As sete estranhas demissōes no Grêmio

O segredo será desvendado pouco depois das 14h desta quinta-feira em entrevista coletiva na Arena: por que o Grêmio, no início da temporada, em meio a treinos intensos, demitiu sete pessoas da estrutura do futebol?

No início, foram quatro, de nutricionista a fisiologista. Na quarta, mais três: o preparador físico Rogério Dias, o Rogerinho, profissional de prestígio no país, com mais de 20 anos de clube,  e o treinador de goleiro Rogério Godoy, além do assessor de imprensa Joāo Paulo Fontoura.

O estranho é que as demissōes ocorrem no início da pré-temporada, quando os preparadores físicos fazem a base do time para toda a temporada. Por que isso nāo foi feito antes?

Sāo respostas que o os dirigentes devem dar no início desta tarde, mas o presidente Romildo Bolzán já antecipou que tudo faz parte da reorganizaçāo das estruturas do clube. Mais sintomático ainda: as sete demissōes foram definidas num período de ausência do técnico Renato.

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Grêmio e marcado , , , , . Guardar link permanente.

16 respostas para As sete estranhas demissōes no Grêmio

  1. Fred disse:

    qual a surpresa?
    o que tem de estranho?
    nunca antes na história destepaís tantas pessoas foram demitidas…
    (agora correndo pela sala): – aí, o grêmio demitiu sete funcionários, o sindicato não pode admitir isso.
    quem trabalha com carteira assinada (não é pj) sabe que não podem serem demitidos durante as férias , por isso o grêmio esperou a volta deles, os deixou curtir a folga….
    mas aqui temos o espanto e a imaginação:
    “as sete demissões foram definidas num período de ausência do treinador renato”
    reclamam que o renato “manda” e tudo, depois publicam isso acima…para que o renato deveria estar presente, para abração os ex colegas dizendo, foi um prazer trabalhar com você?
    e outra coisa, como sabes que as coisas não foram decididas antes (com ou sem o renato) e o grêmio só seguiu a praxe (demite na volta)…
    (novamente correndo pela sala, em pânico): – ai, o grêmio demitiu o assessor de imprensa, além de tudo…
    ai,ai ai a culpa é do:….

  2. Fred disse:

    (a correria permanece)
    aí, demitiram o tardelli agora a pouco…ai, ai, ai…
    o que será de nós?

  3. Maurício disse:

    É assustadora a pobreza da interpretação de texto do frednando. Parece até um bols…OH WAIT!

    E o Tardelli teve seu contrato rescindido. Com justiça, diga-se, pois é preciso se esforçar pra ser banco do André.

  4. Gaudêncio disse:

    Na verdade, olhando de revesgueio, percebe-se que a imprensa esportiva, política, econômica e de amenidades da TV vive de achismo, de fofocas.
    Todo mundo sabia que algo não estava bem no Grêmio…
    Não só pelas lesões, mas pelo prazo de recuperação…
    O que dizer então do desempenho e da performance dos goleiros?
    Observe que todos eles possuem falhas gritantes de treinamento.
    Apostam no tal do Phellippe, mas esse quando entrou, sempre levou gols bobos, defensáveis e que deixaram claro que havia um componente d defasagem em termos de treinamento, de reflexos e de tomada de decisão.
    Como disse o Fred: se demitem sem o Renato, desrespeitaram o renato. Se demitem com o Renato por perto, passaram por cima da autonomia dele…
    Falando que observa pela repercussão, parece que por vezes os preparadores físicos do Grêmio ainda seguem a cartilha de força do velho e saudoso Gilberto Tim.
    Se você observar, o time do Grêmio envelheceu e perdeu a velha dinâmica de aproximação, de trocas de passes, de movimentação.
    Como não vivo no dia a dia do clube e nem o dia a dia do clube, me parece que o Grêmio está fazendo intervenções pontuais, onde foram detectadas as carências.
    – Claro que será bem vinda a chegada de um novo goleiro (Vanderlei) e de um novo treinador de goleiros;
    – Claro que foi bem vinda a chegada de um novo lateral direito e alguém precisa ensinar o lateral da base, o careca, a marcar dentro da área nos escanteios e não ficar feito mula como ficou nos lances contra o Goiás.
    – Claro que Juninho Paraíba e Cortez foram suficientes para o Gauchão, mas se mostraram limitados para a realidade do Brasileirão e de outras competições. Há quanto tempo não sai um gol por conta de jogado de um lateral esquerdo nosso?
    – Claro que foi importante nos livrarmos de Michel e do Rômulo e eu continuaria apostando no Ralf.
    – Claro que a saída de Luan é uma perda técnica. Mas o que fazer se ele não queria mais jogar no Grêmio?
    – Claro que o Maicon está velho e o Grêmio precisa garimpar, formar ou moldar um jogador para assumir essa condição de comandante do meio de campo tricolor.
    – Claro que a saída do Tardelli pode ser um reforço emocional para o Grupo. Tanto pela questão do salário absurdo que contamina o vestiário, quanto pela falta de empenho. Falta ainda ficar livre do André…
    O que eu não sei é se o Renato vai ter capacidade de comandar o processo de reestruturação do time. O que ficou claro, para mim, é que o Romildo cansou das indicações do Renato…

    • Louis Lagrange disse:

      Eu acho que o Romildo não cansou só das indicações do Renato ele cansou do Renato. Não entendi essa renovação de contrato e acho que se não vier o gauchão o Renato vai pedir pra sair. Todos os demitidos era da confiança do Renato e isso quer dizer alguma coisa.

