Lucas Barrios chega nesta sexta. Grêmio terá de mudar estilo

Lucas Uebel/Divulgação GrêmioNos últimos dois anos, a não ser em rápidos e eventuais períodos, o Grêmio se habituou a jogar sem um centroavante típico. Roger e até Renato, depois de uma tentativa frustrada com Henrique Almeida, optaram por jogadores de movimentação em vez de ter um posicionado, entre os zagueiros.

Assim, Luan normalmente fazia o papel do atacante móvel, deixando os lances de velocidade geralmente para Pedro Rocha ou Éverton.

Com  a chegada do atacante Lucas Barrios nesta sexta-feira, com previsão de aeroporto lotado, o estilo vai mudar. Será um recomeço.

Renato certamente manterá sua ideia de meio-campo, com os dois volantes (Maicon e Jaílson) ajudados por Ramiro, Bolaños na vaga de Douglas e Luan pela esquerda, cuidando da chamada transisão. Na frente, Lucas Barrios.

Os grandes mestres do futebol ensinam que o objetivo sempre é tirar o máximo do que o grupo oferece. Neste caso, cabe a Renato achar uma forma de jogo que encaixe a nova peça no esquema que tem dado bons resultados.

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | 2 Comentários

Charme para casa, sem gastar muito

Da série Vídeos para começar bem o dia: sem muitos gastos (até porque qualquer equipamento assim custa caro demais), há várias maneiras de se construir um candeeiro ou abajur em casa. Muitas vezes, com objetos que qualquer casa tem.

Veja como é possível:

Publicado em Vídeos para o dia | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Reservas do Inter vencem e garantem classificação e liderança

Ricardo Duarte/Divulgação InterBastaram cinco minutos de marcação alta, como pedia aos gritos o técnico Antônio Carlos, e de velocidade na troca de passes para que o Inter virasse o jogo, e definisse a vitória de 3 a 1 sobre o Criciúma, na noite desta quinta-feira, no Estádio Heriberto Hülse.

Os dois times jogaram com um misto de reservas e jogadores da base, já que estiveram em campo com os titulares na véspera, em partidas pela Copa do Brasil.

Com o resultado, o Inter manteve 100% de aproveitamento na Primeira Liga e garantiu a liderança, independentemente do resultado do próximo jogo do Fluminense. Assim, vai decidir a próxima fase no Beira-Rio, em confronto único.

Desentrosado, o Inter jogou um futebol ruim no primeiro tempo, com poucas chances no ataque e alguns descuidos na defesa. Foi neste período que o Criciúma fez 1 a 0, aos 42 minutos: Flávio concluiu depois que a bola chutada por Carlos Eduardo acertou a trave.

Na volta para o segundo tempo, Antônio Carlos passou a exigir que o time fizesse marcação adiantada para pressionar a defesa do Criciúma. A estratégia foi facilitada quando o zagueiro Nino foi expulso, aos 22 minutos, ao receber o segundo amarelo.

A partir daí, o Inter dominou amplamente, até porque tinha uma visível melhor condição física.

Os espaços surgiram, a defesa catarinense errou ao jogar em linha e o Inter passou a pressionar.

Aos 26 minutos, Andrigo bateu escanteio, Cláudio Winck cabeceou, o goleiro rebateu e o próprio Winck completou. Um a um.

Aos 30, o estreante zagueiro Neris fez lançamento preciso, desde a defesa do Inter, para Andrigo. O jogador dominou no peito, driblou o zagueiro e completou com o pé esquerdo, em curva, no canto direito. Dois a um.

O Criciúma nem chegou a reagir. Um minuto depois, novo lançamento encontrou Diego livre pela direita. Ele avançou e bateu cruzado, rasteiro. Três a um.

Do time, o maior destaque foi Andrigo. Correu por todo o campo, combateu, chutou e fez um gol de categoria. Neris não foi exigido, teve um erro no primeiro tempo ao dar um passe cruzado no pé do atacante, mas se firmou no segundo e deu um lançamento preciso para um dos gols. Winck melhorou na fase final e Valdemir, expulso por ter recebido o segundo amarelo, mostrou boas condições no meio.

Sábado, o Inter volta a campo. Enfrenta o Brasil, no Beira-Rio, pelo Gauchão.

Publicado em Inter | Marcado com , , , | 4 Comentários

Quer visitar a obra de Siza Vieira? Só dois dias por semana

Arquivo PessoalPorto Alegre é assim: tem um belo museu (Iberê Camargo), situado em uma das áreas especiais da cidade, de frente para o Guaíba, construído por um dos cinco maiores arquitetos do mundo, mas só funciona dois dias por semana.

