O futebol do Inter sumiu. O que Guto terá de fazer agora?

A situação do Inter só não é mais dramática porque os concorrentes da Série B – com a honrosa exceção de Juventude e Guarani – não são nada assustadores. Apesar de ter apenas quatro vitórias e cinco empates, em 11 rodadas, de ter vencido apenas uma partida em cinco no Beira-Rio, o time permanece em quinto lugar, a dois pontos apenas do G-4, sabendo que basta um pequeno esforço para voltar a ficar entre os primeiros.

Problema mesmo é o próprio Inter.

Mais uma vez, estranhamente, a equipe foi tomada de uma apatia espantosa, mesmo estando diante de 25 mil torcedores. Não teve forças, não conseguiu pressionar o fraco Boa Esporte e não teve uma única chance de gol em toda a partida. Repetiu o que aconteceu contra Santa Cruz e Paraná, quando foi incapaz de chutar a gol.

Não é só. De um jogo a outro, a instabilidade do time se manifesta gravemente. O time de excelentes atuações contra Palmeiras e Corinthians sumiu nas primeiras rodadas da Série B. Aquela formação capaz de pressionar o Brasil, no Bento Freitas, durante todo o jogo foi incompetente para fazer o mesmo diante do Boa Esporte.

Guto Ferreira e os jogadores, especialmente Danilo Fernandes, garantem que nos treinos o desempenho foi superior, com jogadas e estratégia executadas rigorosamente.

Em campo, tudo sumiu – o que mostra que a situação é um desafio e tanto para o técnico. Será preciso um esforço concentrado como nunca para corrigir os defeitos e, acima de tudo, achar um jeito de acabar com a instabilidade emocional da equipe.

Guto terá mais uma semana de treinos, desta vez no Parque Gigante ou no próprio Beira-Rio, quase sempre com atividades fechadas. No sábado, o Inter enfrenta o Criciúma, um time que vem evoluindo desde que passou a ser treinado por Luís Carlos Winck. São seis rodadas sem perder e um salto na tabela.

Ou seja: dos quatro jogos em que o Inter apostava para reagir, é o que parece mais difícil. E isso diante de uma torcida que, frustrada e revoltada, perdeu definitivamente a paciência, como mostraram as vaias no jogo do último sábado.

 

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter, Série B e marcado , , , . Guardar link permanente.

56 respostas para O futebol do Inter sumiu. O que Guto terá de fazer agora?

  1. 66 disse:

    Bater no cinto??

  2. Diego disse:

    Boa Segunda….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Fifaldino disse:

    O futebol do Inter sumiu. O que Guto terá de fazer agora?

    Resposta: Pode fazer tudo o que quiser. Só não pode fazer RODÍZIO porque tem uma turma de “sábios” que não gosta.

    Basta lembrar que, depois que o treinador adepto do rodízio foi mandado embora, o time passou a viver este momento maravilhoso em que se encontra.

    • Andreas Boos disse:

      O problema eh que o inter esperava um time que nao atacasse… e o que o BOA fez? atacou… ai acabou o planejamento de praticamente 2 semanas do trabalho do gordiola. Ficaram igual as formigas dakele desenho (formigaZ) que quando caiu uma folha na frente deles nao sabiam o que fazer… com o inter… veio o time que atacou e eles ficaram perdidos kkkk
      Estamos ferrados… Espero que voltando os salarios top 10 a coisa ande pra frente de novo.

  4. 66 disse:

    Falando sério…às vezes o treinador tem que fazer uma maluquice pra fugir do lugar comum.
    Está na cara que o time não está dando a resposta esperada e alguma coisa precisa mudar. A direção tinha obrigação de ajudar contratando dois meias pra dar mais criatividade e inspiração ao time. O meio-campo do Inter não existe em matéria de criatividade.
    O desespero é encontrar um time que vença pelo menos duas partidas seguidas e adquira confiança.
    Tirar o Sasha também é uma baita força.

    • Fifaldino disse:

      Essa do Sasha AINDA ESTAR NO INTER é mesmo de lascar.

