Renato mantém ideia de jogar com os titulares em Goiânia

Apesar do desgaste mostrado por alguns jogadores no segundo tempo do empate com o Santos, poucos dias depois da vitória sobre o Atlético-PR e da classificação na Copa do Brasil, Renato pretende manter time titular diante do Atlético-GO, em Goiás.

A ideia é buscar todos os pontos possíveis nesta luta para reduzir a diferença em relação ao líder Corinthians. O time terá Arthur e Michel de volta, mas não poderá contar com Edílson (expulso) e talvez siga sem o centroavante Lucas Barrios. E a sequência do Grêmio é complicada, com jogos do Brasileirão e da Libertadores.

Mesmo assim, Renato vai continuar escalando todos os que estiverem em condições.

Para ele, jogos como o de domingo podem se repetir, especialmente em confrontos entre times grandes. O time dominou, deu sufoco no primeiro tempo, seguiu impondo seu estilo no segundo, mas não conseguiu a vitória:

– Nem sempre você vai ganhar. Enfrentamos um grande time, o terceiro colocado. O Grêmio foi bem superior, jogou no campo do Santos praticamente o tempo todo. O Corinthians também enfrentou uma grande equipe, que é o Flamengo, assim com o Grêmio. São equipes que estão no G-4.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Renato mantém ideia de jogar com os titulares em Goiânia

  1. Maurício disse:

    O Arroyo deve ter sido aconselhado pelo Cupó.

    • Fifaldino disse:

      Que tal o “resto não me compete”? Ehehe….
      ==========================================
      rádio grenal‏ @rdgrenal 20 hHá 20 horas

      Odorico Roman: “Todo mundo tem questões psicológicas. O Bolaños tá com problema de púbis. O resto não me compete”.
      ==========================================

  2. Maurício disse:

    E essa de que o WC teria sido demitido após vazar um áudio dizendo não ter sentido a morte do Sant’anna por achá-lo um FDP??? Se for verdade, foi muito bem-feito.

  3. Rodrigo R. disse:

    “A ideia é buscar todos os pontos possíveis nesta luta para reduzir a diferença em relação ao líder Corinthians”.

    Enésima vez que ouço isso. Quando ganhar o Corinthians também vai ganhar. A isso quase sempre se segue “esses são pontos que vamos recuperar depois”… Não vi essa ideia no empate acomodado contra o São Paulo, no desperdício dos 40 minutos finais por cansaço de jogar como se fosse um time precisando de dois gols numa final depois dos 40 do segundo tempo. O Grêmio não foi agressivo, foi peladeiro, “todos para o ataque!” E o pior é que ao esmagar o Santos na pequena área ficou com o caminho bloqueado ao gol, entupiu de jogadores dos dois lados a goleira do Santos. Morou na área do Santos e teve poucas chances claras.

    “O time terá Arthur e Michel de volta, mas não poderá contar com Edílson (expulso) e talvez siga sem o centroavante Lucas Barrios”
    Ou seja: Maicon, esse ameba lerda, continuará, e continuará o Grêmio com quatro no meio de novo, e de novo Luan e Rocha isolados e time pesado paquidérmico de novo. Seis por meia dúzia (Everton), nem pensar, para o garoto só a baderna de ontem. Mas como já escrevi contra o Atlético-PR, esses jogos jogados ele deve meter o bruxo naba dele para ganhar o famoso ritmo de jogo (mas Maicon foi poupado contra o CAP depois de voltar há tão pouco tempo que nem readquiriu o ritmo e não ter jogado 10 jogos na temporada! É inacreditável a cautela com o inútil tratado como “peça fundamental”… Será que a lesma vai ser poupada de novo? Ou vai jogar para ganhar “ritmo de jogo” mostrando como é bom de bola contra o Atlético-GO!

  4. Rodrigo R. disse:

    O time dominou, deu sufoco no primeiro tempo, seguiu impondo seu estilo no segundo, mas não conseguiu a vitória

    Não impôs o “melhor estilo”, o Grêmio é marcador, rápido e agressivo, não uma gororoba desesperada e peladeira que se atira na área adversária, não um corredor de 100m rasos em uma maratona. Reduziu a possibilidade de ganhar de 90min para um tempo só. Aposta de videogame, de várzea.

    “Nem sempre você vai ganhar. Enfrentamos um grande time, o terceiro colocado. O Grêmio foi bem superior”

    Está repetindo demais isso. Vai acabar dizendo isso após uma eliminação se continuar com seus esquemas de jogo esquizofrênicos. É tédio, má vontade ou burrice a incapacidade dele de manter o 4-3-3 que caiu no seu colo moldado pelas lesões e esquema que melhor se adapta aos seus jogadores?

    “Apesar do desgaste mostrado por alguns jogadores (…) Renato pretende manter time titular diante do Atlético-GO, em Goiás”

    Esse é um dos raros jogos que se pode vencer com um pé nas costas e ele quer estourar o time. Quem sabe estoure Maicon! A posição dele é o DM!

  5. Rodrigo R. disse:

    Como nunca um atacante é substituído por outro, ou por um meia ofensivo e criativo (que o Grêmio não tem) mas com acréscimo de um “volante-meia”, o Grêmio só se salvará de quatro volantes-meias quando Barrios voltar.

    Sendo todos os volantes-meias tecnicamente bons, especialmente Arthur e Ramiro, se pode jogar só com volantes, e turbinar o ataque com um trio, diferente das duplas clássicas da maioria. Mas sendo todo o meio campo feito de volantes de origem, não se pode ter quatro volantes-meias! Que o Grêmio enxergue isso antes de uma eliminação, antes de jogar na lata de lixo mais pontos fáceis. Se renato ferrasse um time ruim eu não ligaria, duro é ele esculhambar um time fortíssimo, isso é que dá no fígado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s