Grêmio vence o Flamengo e recupera o segundo lugar

Mais uma vez, o Grêmio mostrou força como visitante. Diante de 18.204 torcedores – recorde do Estádio Ninho do Urubu – e de um Flamengo invicto diante de sua torcida, venceu por 1 a 0 na noite desta quinta-feira, resistiu à pressão do adversário em boa parte do jogo e recuperou o segundo lugar no Brasileirão.

A diferença para outros jogos é que, ao contrário de alguns jogos anteriores, o Grêmio recuou para resistir à pressão do Flamengo e, em boa parte da partida, procurou aproveitar os contra-ataques. Perdeu as poucas chances de ampliar, mas ao manter a bola sob controle, especialmente na parte final do segundo tempo, conseguiu reduzir a pressão e garantir o resultado.

Além de boa marcação, o Grêmio teve um destaque especial, o jovem goleiro Leo, reserva de Marcelo Grohe e agora ameaçado de perder o posto com a chegada de Paulo Victor. Ele fez pelo menos seis defesas importantes, a mais importante delas aos 14 minutos da fase final, quando Rafael Vaz cabeceou, a bola tocou no chão e entraria no ângulo, se Leo não desviasse a escanteio.

Teve uma falha, é verdade, quando se atrapalhou e chutou contra Damião e por pouco a bola não chegou á rede, mas no mais mostrou segurança.

O Flamengo procurou fazer, desde o início, aquilo que normalmente faz quando joga no seu estádio. Liderado por Diego e Éverton Ribeiro, o time tentou pressionar, mas aos poucos passou a esbarrar na boa defesa do Grêmio.

Aos 25, a torcida calou-se: Luan avançou pela meia, evitou o combate de dois zagueiros, tocou, a bola bateu no lateral, voltou e ele bateu rápido, com o lado de fora do pé direito, acertando o canto esquerdo. Um a zero.

Depois disso, o Flamengo pressionou. Éverton Ribeiro tentou aos 30 (Leo defendeu), Cuellar forçou Leo a outra grande defesa aos 43 e Éverton, aos 44, chutou em curva e acertou o travessão. Foi o melhor momento do time carioca no primeiro tempo.

Na volta para o segundo, o Flamengo seguiu ocupando o campo do Grêmio. Logo a dois minutos, Diego recebeu grande passe de Damião, ficou livre, mas chutou fraco. Leo defendeu no canto. Aos sete, Damião chutou para fora, aos 14, Rafael Vaz cabeceou e Leo desviou a escanteio e, aos 16, o Grêmio aproveitou falha de Diego, atacou, Luan ficou livre, mas se atrapalhou e perdeu uma das raras chances de gol do time na fase final.

Aos 17 e 18, com Geuvânio e Éverton Ribeiro, o Flamengo fez novas tentativas, aos 34, Leo falhou e quase permitiu o gol de Damião.

Neste momento, apesar de todas as trocas, o time carioca sentiu o desgaste, reduziu o ritmo e o Grêmio pode assegurar os três pontos.

A vitória deixa o Grêmio em segundo lugar, mas ainda a dez pontos do líder Corinthians.

No fim de semana, o time gaúcho volta à Arena para enfrentar a Ponte Preta.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para Grêmio vence o Flamengo e recupera o segundo lugar

  1. 66 disse:

    Destrambelhados saindo da toca e empolgados com o time em 3…2..1..

    • Marciano disse:

      Licença que aqui é série A. Vc comenta terças e sextas.
      Hihihihihihihihi

    • Rubens disse:

      Golfinhos emergindo: 1…,2…,3……….

      • Gaudêncio disse:

        Com este frio de renguear cusco, só doido pra sair debaixo das cobertas, encarar o frio da rua e ficar aqui numa lan house gelada…
        O Grêmio só fez duas partidas sofríveis neste Brasileirão: Sport e Palmeiras.
        Nas derrotas para o Corinthians e para o Avaí, competência de dois goleiros adversários. Um formado no Grêmio e outro que esteve no Grêmio…

  2. Ricardo - DF disse:

    Interessante o que o Renato comentou numa entrevista. Isso que o acontece com o Curinga não é normal. Uma hora esse time tem que voltar a terra. Esse nível de intensidade física deles é absurdo. Vai chegar a hora que esse time vai ter que voltar ao normal, e aí as coisas podem mudar.

    O Grêmio não tinha jogado mal contra Curinga e Avaí. Na base da retranca e contra-ataque eles ganharam.

    Repórter entrevistando o Douglas, goleiro milagroso do Avaí, agora depois de levar 4×1 do Curitiba. Fez a partida da vida dele contra o Grêmio e tomou um balaio de gols hoje do Coxa. Vai entender, justo contra o Grêmio essas amebas se superaram.

    Hoje foi a vez do Grêmio se fechar e explorar o contra-ataque. Fez um gol esquisito, com Luan tabelando com o Trauco e chutando mascado, e a bola entrou. Depois Luan recebe na cara do goleiro e domina mal, perdendo a chance. O mengo não teve praticamente nenhuma chance clara, fora a cabeçada do zagueiro que o Leo defendeu. De resto, chute de fora da área.

    Enfim, o Grêmio continua consistente. Resta ver quanto tempo vai durar essa fase sobrenatural dos gambás. Uma hora tem que acabar, ou então o pai de santo deles é muito forte…

    • Gaudêncio disse:

      Eu tava tomando uma sopa de mocotó com tutano quando o Léo espanou aquela bola no segundo tempo e o Damião quase fez de bunda… mas, chê, levei um cagaço tão grande que soltei o prato e tudo mais e a sopa me caiu no colo e esquentou até os bagos…

  3. Henrique disse:

    Que surpresa boa! Hahaha quem sabe esse time se empolga de novo?

  4. Guasca disse:

    Que rodada doida. o único time que se deu bem como mandante foi o do Pofexô.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s