Dica de segunda-feira

Em maio de 1940, no auge da guerra, a Inglaterra se viu em um impasse: tinha mais de 400 mil soldados em Dunquerque, encurralados pelo exército alemão entre a praia e o mar. O que fazer? Não havia barcos suficientes, a força aérea tinha capacidade limitada (os aviões estavam sendo poupados para a proteção ao país) e os soldados estavam perto de um massacre. Não havia muitas opções. Ou se rendiam ou seriam massacrados. A outra era achar um jeito de fugir, perder a batalha e reagir depois para buscar a vitória na guerra. Foi o que Churchill fez. É disso que trata o excelente filme Dunkirk (de Christopher Nolan, de A Origem e Batmann, o Cavaleiro das Trevas), desde já considerado pelos críticos de todo o mundo como um candidato quase imbatível ao Oscar. É um filme de guerra um pouco diferente do padrão a que estamos acostumados. Não há carnificinas, nem sangue em demasia, mas uma permanente tensão, ajudada pela trilha sonora. Vale a pena ver.

Confira o trailer:

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Dica de segunda-feira e marcado , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Dica de segunda-feira

  1. INTERminável COLORADO disse:

    Valeu a dica!

  2. Niederauer disse:

    Estou com os ingressos para a sessão de hoje, 19:30 h, aqui na terrinha. Coincidência. Grande diretor.

  3. Kako disse:

    Livros históricos (inclusive ingleses) relatam que Hitler mandou seus tanques pararem e não pressionarem o exército inglês em retirada. Tentou usar o desespero inglês para forçar uma rendição ou ao menos um retirada da Inglaterra do conflito. Tal tentativa possibilitou a retirada a tempo das tropas de Dunquerque e frustrou a intenção de Hitler.

    • mariomarcos disse:

      Ele se achava um grande estrategista, mas era uma fraude, além de ser um maluco homicida, cercado por outros loucos como ele.

      • Kako disse:

        Sem dúvida. Para nossa sorte (e do mundo todo) ele errou nesta estratégia. Tivesse aniquilado o exercito inglês ali e certamente os EUA não teriam se envolvido na guerra da Europa, onde foram decisivos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s