Copa do Brasil: Grêmio vence, sem sustos, e está na semifinal

O Grêmio cumpriu apenas uma formalidade no jogo da noite desta quinta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba. Depois dos 4 a 0 na primeira partida, em Porto Alegre, a classificação à semifinal da Copa do Brasil precisava apenas ser oficializada – e ela foi garantida com outra vitória, 3 a 2. Com isso, o Grêmio – com cinco títulos de Copa do Brasil – enfrenta o Cruzeiro – quatro – em disputa de lugar na decisão do título.

Entre todos os semifinalistas (Botafogo, Flamengo e Cruzeiro) foi a classificação mais tranquila. O Grêmio fez sete gols em dois gols, sofreu apenas dois, nunca foi ameaçado nem mesmo ao jogar em Curitiba.

Renato se deu ao luxo de poupar titulares importantes. Deixou de fora o lateral Edílson, o zagueiro Pedro Geromel, o lateral Cortéz (por 30 minutos, já que Marcelo Oliveira se lesionou) e o volante Arthur. Mesmo assim, o padrão técnico e tático da equipe não mudou. A não ser pelo início da partida, quando o Atlético-PR, com um time praticamente reserva, pressionou na base do entusiasmo e chegou a marcar, o Grêmio dominou com extrema tranquilidade.

O Atlético marcou logo aos 15 minutos, em jogada iniciada por Coutinho na direita (na disputa do lance, Marcelo Oliveira se lesionou). No cruzamento rasteiro, Pablo fez 1 a 0.

A torcida vibrou, o time paranaense passou a acreditar em um milagre, mas, aos poucos, o Grêmio impôs seu melhor futebol.

O empate surgiu pelos pés de Pedro Rocha, um dos jogadores fundamentais deste time. Aos 26 minutos, Luan recebeu a bola na direita, tocou a Michel, pelo meio, que passou a Pedro Rocha. O atacante entrou na área, driblou para o meio e bateu forte, rasteiro, no canto esquerdo. Um a um.

O Atlético pouco fez a partir daí. Teve uma única conclusão no primeiro tempo, foi pouco produtivo no segundo e acabou sem forças para evitar o novo gol do Grêmio. Aos 24 minutos, depois de cruzamento, Bressan tocou de cabeça a Éverton, que completou para a rede apenas um minuto após entrar no lugar de Jaílson.

Aos 31, Gedoz bateu falta com perigo e, aos 34, mais uma vez funcionou a velocidade do Grêmio. Marcelo Grohe bateu forte para o ataque, pegando a defesa do Atlético desprevenida, Éverton dominou e tocou rasteiro para a entrada em diagonal de Pedro Rocha. Ele avançou, driblou Wéverton e tocou para a rede. Três a um.

No fim, aos 46, Gedoz marcou de falta, descontando.

O Grêmio volta na tarde desta sexta-feira a Porto Alegre e, no domingo, enfrenta o Santos pelo Brasileirão.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa do Brasil, Grêmio, Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

24 respostas para Copa do Brasil: Grêmio vence, sem sustos, e está na semifinal

  1. FabioTriTricolor disse:

    Vamos TRICOLOR!

    • Gaudêncio disse:

      Ontem o Bresan se superou:
      – falhou no 1º gol do Atlético-PR;
      – deu o passe sem querer para o gol do Éverton
      – fez a falta, desnecessária, que redundou no peru do 2º gol do time paranista.
      É realmente um baita de um jogador este Bresan…

  2. O Bressan e o Marcelo oliveira deveriam ser doados ao Ypiranga de Erechim.

    • Gaudêncio disse:

      O melhor momento do jogo de ontem foi o da lesão do Marcelo Oliveira.
      Que momento de alegria, de satisfação e consagração.
      Naquele momento tive certeza de que nada – nem mesmo o Bresan, conseguiria tirar a nossa vaga.

    • Roberto disse:

      Ambos seriam titularíssimos no clube aquele que usa documentos falsos.

      • Gaudêncio disse:

        Não tenho visto jogos do Ypiranga de Erechim.
        Mas será que os caras que estão lá são tão ruins assim?

