A serpente vem vindo

Fui buscar as fotos na rede social da minha amiga Maria Lúcia Sampaio.

A semelhança entre um episódio e outro é aterradora.

Na parte de cima, o grupo de bolsominions que acampam em Brasília, fazem procissão noturna, quase todos mascarados, com tochas nas mãos, gritando contra o Supremo e a democracia.

Na de baixo, membros da Ku Klux Klan, o grupo ultraconservador dos Estados Unidos, defensor da supremacia branca, com uma história de assassinatos de negros. A sociedade dos supremacistas, inacreditavelmente, ainda existe (por sinal, um de seus dirigentes manifestou apoio ao atual presidente brasileiro durante a campanha).

Os fascistas brasileiros nem disfarçam mais, como se vê em atos como este, de uma imitação patética da Ku Klux Klan.

Quanto tempo a parte sadia da sociedade brasileira vai levar para deixar a letargia e reagir?

Antônio Prata escreveu domingo, na Folha, sobre a fábula dos preás e da serpente. Enquanto eles se divertiam na grama, um preá mais sensato chamou a atenção para uma serpente que vinha ao longe. Virou motivo de brincadeira para os outros preás, que não viam perigo algum naquela serpente que talvez nem chegasse a eles.

Ela chegou e devorou todos.

A nossa serpente já está bem perto – e muitos ainda não a enxergam.

 

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

24 respostas para A serpente vem vindo

  1. Fifaldino disse:

    Aqui na Bozolândia, a figura do Capitão do Mato e do pobre de direita está dando lugar aos “Nacionalistas Pardos”. A fascistada tá cada vez mais desesperada…..

  2. sandrosaci disse:

    Não sei se com interesse de provocar ou de assumir essa condição mas a direita vem usando simbologias nazistas há bastante tempo.
    Essa Sara Winter, por exemplo só quer uma coisa: aparecer. Tempos atrás se exibiu, com as tetas à mostra, como ativista em prol de liberdades sociais e direitos da mulher e de LGBTs.
    Atualmente assume uma posição absolutamente contrária, de extrema direita, influenciada pelos movimentos neonazistas da Ucrânia.
    É triste ser idiota mas mais triste ainda é não ter noção disso.

  3. Ruben Paz! disse:

    Mas… e o PT???

  4. Fifaldino disse:

    Já notaram que os fascistas sempre julgam a revolta de um povo pelo prejuízo resultante? Nunca se preocupam com a CAUSA da revolta. Fascistas em sua essência são rasos como um pires.

    Tem uns aqui que não deram um pio em relação ao assassinato de George Floyd (só pra ficar no caso mais recente e estopim da revolta nos EUA), mas aposto que estão preocupadíssimos com o quebra-quebra de bens materiais que a população em fúria tem promovido.

    • Fernando disse:

      Interessante ponto de vista.

      Realmente, hoje mesmo, li um artigo que questionava o porque de uma revolta que luta pela liberdade usar meios violentos.

      Embora eu concorde com o fato de que não se deve usar violência..

      Sobre a morte do americano, sei muito pouco para dar alguma opinião.

      • Fifaldino disse:

        O termo “revolta” é auto explicativo. Mas… vamos a uma rápida consulta ao dicionário (Michaelis):

        [revolta]

        1- Ato ou efeito de revoltar(-se).
        2- Manifestação coletiva de rebeldia, armada ou não, contra qualquer autoridade ou a ordem estabelecida; insurreição, levante, motim, rebelião.
        3- Insurreição ou rebelião armada.
        4- Grande agitação de pessoas com sentimento de indignação; alvoroço, desordem, tumulto.
        5- Sentimento de raiva diante de afronta, injustiça ou atitudes agressivas; indignação, repulsa, repulsão.

      • Fernando disse:

        “Let’s not excuse violence, or rationalize it, or participate in it. If we want our criminal justice system, and American society at large, to operate on a higher ethical code, then we have to model that code ourselves,” Obama wrote

      • Fifaldino disse:

        O Obama está coberto de razão. Quem tem uma posição de destaque político e social tem mesmo que conclamar as pessoas a voltarem para o estado de racionalidade.

        Já o “orange supremacist” na Casa Branca tem feito justamente o oposto. Tá achando que vai apagar fogo com gasolina. Vai sair tostado….

      • Obama não só realizou guerras externas como reprimiu com mão de ferro o movimento dos Ocupes com métodos de dar inveja em muitos ditadores.

      • O Fernando sabe pouco sobre a causa (assassinato de um negro rendido por um policial branco) mas vai buscar artigo para questionar a consequência (revolta). Outro dia ele estava passando pano para os crimes dos militares brasileiros no Haiti mas é contra a violência. O malandro agulha, que não resiste a um homem de farda, pensa que ninguém se dá conta.

      • Fernando disse:

        Tem gente que não resiste… precisa baixar o nível…

        Só fiz um contraponto a questão da violência, no mais não discordei da questão da indignação seletiva.

        Se vc está incomodado e quer arrumar discussão, arruma outro.

      • Baixar o nível é fazer um “contraponto” da consequência sem analisar profundamente a causa. No mundo da intelectualidade isso se chama charlatanice. Mas como já conhecemos tuas posições de “outros carnavais” sabemos que o teu negócio é passar pano para homem de farda. O motivo disso ainda é um mistério.

      • Fernando disse:

        PQP…

        O cara não tem com quem discutir, e quando alguém ainda se anima a responder, o cara só sabe ser desagradável. Quanta rabugice.

