Juventude surpreende o São Paulo e vence no Morumbi

Bem organizado, com um sistema defensivo praticamente sem falhas, o Juventude surpreendeu o São Paulo no Morumbi e venceu o primeiro confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil por 2 a 1. Dia 21 de setembro, o time de Caxias joga por apenas um empate para garantir a classificação.

Róberson fez 1 a 0 logo aos nove minutos, Chávez empatou aos 39, no primeiro tempo, e Róberson, batendo pênalti, garantiu a vitória aos 28, no segundo.

Depois disso, o Juventude segurou o resultado, forçou os erros do intranquilo São Paulo e decide em casa, daqui a um mês.

Publicado em Copa do Brasil, Juventude | Marcado com , , , | 1 Comentário

Gol de Bolaños, vitória do Grêmio na Copa do Brasil

O Grêmio largou com grande vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, venceu o Atlético-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, e vai precisar apenas de empate na partida da volta, dia 21 de setembro, na Arena.

Foi um jogo de ampla superioridade técnica do Grêmio.

Roger utilizou uma das alternativas táticas testadas nas últimas semanas, com Ramiro reforçando a linha de volantes, Luan e Douglas nas meias e Bolaños bem avançado.

Deu certo.

Além de atacar sempre com força, dando liberdade de movimentação a Walace (melhor jogador em campo), o Grêmio anulou o time paranaense, que só foi concluir pela primeira vez no jogo aos quatro minutos do segundo tempo – e sem perigo para Marcelo Grohe.

O gol da vitória surgiu logo aos sete minutos. Walace tocou a Douglas, que deu passe de letra para Bolaños. Livre na área, ele tocou na saida de Weverton para fazer  1 a 0.

Bolaños poderia ter ampliado aos dois minutos do segundo tempo, mas chutou alto demais, mesmo entrando livre na área.

Aos quatro minutos, Luan (do Atlético) cabeceou por cima. Aos 12, a tentativa foi de André Lima. Aos 27, Luan (do Grêmio) quase marcou e aos 31, Grohe fez grande defesa ao desviar a escanteio a bola tocada de cabeça por André Lima. Foi só. A partir daí, o domínio do Grêmio voltou a se ampliar e a vitória poderia ter ficado ainda mais tranquila.

Agora, o Grêmio volta e domingo enfrenta o Atlético-MG, pelo Brasileirão.

 

 

Publicado em Copa do Brasil, Grêmio | Marcado com , , , | 2 Comentários

Danilo: ‘Vou dar a vida para tirar o Inter desta situaçāo’

Danilo Fernandes voltou ao gol do Inter depois de dois meses. Neste período, deixou o time situado entre os primeiros e, ao retomar a posiçāo, vive a angústia da longa sequência sem vitórias e com a zona do rebaixamento muito próxima.

Ele viveu domingo, contra o Sāo Paulo, outros dois extremos: o alívio por voltar e ver a torcida gritar seu nome e o novo empate (correção: por equívoco no texto original saiu derrota. Perdão pelo erro).

Danil falou sobre temas assim na entrevista de terça-feira.

A ANGÚSTIA

– É muito angustiante. Você está fora. Eu estava no dia a dia, acompanhando os treinamentos. Eu fiz fisioterapia em tempo integral. De manhã, de tarde e de noite. Fazia até em casa para voltar o mais rápido possível. É chato ver os companheiros serem cobrados. Você se sente no lugar deles. Se xinga um, xinga todos. Queria voltar o mais rápido possível. Fiz o tratamento e voltei agora. Não sinto mais nada.

A TORCIDA

– Eu tinha feito nove jogos, poucos jogos, em um momento em que o time estava bem. Estava podendo contribuir, fazendo algumas defesas. Passou confiança, passou uma segurança maior para eles. Fiquei surpreso quando entrei para o aquecimento. Todos gritando meu nome. Isso emociona, faz com que a gente entre com sangue nos olhos. O pensamento era de não tomar gol. O pênalti foi muito bem batido, mas pode ter certeza que vou dar a vida para tirar o Inter dessa situação.

