Inter garante a classificação na noite especial de Dourado

E pensar que pouco tempo atrás, Rodrigo Dourado, um volante revelado na base do Inter, era vaiado até quando se encaminhava para o aquecimento, como se fosse culpado por todas as deficiências mostradas pela equipe na fase Cacique Medina. Apoiado por Mano Menezes, ele virou titular, enfrentou a desconfiança e, na noite desta terça-feira, viveu seu momento de consagração na vitória que classificou o Inter para as oitavas de final da Sul-Americana.

Além de mais uma vez ter mostrado o futebol que o próprio torcedor que o vaiava conhecia,

Rodrigo Dourado fez três dos cinco gols da goleada de 5 a 1 sobre o 9 de Outubro, diante de 17.429 torcedores no Beira-Rio – e de Yuri Alberto (foto menor), o ex-atacante do Inter campeão da Rússia pelo Zenit, e que está de férias.

– Qualquer técnico gostaria de ter Dourado – disse Mano Menezes nas entrevistas, logo após assumir, já antecipando para a torcida que o volante seria uma das bases do time que pretendia reorganizar.

Além da capacidade na função, Dourado tem para Mano uma qualidade indispensável no futebol de hoje – a competência nas bolas pelo alto, na defesa ou no ataque. E foi exatamente assim que o Inter começou a construir a goleada e a classificação (na outra partida da rodada, o concorrente Guaireña empatou em 1 a 1 com o Independiente, em Pereira).

Aos oito minutos, em cobrança de escanteio por De Pena, Dourado subiu mais alto do que os defensores, no meio da área, e cabeceou firme para a rede. Um a zero.

Diante de um adversário fraco, que escalou apenas um de seus titulares na partida, a goleada parecia inevitável, mas o Inter começou a repetir erros de outros. jogos. Ficou lento, a trocar passes laterais em excesso, sem pressionar. Pior, por causa de um erro da defesa, Caucedo subiu sozinho, entre os dois zagueiros do Inter, e cabeceou no canto. Um a um.

No resto do tempo, o Inter fez pouco – e acabou provocando alguns protestos da torcida na saída para o intervalo.

No início do segundo tempo, antes que o jogo entrasse na fase do nervosismo, surgiu Rodrigo Dourado de novo. Ele tentou a cabeçada, a volta saiu da área, chegou a Taison, que cruzou rasteiro. Dourado, que seguiu no meio da área, desviou de pé direito, no canto. Dois a um.

O jogo, que estava dominado, ficou bem mais tranquilo a partir dos 12 minutos, quando Bezerra foi expulso por atingir De Pena. Logo em seguida, o Inter atacou pela direita, Edenílson cruzou e Quinonez, ao tentar cortar, desviou para o gol. Três a um, classificação encaminhada.

Mano passou a poupar seus jogadores. Trocou David e Wanderson por Matheus Cadorini e Estevão, aos 25 minutos.

Seis minutos depois, Dourado ganhou a bola do jogo por direito (autor de três gols leva a bola para casa). Taison cruzou pelo alto e o volante outra vez foi superior, ao cabecear para a rede. Quatro a um. Dourado correu, tirou a camiseta, ouviu o aplauso da torcida e foi abraçado por todos os companheiros, titulares e reservas.

Aos 31 minutos, Mano decidiu promover a homenagem da torcida a seu volante: além de trocar Bustos por Heitor, ele mandou Gabriel substituir Rodrigo Dourado – que saiu de campo aplaudido com entusiasmo pelo público.

O Inter ainda faria um último gol – e pelos pés de um jovem da base. Aos 37 minutos, depois de tentativa de Cadorini, a bola sobrou para Estevão, que virou de pé esquerdo, na saída do goleiro. Cinco a um, o primeiro gol de Estevão como jogador profissional do Inter.

O Inter agora espera pelo sorteio dos grupos para saber quem vai enfrentar das oitavas, já com participação de times que chegam da Libertadores. Os cruzamentos serão definidos pela Conmebol no fim da manhã da próxima sexta-feira.

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter, Sul-Americana e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Inter garante a classificação na noite especial de Dourado

  1. andreasboos disse:

    Muito bom. Placar pra dar confiança ao time.
    Vendo os melhores momentos, como o Mauricio e o David perdem gols hein? Alguem da comissão deveria avaliar essa questão com os dois, fazer um treinamento especifico, sei la. Nem na sorte as bolas deles entram. Ja o Edenilson até sem querer “fez” gol (o gol contra do Becerra).

    O Mano deu jeito de time pro amontoado de jogadores dos outros pseudo-técnicos. Agora precisamos voltar a vencer jogos do Brasileiro, pois falta muito pra 45 pontos ainda.

    Em tempo, se fosse pra escolher adversário nas 8as da sulamiranda, gostaria do A.GO ou o Ceará.

    • Marcelo - Rio de Janeiro disse:

      Maurício até acerta o gol, mas David chuta muito mal, sem direção e potência. Antigamente, o Inter tinha o Ortiz, ex-craque do futsal, que treinava arremates. Agora, acho que não tem esse tipo fundamental de treinamento.

    • Caramba disse:

      Os adversários das 8as são os terceiros colocados na Libertadores.
      Nenhuma chance de enfrentar A.GO ou Ceará.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s