Das leituras

ReproduçãoUm dos relatos mais impressionantes sobre o massacre do povo armênio pelos turcos, no início do século passado (há exatos cem anos), está no excepcional livro A Grande Guerra pela Civilização, a Conquista do Oriente Médio, em que o repórter britânico Robert Fisk, um dos maiores correspondentes de guerra do jornalismo mundial, descreve alguns dos crimes efetuados pelas nações em nome da geopolítica. A Turquia entre elas. Fisk esteve na região para descrever ao jornal The Independent o que ele define como “O Primeiro Holocausto”, o assassinato programado do povo armênio.

Em um dos trechos, no alto da página 446 do livro, ele conta:

“(…) Foi a fotógrafa do The Independent Isabel Ellsen que encontrou as terríveis provas. Descendo pela fenda cortada na colina pela chuva, desfez com a mão um pouco de terra marrom e encontrou-se olhando para uma caveira, o crânio marrom-escuro e os dentes ainda reluzentes. A sua esquerda, uma coluna vertebral saía do barro. Quando cavei a terra do outro lado da fenda, apareceu um esqueleto inteiro e, depois, outro, e um terceiro, tão apertados entre si que os ossos estavam misturados. A cada poucos centímetros o barro mostrava um fêmur, um crânio, um conjunto de dentes, perônio e órbitas de olho, muito juntos, tão amontoados quanto no dia de 1915 em que seus proprietários aterrorizados, amarrados juntos para se afogarem com outros milhares (…)”

Publicado em Das leituras | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Grêmio: torcida pela recuperação de Yuri Mamute

Lucas Uebel/DivulgaçãoEstes três primeiros dias da semana do segundo Gre-Nal do Gauchão serão decisivas para o atacante Yuri Mamute – e para o próprio técnico Luiz Felipe.

O jogador ainda sente dores no tornozelo direito, machucado na partida contra o Juventude, mas intensificou o trabalho no fim de semana (por isso foi incluído na relação dos concentrados), voltou a treinar na segunda-feira e, se estiver bem, deve intensificar o ritmo na quarta, quando deve se movimentar nos treinos com bola.

– Vamos ver se a dor diminui – destaca o médico Márcio Bolzoni. – Tenho muita esperança de que ele possa jogar domingo.

Se confirmar a recuperação, Mamute tem até chances de começar como titular, em lugar de Braian Rodriguez, que voltou a decepcionar no clássico de domingo. Se o técnico Felipão decidir manter o centroavante uruguaio, Mamute pelo menos será a opção de banco para mudança no segundo tempo. Ele tem sido importante para o time sempre que sai do banco por sua velocidade e força.

Mamute é daqueles jogadores fundamentais para os contra-ataques, por exemplo, e passou ter destaque a partir de um novo trabalho. Recuperou a forma, entrou no ritmo, vive dias mais tranquilos e ganhou a valorização que esperava.

Além de Mamute, a semana servirá também para que o técnico decida se Cristian Rodriguez começa como titular ou segue na reserva. Na defesa, o substituto de Pedro Geromel será o equatoriano Erazo.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | 3 Comentários

Aguirre apostou no baiano Géferson. Acertou em cheio

Alexandre Lops/DivulgaçãoPerguntinha aos torcedores do Inter, frequentadores do blog: alguém entre vocês sente falta do lateral-esquerdo Fabrício, titular praticamente sem concorrentes durante os últimos anos?

Não sei, mas tenho a impressão de que poucos vão responder sim.

A explicação está em um baiano de 20 anos, altura de zagueiro (1m81cm), nascido em Lauro de Freitas, chamado Géferson – assim mesmo, registrado com G em homenagem da família ao pai Gérson.

Sem abalos, sem pedido de contratação de algum nome conhecido de fora, o técnico Diego Aguirre resolveu a dificuldade olhando para as categorias de base, como tem feito desde sua chegada ao clube.

Deu a camisa titular a Géferson, confiou nele a ponto de confirmá-lo nos jogos da Libertadores, e resolveu o problema. Na goleada diante do Universidad, ele foi um lateral contido, a pedido do técnico, que organizou o time com uma linha de quatro defensores. No empate com o Grêmio, manteve a posição no primeiro tempo e teve liberdade para avançar no segundo.

