Inter: Coudet começa a dar mais chances aos jovens da base

Está certo que foi apenas um jogo treino, com o grupo de jogadores dividido em três times, mas no trabalho do último sábado no Beira-Rio (fechado) ficou evidente que este deve ser um ano de muitas chances para jogadores da base.

Na falta de Paolo Guerrero, que fez trabalhos especiais, Eduardo Coudet escalou o primeiro dos ataques com Johnny e Neto, dois garotos revelados pela base.

Não foram os únicos. Erik voltou a ter chances na lateral e, quando voltar da seleção olímpica, Bruno Fuchs deve ganhar lugar valorizado entre as opções. Bruno foi elogiado por Coudet antes mesmo de o técnico argentino assinar com o Inter.

O Inter venceu o trabalho por 3 a 1, mas o mais importante foi o trabalho de campo. Nenhum jogador revelou o que foi feito ou ensaiado, mas o técnico escalou os dois novos laterais (Rodinei, foto, na direita, e Moisés na esquerda), manteve Lindoso, Edenílson e Patrick no meio e D’Alessandro bem mais adiantado.

Coudet mantém o mistério sobre o que está planejando já para a estreia no Gauchão, na próxima quinta-feira, contra o Juventude, em Caxias.

Publicado em Inter | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Ferreira surge como mais uma boa opção para Renato

Renato ganhou uma opção interessante para uma temporada de calendário cheio e de muitas competições. Se assistiu à decisão da Recopa gaúcha, disputada na tarde de domingo, em Pelotas, ele volta a Porto Alegre com um bom nome na lista de atacantes do grupo principal.

Ferreira, atacante de 22 anos, nascido em Dourados, Mato Grosso do Sul, revelado pela base do clube, foi o principal jogador do time alternativo escalado na decisão, autor das principais jogadas de ataque, driblador (foto) e autor do gol que levou à disputa dos pênaltis.

Ele chegou a ser utilizado nas últimas partidas do ano passado, fez gols e jogadas quando o time alternativo entrou em campo e mostra condições de ganhar chances ao menos para reforçar as opções no banco de reservas.

Renato ganha mais um bom jogador saído da base.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Dica de segunda-feira

Pepe Mujica é daqueles poucos personagens que nem a direita radical e sua máquina de destruir reputações tem coragem de atacar. Tupamaro, preso político, torturado, senador e presidente, o uruguaio é mostrado neste belo documentário El Pepe, uma Vida Suprema, do sérvio Emir Kusturica, que pode ser conferido na Netflix. Vale a pena ver e prestar atenção nos recados de Mujica, em conversas com Kusturica, um daqueles grandes documentaristas que ganha a confiança do personagem e participa das conversas. Surge na tela o Pepe e seu jeito de avô, seu trabalho, as mensagens sociais, o trabalho no sítio a bordo do trator, os passeios com o já célebre Fusca azul, as conversas com a mulher. Belo filme.

Vejam o trailer:

Publicado em Dica de segunda-feira | Marcado com , , , | 2 Comentários

Grêmio perde nos pênaltis. Pelotas é campeão da Recopa

O primeiro troféu em disputa na nova temporada do futebol gaúcho ficou no Interior.

Ao vencer o Grêmio por 5 a 4 nos pênaltis, depois de empate em 1 a 1 no tempo normal, o Pelotas conquistou a Recopa, em jogo disputado na tarde deste domingo, no Estádio Boca do Lobo.

O Grêmio usou time de jovens, quase todos saídos da base, controlou bem a partida em boa parte do tempo, recuperou-se do abalo ao buscar ao menos o empate no segundo tempo, mas nas cobranças acabou prejudicado pelo erro do zagueiro Rodriguez – e pela defesa do goleiro Douglas.

Destaque no time de Renato ficou para o atacante Ferreira, autor do gol de empate, autor de boas jogadas pelo lado esquerdo e dribles que por vezes levaram os marcadores à loucura pelo lado esquerdo.

No Pelotas, destaque para Felipe Guedes, capitão do time, líder técnico em campo.

O Grêmio tomou a iniciativa logo no início, teve boas conclusões com Isaque e Ferreira, mas  acabou surpreendido aos 16 minutos, em descuido de marcação: no escanteio, Matheus Santana nem precisou pular para desviar de cabeça e fazer 1 a 0.

No segundo, o jogo foi bem equilibrado até os 22 minutos, quando Guilherme entrou em lugar de Patrick. Com ele pela direita, usando preferencialmente o pé esquerdo, e Ferreira pela esquerda, com preferência para o pé direito, o  Grêmio passou a forçar, até porque o Pelotas sentiu o desgaste e recuou demais.

O empate veio aos 38 minutos, quando Ferreira bateu de cabeça, no contrapé do goleiro, e foi até o alambrado para festejar com a torcida: 1 a 1.

Nos pênaltis, foi assim:

Darlan abriu as cobranças e fez 1 a 0

Tato empatou cm chute rasteiro

Matheus Frizzo colocou no canto com categoria: 2 a 1

Felipe Guedes, com tranquilidade, empatou

Rodriguez bateu à meia altura, no lado esquerdo, e Douglas defendeu

Juliano marcou e deixou o Pelotas em vantagem: 3 a 2

Isaque empatou

Matheus Santana outra vez colocou o Pelotas em vantagem: 4 a 3

Ruan manteve a esperança do Grêmio ao empatar: 4 a 4

Tadeu, com categoria, fez o quinto e abriu a festa pelo título do Pelotas

Publicado em Futebol | Marcado com , , , , | 10 Comentários

Domingo de futebol: Grêmio e Pelotas decidem a Recopa

Para o futebol gaúcho, a temporada profissional começa, oficialmente, na tarde deste domingo, no Estádio Boca do Lobo, em Pelotas. Grêmio e Pelotas decidem o título da Recopa gaúcha, um como vencedor do Estadual, o outro ganhador da Copa Seu Verardi.

Ainda não será o Grêmio de Renato. O time será formado inteiramente por jovens jogadores, que começaram a temporada um pouco antes, treinados por Thiago Gomes.

O Pelotas de Antônio Picoli entra em campo com sua equipe principal, aquela que está sendo preparada para a disputa do Gauchão.

No Grêmio, olho nos atacantes Jhonata, Ferreira e Isaque, jovens dos quais o Grêmio espera muito.

A decisão começa às 16h e será mostrada ao vivo por RBS e Sportv.

Publicado em Futebol, Grêmio | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Das redes sociais

(Rafael/Reproduçāo)

Publicado em imprensa | Marcado com , , , | 12 Comentários

Das (assustadoras) coincidências

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada.”

(Roberto Alvim, secretário de Cultura do governo brasileiro, em discurso na noite de quinta-feira, ao anunciar as mudanças planejadas para o setor)

“A arte alemã da próxima década será heroica, será  romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada.”

(Joseph Goebbels, minisrtro da Propaganda de Hitler, ao discursar diante de diretores de teatro e avisar sobre o futuro da cultura no nazismo, citado no livro de Peter Longerich, segundo a Folha. Nos dias seguintes, o nazismo promoveu a queima de livros)

Além do tom de voz, do cenário e do discurso nacionalista, apelando a patriotismo e religião, Alvim discursou tendo como trilha sonora trecho da ópera Lohengrin, de Richard Wagner, a preferida de Hitler.

A impressionante coincidência dos discursos é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e nos sites da imprensa, inclusive em outros países, desde a noite de quinta.

 

Publicado em Gente | Marcado com , , , | 10 Comentários