        As vezes o stress diário, somado aos tempos de intolerância transformam as discussões nisso que estamos vendo. Ta longe de ser saudável… Não quero pagar de mais “politicamente correto” que ninguém, até porque já falei coisas que poderia ter dito de outra forma, ou simplesmente não ter falado, além de ter mudado de opinião mais uma vez.

        O cara não tem o que argumentar, ofende. Bom… saudades de quando a discussão era pelo futebol. A intolerância do blog transformou o espaço em um ambiente monotorcida, a mesma coisa vai se dando com todo o resto. Mesmo que não concordemos, o que dá graça é a troca de idéias.

        No fim, vai restar meia dúzia falando as mesmas frases de sempre com a risada debochada de sempre…

        Vou ver se dando um tempo daqui as coisas melhoram. Tenho certeza que ninguém aqui é do mal, então não precisa de tanto ódio na conversa. A gente sonha com um mundo melhor, acha que é cheio de bons sentimentos, mas não consegue conviver numa boa nem pra conversar..

        Mas ainda acho que violência não é um caminho legal, procuro não sentir tanta raiva, embora todo mundo sinta. Vou aproveitar que estou tranquilo e de boa… pra entender que essa discussão está sendo inútil.

      • Fifaldino disse:

        Mmmmmmm…… volto ao tópico, mas nem vou entrar nesse papo de ofensa ou não ofensa. Agora…. essa de que o blog é “monotorcida” é no mínimo um erro de avaliação (pra não dizer mentira). A verdade é que só alguns indivíduos aqui tem misturado política com esporte. É uma tremenda descortesia desconsiderar os colegas gremistas que comentam e dialogam conosco (no melhor espírito esportivo) por aqui só porque não estão alinhados politicamente com A ou B.

      • Quanto vitimismo hein Fernando? Sim, é desagradável ter que expor as inconsistências, contradições e omissões de certas figuras e abordagens. Sim, é desagradável ter que chamar as coisas pelos seus nomes quando eles não são belos. Mas não adianta ficar ofendidinho, trate de ter coerência em tuas posturas e cautela com tuas fontes. E se te melindra ser contestado não publique asneiras em redes sociais.

        Chamei tua atenção para o erro do teu método de contestar a consequência sem analisar a causa. Qualquer pessoa realmente sensata entenderia o seu erro. Mas você se melindra e me acusa de não apresentar nenhuma argumentação. Ora, a “contradição” do artigo que você leu não resiste a uma observação simples da história e da realidade pois em vários eventos a liberdade não seria alcançada sem violência pois a força bruta só pode ser deposta pela força bruta. Ou os Estados Unidos se libertou da Inglaterra jogando confetes nos soldados ingleses e fazendo reunião de negociação com a Coroa que lhe achacava e oprimia?

  5. INTERminavel COLORADO disse:

    Esse FRED só pode ser um desses robôs bolsonaristas. Um robô imbecil, claro…

    • Fifaldino disse:

      Não sejam intolerantes!! Deixem o nosso “pobre de direita de estimação” postar a opinião dos outros (já que ele pega emprestado). Ehehe…

  6. galo véio disse:

    Esse é o empresário goiano que gravou um vídeo dizendo que o protesto dos profissionais da saúde em Brasilia era fake news. 100% de isenção e 250% de credibilidade. O fato de um ser desses existir não seria um grande problema não fossem as amebas que o divulgam.

  7. Ricardo - DF disse:

    É curioso. A esquerda defende a igualdade, prega a justiça, a colaboração em vez da competição, a tolerância e os valores humanos.

    Os fascistas pregam a violência, o racismo, a misoginia, etc., etc.

    Depois, fascistas chamam o pessoal de esquerda de “esquerdopata”…

    Curioso, não ?

    • Fifaldino disse:

      O fascismo enxerga o combate ao racismo e demais pautas sociais como política e não como causas humanas básicas. Não tem como esperar nada deste tipo de gente.

      Dá pra acreditar que até agora possa ter alguém alegando que “não tomou conhecimento” sobre o acontecido com George Floyd e o porquê de ter dado causa aos revoltosos americanos? Complicado, né?.

  8. Ricardo - DF disse:

    A gente se pergunta como pode existir um povo assim. Dentre os 30% que dizem que apoiam o Bozo, deve ter simplesmente muita burrice e incapacidade de raciocínio. Não consigo acreditar que 30% da população brasileira seja fascista.

    A situação brasileira é muito perigosa. O Bozo é intelectualmente nulo, mas é manhoso. Fica chamando o gado, cujos acampamentos em Brasília são pagos for empresários do Bolsonistão, para atacar o Congresso e o STF. Destes, apenas o STF responde, já que a Câmara está nas mãos de um banana, que não faz nada. E os milicos ficam quietos, curtindo as benesses do poder.

    Uma ditadura com um mafioso alucinado no poder seria um tremendo desastre para o pais. Deus nos livre.

    • Fifaldino disse:

      Até o Bozo deve estar surpreso de conseguir manipular os seguidores dele próprio. Tem que ser muito burro pra cair nessa conversa mole dele.

      Já viram que o ananá não consegue fazer NADA, mas a culpa e sempre de outros? É o STF, o Congresso, os governadores, a mãe Joana. Bolsonaro e seus burrinhos amestrados são os reis do mimimi. Os coitados não conseguem mais nem zurrar por ditadura e AI-5 que os antifas já chegam pra impedir…… tsc tsc tsc.

      • Ricardo - DF disse:

        Isso é uma das maiores aberrações desse governo. NADA, absolutamente NADA de construtivo é realizado, ou concebido, nem sequer copiado. É sempre conflito, agressão, destruição.

  9. MARIA LUCIA disse:

    Às ordens!
    Grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s