Juventude a uma rodada de voltar para a Série A

O Juventude está bem perto de conquistar a última das quatro vagas da Série B e voltar este ano à disputa da primeira divisão do Brasileiro.

Com apenas mais uma rodada por disputar, o time caxiense ocupa o quarto lugar, com 58 pontos ganhos, um à frente do CSA e três de vantagem para o Avaí. São os três times que chegam à última rodada com chances de conseguir a vaga.

Todos os jogos serão disputados sexta-feira, no mesmo horário (21h30min).

Os três candidatos jogam fora de casa.

O Juventude enfrenta o Guarani, em Campinas. O CSA encara o Náutico, no Recife. E o Avaí enfrenta no Independência o América-MG, que chega à última rodada empatado em pontos com a Chapecoense (70) e precisando de resultado para garantir o título da segunda divisão, mais uma vez.

Para se classificar, o Juventude depende apenas de seu jogo. Basta vencer – ou empatar, caso seus principal perseguidor, o CSA, também não vença. Em caso de derrota do time alagoano e do Avaí, o Juventude nem precisa pontuar em Campinas.

Publicado em Juventude | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Grêmio fica mais um longo tempo sem Pedro Geromel

A volta de Pedro Geromel, melhor zagueiro do Grêmio e um dos principais do país, durou exatamente 37 minutos de Gre-Nal. Foi quando ele saltou para evitar que Yuri Alberto dominasse a bola, cabeceou e, ao cair, desabou com dores na perna esquerda – a ponto de ter sido carregado de campo porque não conseguia apoiar o pé esquerdo no chão.

A suspeita de lesão grave confirmou-se com a nota oficial divulgada pelo departamento médico do clube às 17h de segunda-feira no site oficial do clube:

O Grêmio comunica que o zagueiro Pedro Geromel sofreu uma lesão ligamentar no tornozelo esquerdo. O atleta estará sob os cuidados do Departamento Médico e fica fora das atividades no campo por um período de seis a oito semanas.

A previsão dos médicos é que ele volte no início de março, o que significa que está fora dos confrontos decisivos da Copa do Brasil, contra o Palmeiras, mesmo que as finais sejam adiadas caso os paulistas vençam a Libertadores.

É uma fase complicada de Geromel.

Ele passou um mês fora do time tratando de lesão muscular, foi preparado para voltar no Gre-Nal do Beira-Rio, mas sofreu a lesão e vai ficar mais um longo período afastado do time titular – e de seu companheiro Kannemann, com quem forma uma das melhores zagas da história do clube.

Sem Geromel, Rodrigues assume a posição de titular.

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 4 Comentários

Contagem regressiva. Torcida do Inter começa a sonhar

São seis rodadas por disputar e uma confortável vantagem sobre os principais adversários, que seguirá esta semana independentemente do resultado da partida atrasada entre Grêmio e Flamengo, marcado para quinta-.feira, na Arena.

Líder do Brasileirão, na fase final do campeonato, o Inter faz sua torcida sonhar com o título, 42 anos depois do tri invicto de 1979 – com boas razões.

O Inter chegou ao ponto de poder administrar o restante da campanha.

Faça os cálculos. São seis partidas por disputar:

Bragantinho, no Beira-Rio (domingo)

Athlético-PR, dia 4, em Curitiba

Sport, dia 10, no Beira-Rio

Vasco, dia 17, no Rio

Flamengo, dia 20, no Rio

Corinthians, dia 24, na última rodada, no Beira-Rio

Se conseguir bons resultados nos quatro próximos jogos, portanto, o Inter tem chances de chegar ao confronto com o Flamengo, que pode ser até uma decisão antecipada, em situação muito boa – ou de fazer a festa na última partida no Beira-Rio.

Tudo isso, claro, em tese.

O desafio de Abel Braga, a partir da vitória sobre o Gre-Nal e do entusiasmo que ele provoca na torcida, é conter o entusiasmo e manter os jogadores concentrados nos objetivos neste resto de campeonato, planejando jogo a jogo.

– Vamos continuar com os pés firmes no chão – disse Abel.

