conquistar sua segunda vitória consecutiva, na noite desta segunda-feira, em Goiânia, contra o Atlético-GO. Neste caso, o Grêmio supera os dois times e, se o Sport não surpreender diante do Palmeiras, no Allianz, deixa o Z-4.

Será o segundo jogo de Vagner Mancini, ex-técnico exatamente do time mineiro.

No primeiro e mais complicado, por tudo que envolvia, o Grêmio venceu o Juventude. A vitória era fundamental para a arrancada, e o time conseguiu suas dificuldades para assegurar os três pontos. Agora, será noite de um novo desafio.

O Grêmio é o penúltimo na tabela e luta para deixar o Z-4 pela primeira vez no campeonato.

O jogo começa às 20h.

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 1 Comentário