Inter empata com Atlético e completa nove jogos sem perder

Na volta ao Brasileirão, o Inter empatou com o Atlético-PR em 2 a 2, na noite desta quinta-feira, na Arena da Baixada (9.176 torcedores), em Curitiba, completou nove jogos de invencibilidade (série só menor que as 12 partidas de 2005) e continuou encostado no G-4. Tem os mesmos 23 pontos de Atlético-MG e Grêmio, mas perde nos critérios.

O Inter volta a campo segunda-feira, no Beira-Rio, contra o Ceará.

Diante de um adversário desesperado pela situação na tabela (tem apenas uma vitória e está entre os últimos), o técnico Odair Hellmann organizou seu time com linhas defensivas para controlar os ataques e buscar a velocidade com Nico López e Pottker.

Aos 12 minutos, a estratégia mostrou resultado. Fabiano atacou pela direita, tocou rasteiro a Nico López, que driblou para o meio e bateu de pé esquerdo. A bola desviou no zagueiro e ficou entre Pottker e o goleiro, que deu um tapa na bola sem força suficiente. A bola bateu no braço de Pottker e ficou livre para o atacante concluir. Um a zero.

A partir daí, o Inter cometeu um erro. Recuou e passou a deixar a bola com o Atlético que, mesmo sem qualidade, com pouca organização, começou a cercar a área do Inter. Teve boas conclusões com Bergson aos 36 e 42 e acabou chegando ao empate aos 43. Tudo começou com um erro na intermediária do Inter. O Atlético contra-atacou com Rafael Veiga que, da entrada da área, chutou firme, no canto direito. Um a um.

Na volta do intervalo, o Atlético seguiu forçando.

Pablo, em uma das tantas chances que teve no espaço que deveria ser ocupado pelo zagueiro Danilo Silva, desviou com perigo. Aos 14, em cobrança de escanteio, Paulo André subiu mais que Danilo e tocou de cabeça no canto direito. Dois a um.

O jogo que parecia controlado em boa parte do primeiro tempo passou a mostrar um sério prejuízo para o Inter. Odair trocou então Fabiano por Rossi e mandou Zeca voltar a ocupar a lateral-direita. O Inter melhorou e passou a atacar. Pottker só não marcou aos 21, em boa jogada de Nico López (um dos destaques do time), porque o goleiro desviou a bola que buscava o alto.

Pouco depois, aos 22, Odair trocou Lucca por Wellington Silva para ter um atacante descansado no lado esquerdo. E deu certo: aos 33 minutos, em outra boa jogada de Nico López e cruzamento de Rossi, a bola sobrou a Wellington Silva que bateu com categoria, em curva, no canto esquerdo. Dois a dois.

Dez minutos depois, Wellington precisou ser substituído com dores no tornozelo. No fim do jogo, disse que estava bem, sem dores.

O time paranaense ameaçou aos 35 com Bergson, aos 43 com Pablo e aos 44, de novo com Bergson. Mas o Inter também teve boa chance de garantir os três na última jogada da partida: Iago avançou pela esquerda, mas não acertou o cruzamento como esperava. O goleiro defendeu na frente de dois atacantes do Inter absolutamente livres.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

37 respostas para Inter empata com Atlético e completa nove jogos sem perder

  1. Fifaldino disse:

    Rapaz!!! Que tortura que é assistir um jogo apitado pelo Ricardo “lombriga mineira” Marques!! A impressão que se tem é que a qualquer momento o jogo vai descambar pra pancadaria. Tá loco!! Pior juiz da história recente do Brasil….

  2. edi tavares disse:

    Eu teria substituído o Nico no lance do amarelo… por burrice!! Já o lateral expulso do CAP, foi uma mistura ingenuidade com burrice, tá loco!!

