STJD julga o Inter pelas confusões no Beira-Rio

Não bastassem todas as dificuldades para estabilizar o futebol do time na campanha na Série B, o Inter terá de lutar em outra frente, na manhã desta sexta-feira. Em uma das salas do Suprior Tribunal de Justiça Desportiva, os procuradores vão julgar o clube pelas confusões depois da partida contra o Criciúma, no Beira-Rio.

A sessão começa às 11h.

O Inter foi denunciado pelo procurador do tribunal com base no artigo 213, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (“deixar de tomar providências capazesde prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto”). O próprio artigo deixa os advogados mais tranquilos: além de tomar providências, identificar e punir os grupos envolvidos na confusão, o Inter defende que as confusões não afetaram o jogo, nem colocaram time adversário ou arbitragem em risco.

De qualquer maneira, há a ameaça.

Além de multa de até R$ 100 mil, o clube corre o risco de perder mandos de campo.

Em campo, o técnico Guto Ferreira observou pela primeira vez a movimentação dos reforços Camilo e Leandro Damião no treino da tarde de quinta-feira. Os dois jogadores tiveram bom desempenho e devem ser confirmados no time que enfrenta o Goiás na próxima terça-feira.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter, Série B e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para STJD julga o Inter pelas confusões no Beira-Rio

  1. Fifaldino disse:

    Esse artigo do código da “justiça” desportiva é ridiculamente ingênuo. Afinal, qual entidade desportiva (e eu diria até…. governamental) tem condições de “tomar providências CAPAZES de prevenir e reprimir desordens”???

  2. 66 disse:

    Vou a TODOS os jogos no Beira-Rio e acho de uma imbecilidade sem tamanho descontar no Beira-Rio a ruindade do time dentro de campo.
    Se tiver que interditar, que interditem.
    Se isso servir de exemplo para os demais, ótimo. Se não servir, paciência.
    Mas que sirva de exemplo para o Inter e para sua própria torcida.

    • Fifaldino disse:

      Sem dúvida que é uma imbecilidade!! Pena que a prática já demonstrou que mesmo punindo o clube essas imbecilidades não deixarão de existir enquanto a JUSTIÇA DE VERDADE (não a desportiva) não punir exemplarmente os indivíduos que transgridem a lei dessa forma.

  3. Guasca disse:

    Inter não perdeu o mando e foi multado em 10K.

    • Fifaldino disse:

      Não faria sentido uma punição pesada quando todos os elementos modernos de prevenção foram (e sempre são) aplicados pelo clube.

      Agora… cabe ao poder público punir os indivíduos responsáveis pelas agressões. E ao clube cabe expulsar os marginais (caso sejam sócios) e acionar todos eles na justiça pedindo ressarcimento dos danos e prejuízos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s