É o grande desafio agora que o título virou uma possibilidade bem real.§

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , | 7 Comentários

Todos felizes com a limpeza na Casa Branca

Publicado em Gente | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Das redes sociais

(Edu Oliveira/Reprodução)

Publicado em imprensa | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Renato: ‘Pelo jeito, não querem que o Grêmio chegue’

A queixa contra a arbitragen:

– A pressão no final do jogo é uma coisa normal. O que não pode ser normal foi o que aconteceu no pênalti em cima do Ferreira e o pênalti dado a favor do Inter, no braço do Kannemann. Pelo jeito tem gente que não quer que o Grêmio chegue, que sim outro clube grande chegue. Hoje aqui foi inadmissível. Minha bronca com o árbitro é só uma: por que não foi ao VAR? Eu fui criticado, disseram que o Grêmio por não queria nada com o Brasileiro. Isso nunca houve. Eu pergunto: temos que continuar disputando o Brasileiro? Se queriam avacalhar o Brasileiro, conseguiram. Se o presidente autorizar, vou colocar a transição para jogar o resto do Brasileiro e a gente se prepara para a final da Copa do Brasil. Só o presidente dar o ok. Para ver isso aí, é melhor ficar treinando.

A situação de Pepê:

– Pepê vinha nos ajudando, vinha tendo algumas grandes atuações. Vocês têm de perguntar ao empresário do Pepê. Depois destas notícias sobre negócios, caiu de produção. Há certas coisas que eu prefiro falar no ambiente interno, com jogadores e dirigentes.

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 8 Comentários

Abel Braga: ‘Estou feliz porque visto vermelho’

“Este peso saiu. Não há mais Gre-Nal. Até agora, a todo momento se ouvia ‘lá vem o Gre-Nal’. Então, muda na cabeça. Os jogadores se prepararam muito bem, mantiveram a música no aquecimento, ouviram com atenção tudo o que se falou no hotel. O Grêmio é um time muito difícil de enfrentar, que gosta de ficar com a bola, principalmente quando tem vantagem como hoje. Imaginem o meu torcedor como está neste momento. Ele passa uma grande energia. Lembram do apoio antes da Libertadores, da viagem para o Mundial? Não vou ser demagogo nesta hora. Estou feliz com as sequência de oito vitórias, com a liderança, porque visto vermelho. É hora de um bom vinho e de voltar a trabalhar. Não conquistamos nada. Temos de continuar com os pés firmes no chão. Eu queria muito conquistar esta vitória para o Inter, mas agora temos de guardar e pensar nas dificuldades que teremos porque, se não fizermos o suficiente contra o Bragantino, do que vale a vitória no clássico? E o Bragantino é um time muito bem organizado”.

(Abel Braga ao explicar a vitória no Gre-Nal, que consolidou a liderança no Brasileirão)

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , , | 5 Comentários

Dica de segunda-feira

Prepare-se para mais de uma hora de diversão absoluta. O misto de documentário e comédia 2020 Nunca Mais (Death to 2020, no título em inglês) faz uma retrospectiva do ano mais espantoso de nossas vidas misturando fatos reais com ficção, notícias que assumem ar de brincadeira pelo absurdo que mostram, mentiras transformadas em fatos por líderes mundiais, negacionismos, gente que só se informa por redes sociais, gente comum completamente dissociada da realidade.

A produção reúne um jornalista (Samuel Jackson), um cientista inconformado (Samson Kayo), uma assessora de Trump que entre outras afirmações absurdas garante que a Ucrânia não existe, um historiador (Hugh Grant) hilário, que mistura a história real com suas séries preferidas, enfim, são os personagens que fazem a ligação entre a ficção e o mundo real.

A série é centralizada nos Estados Unidos, mas quem assiste percebe que aquela gente toda está também ao nosso lado, que há muitas semelhanças com a realidade brasileira, até porque as mentiras de lá propagadas pelos líderes do país são as mesmas daqui.

Vejam o trailer:

Publicado em Dica de segunda-feira | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Inter vence Gre-Nal, de virada, e abre vantagem na liderança

Foi o chamado fim de semana perfeito para o Inter. Desde de sábado, viu os principais concorrentes às primeiras posições marcarem passo na tabela. São Paulo empatou, Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo perderam. Para completar, venceu o Gre-Nal da tarde deste domingo, no Beira-Rio, por 2 a 1, de virada, fazendo seus dois gols nos acréscimos, interrompeu a sequência de 11 clássicos de invencibilidade do rival e abriu quatro pontos na liderança a seis rodadas do fim do Brasileirão, com oito vitórias consecutivas.

Ou seja: o campeonato chegou ao ponto em que o torcedor pode sonhar com o título.

O confronto entre os rivais dirigidos por dois velhos amigos teve as características típicas do clássico, o 429º da história do futebol gaúcho.