  5. Rodrigo R. disse:

    O Dr. Balancete de prato vazio deveria conhecer até o gosto das latrinas da Arena, que “compra” a cada eleição. Por que ele precisou de um mês a mais para ver se precisava demitir mesmo? Sabia que precisava demitir, mas queria colocar essas demissões no momento “certo”. Se não foi sacanagem, foi pura barbeiragem.

    Na verdade, o Grêmio ficou sem as desculpas das quais tanto gosta para fracassos ao conseguir o objetivo de copar vaga direta. Queria esse “título”, trabalhou a mente de otários para que vissem assim, os chapabrancas compraram o papo furado de “grande conquista” e, claro, se encoxaram na Geral, e berraram “Romito, Romito”, além de apedrejar os infiéis que lembrassem da verdade de dois anos de jejum e contando, com time em decadência há dois anos… A copa da vaga direta era o bônus, o ônus foi perder a malandra desculpa relacionada à dificuldades de pré-temporada. O Grêmio queria as duas coisas, agora conseguiu a segunda: “o atraso, a correria, a dificuldade na pré-temporada”. Aguardem após os fracassos o “acontece que tivemos um problema na pré-temporada, não queremos usar como desculpa mas…”

    Os aloprados chapabrancas, tal qual bozominios, não tem memória (ou tem, mas seletiva por serem desonestos) anterior a este século: da mesma forma que bozominions pensam que Banania era a Dinamarca antes do PT, bolzanminions acreditam que o Grêmio nunca ganhara antes, ou por senilidade ou por terem nascido depois de 2001 e terem crescido sob a nuvem do fracasso. Assim, na carência que viviam, mitificaram o medíocre holograma de Obino e o macunaíma do Burro com Sorte, parasitas do trabalho do falecido Roger, o único que sabia, à distância, porque o Grêmio ganhou e porque perdeu, apesar da própria incapacidade de aplicar em campo o que sabia, por ser bundamole. Mas era o único com trabalho sistemático e coerente no Grêmio. O resto tocou o carro na banguela, com as lesões e saídas de perebas que queria manter salvando o time de perder talentos e, mais do que isso, as escalando.

    O Grêmio não vai ganhar nada, ruralito não é título (mas vamos torcer para que surja uma surpresa no interior), mas essa desculpa não vai colar. Essas demissões atrasadas por escolha da (di)gestão perdulária autoproclamada superavitária devem ser lembradas. Mas do conselho não virá tal lembrança; ainda que o Zumbi de Osório esteja há quase meia década no “comando” do Grêmio, ele fez a versão do MIG colorado no Grêmio, guardou no bolso o conselho de velhos acomodados e pilantras filhinhos de papai, sem uma gota de caráter e testosterona no sangue, com uvas passas no lugar de culhões, mais interessados em arranjar fotos e autógrafos para netos e socializar no clube social que é o conselho do Grêmio. E quem sabe arranjam tetas.

  6. Rodrigo R. disse:

    Outra coisa: perfeito post, Mario Marcos, esses assuntos enrolados da dupla grenal são recebidos por débeis mentais sempre como ataque da “imprensa vermelha”, ou ataque da “imprensa gremista”, o obscurantismo norteia a mente de quase todos os torcedores – o que não surpreende, torcedor sem passionalidade nem torceria, racionalmente é algo ridículo torcer. Mas noto que a patrulha tem intimidado o noticiário do futebol gaúcho: passo pelas notícias e só dá matéria amiga, quase oficialista, no tom das insuportáveis entrevistas escadinhas. “Você me mama que eu te mamo” é o lema da relação imprensa gaúcha com clubes gaúchos. E gozam um na boca do outro – e dos chapabrancas.

  7. Fernando disse:

    Bah,,, que loco recalcado esse Rodrigo, deve ser odonista essa praga.

    • Fred disse:

      não te lembra um outro bobinho sumido?
      o do “fora, aguirre” e do “calma, fredão”?

    • Rodrigo R. disse:

      fernando-fred-fredocalmo-cesao-murilo-marcao, completamente sem credibilidade, vestiu o chapeu que deixei solto com força, o rasgou até. Troll que é, forjado na suruba das redes sociais de passa-repassa de links e videos, tirou da manga a arma robótica manjada que recebeu passivamente como software mental, o gado marcado: uma variante de “E o PT?”, eis as respostas dos chapabrancas a tudo, incluindo futebol. Responde com um nick, esquece algo e acrescenta com o outro… podia usar fred e freocalmo, ou cesao e marcao. Seriam nicks mais parecidos e não iria parecer para quem pensa que são diferentes, que são apenas dois viralatinhas felizes se cheirando, como desses que se encontram em passeios, ganindo e latindo, puxando o dono até se encontrarem, saltitarem e matarem o desejo de fedor de rabo, com uma troca-troquinha básica.

      • Marcão disse:

        Ôh! Não me bota nessa lista do multinick aí! Não sou bolsominion…

      • Fernando disse:

        Legal ser acusado de uma coisa que não faz né Marcão?
        Frequento o Blog tem sei lá quantos anos… pelos menos uns 7, pra vir um mongol chamar o cara de multinick.

        Erro meu de discutir com maluco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s