Estranhas relações

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Imagem | Esse post foi publicado em imprensa e marcado , , , . Guardar link permanente.

26 respostas para Estranhas relações

  1. Henrique disse:

    Hahahahah e a “izquierda” tá no final do arco íris?

    • Rafael disse:

      Claro, lá está o pote de ouro.

    • Jonas Vieira disse:

      É, no final do arco-íris deve estar a Venezuela, aquela maravilha de país pra onde diariamente fogem milhares de brasileiros em busca das oportunidades e justiça social oferecidas pelo regime de Maduro.

      • mariomarcos disse:

        É mesmo uma obsessão. Qualquer tema vira Venezuela. Mesmo que nada tenha a ver. É um espanto.

      • Maurício disse:

        Bah, é o ‘vai pra Cuba’ redivivo… Tá louco!

      • Jonas Vieira disse:

        Por que os esquerdistas não podem ouvir falar de Venezuela e Cuba? Estranho isso, já que esses países implementaram as ideias “revolucionárias” e são um paraíso na Terra, a oitava maravilha, correto? E dizer que “izquierda” e a “Venezuela de Maduro” não têm nada a ver só pode vir de alguém que tenha vergonha de uma coisa ou de outra.

      • mariomarcos disse:

        Não há nenhum problema em falar na Venezuela ou em Cuba, nos Estados Unidos ou na Rússia, desde que eles tenham alguma coisa a ver com o assunto em debate. Só isso. Virou doença.

      • Rafael disse:

        Decididamente não é doença. A situação da Venezuela é calamitosa e ocupa o noticiário diariamente. A conexão com o post, portanto, é natural e lógica. O estranho é evitar a todo custo comentar o assunto e ainda por cima tratar como doença qualquer referência ao país vizinho.

      • Fred disse:

        Ora bolas, Venezuela, Cuba ou Coréia do Norte nunca têm relação com o tema em debate, pois o objetivo de atacar a direita em todos os momento é o tema recorrente e obsessivo.
        Quem é o doente?

      • mariomarcos disse:

        Queres o cargo de pauteiro, é isso? Podes fazer um blog e só falar maravilhas da direita. Eu te garanto que não vou participar.

      • Rafael disse:

        No passado havia postagens sobre a Venezuela, porém, conforme a situação do país vizinho foi se agravando, com o descalabro econômico e ataques aos direitos humanos, obras do governo totalitário de Nicolás Maduro, as postagens desapareceram e os comentários a respeito passaram a ser criticados. Isso é a antítese do jornalismo e, francamente, espero que o editor revise sua posição.

      • mariomarcos disse:

        Raramente (nem lembro) de postagens sobre a Venezuela. Assim como poucas vezes fiz textos sobre Cuba. Exatamente porque sei o que provoca. O debate nunca fica apenas no debate.

      • Jonas Vieira disse:

        Numa rápida busca achei essa preciosidade de 2014, exaltando a Bolívia, do ditador comunista-cocaleiro Evo Morales:

        “A terceira vez de Evo Morales

        Em meio aos debates sobre a disputa presidencial no Brasil, passou quase despercebida uma outra notícia importante para a América do Sul atual: Evo Morales, da etnia uru-aimará, nascido em uma pequena vila de Oruro, foi reeleito para seu terceiro mandado consecutivo na Bolívia.

        Ele recebeu mais de 61% dos votos. Seu principal opositor teve cerca de 24%.

        Morales venceu inclusive na região de Santa Cruz de la Sierra, reduto oposicionista, região mais rica do país, que fazia forte oposição aos métodos de Evo. Entre os bolivianos residentes no Exterior, sua votação superou os 71%.

        É um reconhecimento da população.

        A Bolívia cresce fortemente, reduziu pela metade o número de miseráveis e melhorou muito sua posição no mapa da fome da ONU. Agora, vencida a fase de preconceito de muitos, de resistência, Evo lidera sem dificuldades.”

        Daqui a pouco surge alguém com “Bolívia não tem nada a ver com a Esquerda”, ou algo que o valha…

      • Maurício disse:

        Agora a Bolívia… kkkkkkkkkk Tá ficando divertido, isso.

      • Jonas Vieira disse:

        Taí, como falei. São muito previsíveis, rsrs

      • Fred disse:

        Ora bolas, de onde tiraste a idéia que eu desejo ser pauteiro do teu blog? (apenas constatei um fato).
        Isso sim, me parece um tipo de mania e perseguição.
        Mas, de qualquer maneira, se minha presença te incomoda, basta me dizeres (diretamente, sem intermediários) e me retiro, deixando-te com teus nefelibatas vermelhos.

      • mariomarcos disse:

        Fui bem claro no que escrevi, caro Fred. Eu tenho meus direitistas de estimação. Só espero que eles entendam o que penso sobre certas coisas. São princípios dos quais não abro mão. Apenas isso. E seguimos convivendo sem problemas.

      • Rafael disse:

        Esses debates acalorados têm enriquecido o blog. Discordâncias veementes, críticas duras, algumas ironias, tudo isso faz parte do jogo democrático. O principal é manter o respeito, e creio que esse objetivo vem sendo atingido, especialmente em relação ao MM, o dono do blog.
        Agora, se o MM achar que algum comentarista se excedeu e que é melhor não mais aparecer por aqui, é só falar. De minha parte, cumprirei a recomendação.

      • mariomarcos disse:

        Não foi isso que escrevi. Tens inteligência para perceber isso. Disse para o Fred, inclusive, que tenho meus direitistas de estimação. Não tenho nenhuma dificuldade com divergências até porque seria um baita pretensioso se quisesse ser sempre o dono da razão.

  2. Fernando disse:

    a tirinha original é sobre o islã.

    estranho como os rótulos mudam de nome ao gosto do observador…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s