O Inter foi bem superior no primeiro tempo, teve um chute no travessão (Yuri Alberto, aos 31, com desvio preciso de Vanderlei) e viu o Grêmio sem qualquer força ofensiva. O time de Renato não teve uma única conclusão a gol. No segundo, o Inter seguiu melhor, mas, a partir dos 12 minutos, quando Abel Braga trocou Peglow por Maurício, o Grêmio passou a se impor. Já estava melhor e ficou bem superior quando Renato fez suas primeiras trocas, de Pepê, Lucas Silva e Alisson por Ferreira, Maicon e Luiz Fernando.

Com Maicon, o futebol de Jean Pyerre reapareceu com mais força e o Grêmio passou a dominar amplamente o meio-campo. Teve duas chances claras com Diego Souza – uma cavadinha aos 26 minutos e uma bola desviada de cabeça aos 28 – e marcou aos 31.

Na saída para o ataque, Lucas Silva errou o passe, Diogo Barbosa avançou em velocidade, tocou rasteiro a Diego Souza, que deu um leve toque, de primeira, para Jean Pyerre, que entrava pela direita, Um chute saiu rápido, rasteiro. Um a zero.

Foi a vez de Abel reagir. Ele trocou os já cansados Patrick e Praxedes por Abel Hernández e Marcos Guilherme e, pouco depois, Moisés e Rodrigo Dourado por Uendel e Nonato. O time reagiu e conseguiu controlar o domínio que o Grêmio exerceu em boa parte do segundo tempo.

A virada começou a ser construída no início do período de acréscimos – quando nada mais indicava uma reação assim, como reconheceu Edenílson na entrevista final. Victor Cuesta recebeu a bola na intermediária de ataque, pelo lado esquerdo, e cruzou. Abel Hernández foi mais rápido do que a linha de marcação e cabeceou no contrapé de Vanderlei. Um a um – o empate já era um resultado confortável para o líder.

Quando o empate parecia definitivo, o Inter atacou mais uma vez, a bola foi cabeceada para a área e bateu no braço direito de Kannemann. O árbitro Luís Carlos Oliveira marcou pênalti. Ouviu as informações no sistema de vídeo e confirmou a marcação, para irritação de Renato, que chegou a dizer, na coletiva, que se for autorizado passa a escalar a equipe alternativa no restante do Brasileirão..

Aos 53 minutos, Edenílson, com categoria, quase sem manter distância da bola, colocou no canto esquerdo e garantiu a vitória de 2 a 1. Edenílson foi também o autor do gol da vitória anterior do Inter, antes da série de 11 jogos invicto do Grêmio.

Com o resultado, o Inter lidera com 62 pontos ganhos, a quatro do São Paulo, sete do Flamengo, oito do Atlético, 11 de Grêmio e Palmeiras.

Publicado em Brasileirão, Grêmio, Inter | Marcado com , , , , | 9 Comentários

Um Gre-Nal como poucos na tarde de domingo no Beira-Rio

A história do clássico Gre-Nal mostra que o confronto nem sempre precisa ser decisivo para provocar turbulências entre os torcedores. Virou consenso: Gre-Nal é um campeonato à parte.

Imaginem, então, o que significa ver os dois times se encontrarem em um momento fundamental para ambos no Brasileirão, o campeonato mais importante do país. É o que move o clássico da tarde deste domingo, no Beira-Rio.

O Inter, que vem de uma sequência de sete vitórias na competição, precisa manter o rendimento e conquistar os três pontos para seguir na liderança do Brasileirão, assegurada na última quarta-feira com a goleada sobre o São Paulo.

O Grêmio, que está no sexto lugar e uma longa invencibilidade, luta pela vitória para subir na tabela e se consolidar entre os quatro primeiros. Mais: só os três pontos mantêm o sonho da torcida de ainda ver o time disputar o título.

Será o confronto também entre os técnicos mais vitoriosos dos clubes.

Abel Braga ganhou Libertadores e Mundial pelo Inter, é ídolo da torcida e chegou ao clube desta vez em uma emergência, depois da saída do argentino Eduardo Coudet. Abel está a poucos jogos de virar o treinador com mais jogos na liderança do Inter.

Renato está a caminho do quinto ano consecutivo no clube. Acumula uma série de títulos nesta última passagem pelo clube, já é o técnico recordista de jogos no Grêmio e, como jogador, foi um dos responsáveis diretos pela primeira Libertadores e o Mundial. Tem até estátua na Arena.

Será um Gre-Nal como poucos.

O jogo começa às 16h.

Publicado em Brasileirão, Grêmio, Inter | Marcado com , , , , | 3 Comentários