Aguirre fez o mesmo no outro lado, com William, mas Géferson resolveu uma dificuldade maior porque a única opção, depois da saída de Fabrício, era Alan Ruschel, que nunca correspondeu. Basta observar os jogos do Inter para se perceber que ele ganhou a confiança dos torcedores.

Ele já é uma das boas afirmações do Inter na temporada.

DECISÃO DE DOMINGO

O Inter já abriu o check in (para sócios que não pagam ingresso, mas precisam confirmar presença no jogo) e a venda de ingressos para o Gre-Nal decisivo de domingo, pelo Gauchão. Basta acessar o site do clube.

Nesta terça-feira, o clube começa a venda de entradas para a torcida mista. O sócio compra uma e pode levar um acompanhante gremista.

 

Publicado em Inter | Marcado com , , , | 23 Comentários

O susto provocado pelo terremoto no Everest

Os efeitos do terremoto no Nepal chegaram ao Everest e levaram a confusão a um dos acampamentos dos alpinistas. Foi uma correria, como dá para ver no vídeo:

Publicado em Vídeos para o dia | Marcado com , , , | 2 Comentários

O Inter na decisão: com ou sem Valdívia?

Alexandre Lops/DivulgaçãoDiego Aguirre surpreendeu não apenas ao usar, basicamente, o time titular no Gre-Nal, mas principalmente pela decisão de escalar um terceiro volante, em lugar de Jorge Henrique, para ter mais segurança defensiva.

No segundo tempo, com a entrada de Valdívia, o time ganhou velocidade e passou a acumular chances, com destaque para o período em que ficou com um jogador a mais (Geromel foi expulso).

– É um jogador que está numa fase muito boa, está ajudando muito o time – disse Aguirre, ao falar sobre Valdívia. – Tomara que continue assim. É um grande jogador.

No Gre-Nal do próximo domingo, só a vitória interessa ao Inter. Empate em 0 a 0 leva aos pênaltis, por mais gols dá o título ao Grêmio (pelo critério do gol como visitante).

Com base nisso, o que você espera de Diego Aguirre?

– Valdívia, por viver um grande momento, deve começar como titular?

– Ou deve ser guardado como opção para o segundo tempo?

– O time deve ser ofensivo, para buscar a vitória, ou cauteloso, para evitar ser surpreendido pelo Grêmio?

Publicado em Inter | Marcado com , , , | 27 Comentários

O Grêmio na decisão: reforço no meio ou no ataque?

Lucas Uebel/DivulgaçãoRegulamento com gol qualificado (marcado no campo do adversário) causa este tipo de situação: apesar de não ter vencido em seu próprio estádio, o Grêmio vai ao Beira-Rio no próximo domingo com a vantagem do empate. Se o clássico ficar em 0 a 0, como na Arena, a decisão será nos pênaltis. Se houver empate com gols, o título será do Grêmio. Para o Inter, portanto, só a vitória interessa.

– Vamos jogar no Beira-Rio por uma vitória. Ou um empate com gols. Ou até sem gols. Não estamos em  – disse Luiz Felipe na entrevista coletiva.

Diante desta situação, como você imagina que Luiz Felipe vai escalar o Grêmio?

Ele vai manter três meias e um atacante porque um gol pode ser decisivo?

– Ou deverá reforçar o meio, com mais um volante (Walace) para garantir ao menos o 0 a 0 ou tentar surpreender o Inter nos contra-ataques?

Faça sua aposta.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | 21 Comentários

Dica de segunda-feira

Perto de completar 30 anos de casamento, dois professores universitários britânicos decidem passar dias de férias como nunca fizeram. Um Fim de Semana em Paris conta a história. Frustrados na carreira, com um filho tão fracassado que tenta voltar para casa, sem economias que garantam o conforto desejado, Nick e Meg decidem passar ao menos dois dias de folga curtindo as maravilhas da cidade francesa. Vão a bons restaurantes, visitam um amigo e acabam enfrentando situações constrangedoras. Deveria ser uma comédia, no fundo é um drama sobre frustrações e a passagem do tempo.

Vejam o trailer:

Publicado em Dica de segunda-feira | Marcado com , , , | Deixe um comentário