    Imaginei o CT resmungando na hora do empate do colorado, derrubando a previsão dele

  3. INTERminavel COLORADO disse:

    LUCCA tá pedindo um banco. WELLINGTON SILVA fez em 10 minutos o que ele não fez em 360 minutos…

    FABIANO é banco do banco do banco. O cara não vai à linha de fundo nem que o empurrem…

    CORNETÃO DE TUDO precisa se consultar com WALTER MERCADO, ou quem sabe deitar no divã do ANALISTA DE BAGÉ…

  4. INTERminavel COLORADO disse:

    A sequência colorada até o final do primeiro turno será:

    CEARÁ (C)
    AMÉRICA (F)
    BOTAFOGO (C)
    ATLÉTICO M (F)
    FLUMINENSE (F)
    PARANÁ (C)

    Aposto 14 pontos nessa brincadeira…

  5. Ricardo - DF disse:

    A bola bateu no braço do Pottker ??? E valeu ?

  6. 66 disse:

    Olha…sou muito compreensivo com as variáveis que o time do Inter sofreu como a lesão do Moledo e do Damião…a entrada do Danilo que não jogava há 5 meses…a escalação do Zeca no meio e o Fabiano na lateral…mas pra mim, o Inter foi a campo com o velho medo de vencer.
    De novo eu pergunto: Se existe uma escalação que o treinador considera mais agressiva e que é utilizada sempre e apenas quando o time está perdendo e precisa correr atrás do placar, porque nenhum treinador tem coragem de iniciar a partida assim, quando está 0x0 e assim colocar mais pressão num time que está a perigo, em crise e nervoso??
    Claro que por ter saído na frente, o Odair equivocadamente acreditou que a vitoria parcial era fruto do esquema que ele montou. Até entendo ele pensar isso porque futebol é resultado. Se está ganhando, ninguém pode falar nada. Mas puxa vida, o Inter não tava jogando bem. Mesmo antes do gol do Pottker, o CAP tinha criado chances de gol e jogava melhor, logo, o resultado era enganoso.
    Aí tomou o gol de empate, numa jogada onde o jogador do Atlético carregou a bola livremente até a entrada da área. A zaga foi recuando e ninguém deu combate. O meio campo do Inter nao existiu.
    O Inter voltou igual do intervalo, tanto na escalação como na atuação. Claro. Tomou a virada.
    Só aí o Odair resolveu mudar. E foi só colocar o Rossi na direita que o Inter já começou a assustar o Atlético. O empate saiu naturalmente.
    Esse filme é velho.

    • andreas boos disse:

      É por essas e outras que eu e mais alguns aqui reclamamos MUITO do HellMann’s, pois nao tem convicção ou é cego e não ve a coisa como deveria. Entrar pra não perder de um time que ta pedindo segundona desde o comeco do campeonato eh de lascar.

  7. Wanderlei disse:

    Os especialistas em arbitragem, aqui do blog, se dedicaram a comentar o comportamento do árbitro na condução do jogo. Se abstiveram de falar sobre erros do apito amigo. Será por quê?eheheh.

  8. andreas boos disse:

    Apesar do resultado mediano… esse jogo nos trouxe de volta o Pottker, baita acrescimo. Como tambem nos mostrou que nosso profeÇor HellMann’s nao entende nada de observação em jogo treino. Como compromete o resultado esse Danilo Silva. Fala serio. Prq nao colocou o Klaus, que era o titular antes do Moledo? Volta Moledo… Volta!
    Tava tao desacostumado a futebol de noite, por conta da copa, que esqueci completamente do jogo. Fui lembrar so agora de manha kkk.

    Bom ao menos agora temos chances de se recuperar contra o Ceara no BR.

  9. INTERminavel COLORADO disse:

    Disse em outro comentário, que desde que VENÇA em casa, EMPATAR fora passa a ser bom resultado. Média de 2 pontos por jogo. A média atual do Inter nos últimos 9 jogos é de 2,11 por jogo. Mantendo-se assim, o que não é fácil, poderemos…

  10. Pedro Sá disse:

    FORA D. SILVA!!!!!
    FORA FABIANO!!!!!
    Estes caras NÂO tem condições de defender nem o time B.
    Na base tem gente muito melhor.
    FOOORRRAAAAAAA….

  11. 66 disse:

    Tô com medo disso também.
    Já fui a inúmeros jogos do Inter contando certo com uma vitoria e me dei mal.
    Mas vamos na fé.

  12. 66 disse:

    Gostei de ver que tu aceitou numa boa ser chamado de Cornetão de Tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s