  3. Diego disse:

    Rumo a Tríplice Coroa!!! Copa Grêmio, Libertadores e Mundial

  4. Diego disse:

    Rumo a Tríplice Coroa!!! Copa Grêmio, Libertadores e Mundial

    • Guasca disse:

      Está claro, o palhaço não tem opinião, é um analfabeto funcional desmascarado e esculachado vergonhosamente. Vá buscar amiguinhos virtuais com outros zeros. Você é o estereótipo perfeito do mundo das redes sociais virtuais, de você não sai nenhuma opinião própria, porque na sua vagabundagem tudo que abre para ler é o smartphone e só seria capaz de replicar ideias surgidas de nem sabe onde.

      [risadinha de fresco]

  5. andreas boos disse:

    Esse time do gremio ta quase me convencendo a ver “os melhores momentos” de um jogo deles. So nao vi ainda prq de quem deveria ganhar nao ganhou (corinthians)
    Espero que chegue no final do ano ao menos com um caneco.

  6. Favero disse:

    Bressan consegue ficar no mano a mano com o atacante e como não sabe se posicionar deixa o cara fazer o gol. Incrível! Marcelo Oliveira dispensa comentários, em campo é uma avenida. E Eduardo? Só entregou bola este lateral direito. Será q não há outro zagueiro no elenco q possa substituir o Bressan? Agora vai ferver pq o Mano já tá atiçando os jogadores do cruzeiro para uma revanche. Acho q passamos.

    • Gaudêncio disse:

      Eu “vejo” hoje quatro nulidades dentro deste grupo que “sempre entra” ou já é titular:
      – Marcelo Grohe, que não transmite confiança e segue sendo uma incógnita. Me parece ser uma questão de inadequação de treinamentos.
      – Bresan, que é um caso patológico e uma vinculação sentimental do Renato. Nada mais justifica a insistência do gestor em manter Bresan no elenco. O que dizer então de tê-lo no time.
      – Marcelo Oliveira, é o bruxismo do Renato que tem medo da liderança do Avenida. Não marca, não ataca, não tem percepção de cobertura e é o queridinho de alguns da mídia.
      – Maicon, o chinelinho.
      Basta observar que o melhor momento do Grêmio foi sem o Marcelo Oliveira, sem o Maicon e sem o Douglas (preparem-se, a toupeira pifadora está prestes a voltar).

  7. Gaudêncio disse:

    E o Mano, pelo jeito, está procurando sarna para se coçar.
    Anda falando um monte de besteira sobre o time do Grêmio.
    Diz que desta vez o Grêmio não passa e que o Grêmio não é tudo isso que andam falando.
    Vamos ver se ele mantém a verborragia depois da semi-final…

  8. Ricardo - DF disse:

    Putz, tenho que engolir as críticas ao Rocha. O que esse guri tá jogando… Tá com uma confiança absurda, e agora está acertando as finalizações, tomando decisões corretas.

    Bressan e Oliveira… Oliveira foi ultrapassado como uma cortina no primeiro gol, com Bressan dormindo e deixando o atleticano livre. No segundo gol, já vi as repetições, não vi bola desviar na barreira coisa nenhuma. Foi pamonhice do Grogue mesmo, se atirou para um lado sem esperar a bola sair. Barbaridade…

    E o David Coimbra hein ? Será que quer se candidatar a sucessor do Santana na RBS ?

  9. Mateu disse:

    Acho o Maicon um bom reserva pra volância, não jogou mal as últimas partidas, mas de fato não precisa ser sempre 1a opção. Bressan e Marcelo O. têm que ser dispensados/emprestados/sumidos. O Grohe é foda, já foi muito melhor, era pra tá com a confiança lá em cima nesse time, mas faz cada cagada fenomenal que merece um banco.

  10. Mateu disse:

    Bressan o contrato acaba no final desse ano, creioemdeuspai que a zaga titular vai seguir firme e bem fisicamente até o final da temporada. Já o Oliveira parece que o contrato é vitalício!
    Não tem ninguém da base pra lateral esquerda?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s