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , | 9 Comentários

Grêmio deixa o Brasileirāo e estreia na Copa do Brasil

Entre o Flamengo, em Brasília, e o Atlético-MG na Arena, o Grêmio muda o programa e estará em Curitiba, na noite desta quarta-feira, para enfrentar o Atlético-PR, pelo início das oitavas de final da Copa do Brasil.

É um jogo complicado nāo apenas pela força do adversário, mas por ser no gramado sintético da Arena da Baixada.

Por causa do campo, o treino do Grêmio antes da viagem a Curitiba teve até troca de bolas e defesas de Marcelo Grohe sobre uma lona de plástico. A ideia foi reproduzir o piso, que muitas vezes fica liso demais, dificultando passes e defesas.

Será também a partida de estreia do zagueiro argentino Kannemann, que substitui Walace Reis (ele nāo pode jogar por já ter participado da Copa do Brasil pelo Flamengo).

O jogo começa às 19h30min.

Publicado em Copa do Brasil, Grêmio | Marcado com , , , | 1 Comentário

Da série ‘Perguntar não ofende’

Você gostou da primeira lista de convocados divulgada pelo técnico Tite para dois jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo ou, levando-se em conta toda a expectativa, os nomes escolhidos foram decepcionantes e ficaram abaixo do que todos previam para os novos tempos da Seleção Brasileira?

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Grêmio: data marcada para a estreia do zagueiro Kannemann

Rodrigo Rodrigues/Divulgação GrêmioRoger terá um Grêmio bem reforçado para o jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela Copa do Brasil.

Além dos campeões olímpicos Walace e Luan (que se reapresentam na segunda-feira), o técnico terá os retornos do lateral-direito Edílson e do volante Jaílson, que cumpriram suspensão automática.

Mas a grande atração para a torcida será a estreia do zagueiro argentino Kannemann. Já bem adaptado ao sistema de trabalho do clube, ele vai ocupar a vaga do titular Walace Reis, que não pode ser utilizado por ter participado das fases anteriores da Copa do Brasil.

Kannemann já foi escalado por Roger na lateral-esquerda, em uma linha de três zagueiros (esquema testado na semana de preparação para a partida contra o Corinthians) e ao lado de Pedro Geromel.

 

Publicado em Brasileirão, Grêmio | Marcado com , , , | 12 Comentários

Inter: a crise técnica não poupa nem os maiores ídolos

Ricardo Duarte/Divulgação InterO Inter vive uma situação emocional tão complicada que nem os maiores ídolos do time são poupados na hora da crise. Valdívia, por exemplo, uma das grandes revelações do clube, jogador acima de qualquer discussão.

Pois bem, quem assistiu ao pênalti cobrado por ele no fim do jogo do São Paulo, quando o Inter estava perto de interromper a sequência ruim, percebeu que havia algo errado. O chute forte foi quase com raiva, de alguém que queria marcar e desabafar. Ou seja: fora da normalidade.

Em situação normal, Valdívia bateria de outra maneira – ou, em caso de chute forte, não procuraria o cantinho da goleira pelo risco de errar. Ele fez isso e errou.

Deixou o campo arrasado, foi consolado por companheiros, comissão técnica e dirigentes e injustamente chamado de pipoqueiro por torcedores que protestavam.

Na segunda-feira, um pouco mais calmo, Valdívia usou seu Instagram para enviar mensagem aos torcedores.

Quero aqui pedir desculpas ao torcedor colorado. Estamos todos incomodados com o atual momento e o que mais queremos é que o Inter volte a orgulhar vocês. Saio triste por não ter ajudado mais. Seguirei trabalhando com o empenho de sempre e tenham certeza que ainda teremos muitas alegrias juntos!

Tenho repetido aqui: este é o maior desafio do Inter. Enfrentar o abalo psicológico provocado pela posição complicada na tabela, suportar a pressão e buscar a vitória para interromper o drama e ter condições melhores para reagir. Em momentos assim, tudo é mais difícil. O passe é precipitado, a pressa força o aumento dos erros, uma jogada simples parece complexa, poucos jogadores reagem bem.

Até este dia, nem ídolos como Valdívia – que voltou há pouco ao time depois de sete meses de recuperação da cirurgia nos ligamentos – serão poupados.

Publicado em Brasileirão, Inter | Marcado com , , , | 15 Comentários