Quem passa por lá, inevitavelmente, tem uma sensação de angústia e de incompreensão: como a cidade pode descuidar tanto de seu patrimônio cultural?

Em qualquer lugar do mundo, o museu estaria aberto todos os dias. Se a fundação não tivesse condições, algum mecenas assumiria os custos ou os governos estadual e municipal se encarregariam de evitar o quadro atual. Aqui, não.

Só o prédio já é uma atração para turistas que privilegiam circuitos culturais: ele é criação do arquiteto Álvaro Joaquim de Melo Siza Vieira – ou apenas Siza Vieira -, o mais premiado do mundo e um dos cinco mais respeitados de Portugal.

Ele fez uma obra especial, com aberturas que privilegiam a luz e a visão das águas do Guaíba. Pois bem, quem chegar à cidade interessado em visitar o local terá de esperar pelos dois dias (sexta-feira e sábado, desde que não seja o de Carnaval) em que ele fica aberto.

Se Siza Vieira pudesse, certamente levaria o prédio embora.

Publicado em Cultura | Marcado com , , , | 13 Comentários

Zago e a disposição de apostar nas revelações da base

Ricardo Duarte/Divulgação InterUma das virtudes do técnico Antônio Carlos é a coragem de apostar nos jovens jogadores da base. Foi assim no Juventude e começa a se repetir no Inter.

No time que goleou o Oeste, por exemplo, três jogadores foram promovidos por Zago: o lateral-direito Junio, 20 anos, o volante Charles, 20, e o zagueiro Léo Ortiz, 21, a grande novidade da quarta-feira.

Charles foi o primeiro – e já é uma afirmação. Subiu, mostrou futebol e se firmou no meio ao lado de Rodrigo Dourado.

Junio também teve a chance e a torcida conheceu outro bom lateral surgido na base. Tem força e velocidade. Pode se firmar.

Um dos destaques da goleada foi a surpresa de Zago: o zagueiro Léo Ortiz (na foto, agradecendo pelos aplausos da torcida), que integrava o time sub-20, passou a treinar com os titulares, foi observado pelo técnico, ganhou apoio e assumiu a posição com naturalidade. Foi firme no combate e revelou uma qualidade inesperada nas saídas de bola.

– É uma das qualidades dele, o bom passe – destacou o técnico, um ex-zagueiro, que se revelou satisfeito por saber reconhecer um bom jogador de defesa.

Enfim, são três mudanças de um time que ainda passará por outras trocas antes da estreia na Série B do Brasileirão. Enquanto alivia a folha salarial (Anderson foi cedido ao Coritiba), o clube busca reforços. Cuesta, zagueiro do Independiente, deve ser o próximo.

Publicado em Inter | Marcado com , , , | 5 Comentários

Lucas Barrios, a prometida ‘extravagância’, chega na sexta

Lucas Uebel/Divulgação GrêmioNo último fim de semana, logo depois do empate com o São José, na Arena, o presidente Romildo Bolzan, um administrador rigoroso no controle de gastos, anunciou que o Grêmio poderia cometer uma extravagância. Ou seja: a exemplo do que fez para trazer o equatoriano Bolaños, poderia gastar além do seu limite e contratar o chamado reforço para lotar aeroporto, como a torcida gosta.

Todas as especulações apontavam em direção ao paraguaio Lucas Barrios, 32 anos, centroavante do Palmeiras – e elas viraram fato na noite de quarta-feira. O jogador rescindiu seu contrato e acertou por um ano com o Grêmio. Chega a Porto Alegre na sexta, faz os exames médicos e se integra ao grupo.

A extravagância não ficaria apenas na contratação.

O Grêmio também teria de abrir mão de seus limites salariais. Barrios ganhava perto de R$ 1 milhão, entre salários e patrocínio, no Palmeiras, e aceitou reduzir seus ganhos a menos da metade para acertar com o Grêmio. Mesmo assim, o salário mensal em Porto Alegre fica por volta de R$ 400 mil.

É uma aposta e tanto.

Perguntas aos torcedores:

– É uma contratação que empolga e garante um novo nível para a Libertadores?

– Valei a pena todo o esforço por causa das competições deste ano?

Publicado em Grêmio | Marcado com , , , | 15 Comentários

A dança dos pequenos robôs

Da série Videos para começar bem o dia: Tomotaka Takahashi, fundador da Robo_garage da Universidade de Tóquio, mostra cem de seus minirrobôs devidamente sincronizados em uma apresentação de dança.

Confiram:

Publicado em Vídeos para o dia | Marcado com , , , | Deixe um comentário