    • Rafael disse:

      O meio-campo é completamente estéril, e não creio que a simples inclusão de mais um armador resolva a questão. O perfil dos jogadores é incompatível. Dourado, por exemplo, não tem condições de jogar como volante do Inter. Trata-se de uma posição chave, de onde quase todas as jogadas se originam. Ora, se esse jogador não consegue progredir em direção à área do adversário se somando aos armadores, não consegue dar passes de média e longa distância e os poucos passes que acerta são para o lado ou para trás, e sua atuação se limita a marcar com certa eficiência, torna-se claro que esse jogador não serve para a posição de volante. Insisto que ele tem índole de zagueiro, pelas virtudes e deficiências.
      Os adversários já perceberam essa situação e estão marcando o jogador, o que, somada à insuficiência nas laterais e à falta de armação no meio, faz com que todo o time do Inter se desconjunte.

      • Fifaldino disse:

        Concordo plenamente. Dourado é todo atrapalhado. Só joga bem quando “o resto” vai bem….

      • CAMPEÃO DE TUDO disse:

        Ainda que eu concorde que o Sasha não deveria figurar no elenco é importante levar em conta que ele está cumprindo a tarefa de marcação no esquema do Guto, como foi dito publicamente depois do jogo contra o Brasil, e não de atacante propriamente dito. Além do meio de campo esse tipo de mentalidade do “treinador” ajuda a entender porque o time não chuta no gol adversário, já que com a mesma formação do meio de campo o time do Zago chutava mais! Com essa mentalidade ele pode até tirar o Sasha mas vai queimar outro colocando para fazer a mesma coisa, além de prejudicar o time.

  5. Guasca disse:

    Não deixo de fazer nada para assistir essas peladas.
    Sábado, só vim mais cedo Ra roça pq a esposa tinha hora no salão. Assisti os últimos 25 minutos do primeiro tempo e abdiquei do segundo para ir ao super.

  6. Marcião disse:

    Cara, na verdade o Inter precisa é de jogadores que queiram jogar futebol.
    Pra vencer o Boa Esporte (time com nome de loja de artigos esportivos), não precisa tanta coisa, apenas VONTADE.
    Creio que até o time sub 17 venceria esse jogo com os pés nas costas.

    Bah, um time com história que foi campeão invicto na série A vivendo um caos pra se livras da serie B.
    Ta loco.

  7. FabioTriTricolor disse:

    BOA segunda pessoal!

  8. analista disse:

    PEDIR DEMISSÃO!

  9. Maurício disse:

    Ora, encontrar.

  10. Arthur Vanderlei disse:

    Que tal convencer, seja lá de que forma, os adversários a pouparem jogadores?

    • Roberto disse:

      O inter tá quebrado. Tá vendendo o almoço pra comprar a janta. E mesmo que oferecesse dinheiro, o pessoal já está vacinado, sabe que o colorado não paga ninguém. Só resta então oferecer jogadores. Aí vem outro problema: só tem perna de pau que ninguém quer, qué qué qué

    • Rodrigo R. disse:

      Na Primeira Liga pode enfrentar o Grêmio, que adora poupar o time e suas bonecas de cristal, e isso misturado com um treineiro que sempre se caga em grenal pode acabar num supremo fiasco de ser eliminado por esse time colorado varzeano. O Grêmio ainda vai valorizar o Brasileirão pontos corridos quando este se transformar, pelo fracasso em outras competições, em “Copa da Vaga”!

      • Andreas Boos disse:

        Ta ai um gremista entendido do assunto… Da-lhe trofeu vaga…

      • CAMPEÃO DE TUDO disse:

        O cara consegue ser amargo até no bom momento do time dele e no pior do rival!

      • Diego disse:

        Esse aí o próprio organismo produz Amargol…

      • Rodrigo R. disse:

        Ruralito: “eles” foram menos fiasquentos.
        Primeira Liga: “eles” lideraram seu grupo, o Grêmio não.
        Grenal: empate na Arena.
        Placar de títulos: 0x0
        Me mostrem o que tenho para comemorar este ano?
        “Eles” estarem na segundona? Ah! Não torrem o meu saco, não sacaram que o Grêmio tem time para a torcida querer mais que a mera vantagem na gangorra? Sinto fedor de acomodação na torcida que eu não sentia em épocas vencedoras.

    • Gaudêncio disse:

      O Brasil de Pelotas fez isto.
      Poupou 7 e o coirmão ganhou…
      O negócio é pagar outros times para fazerem o mesmo…

  11. Marcião disse:

    E os reforços cade?
    Será que a diretoria ainda não viu que precisa de pelo menos um meia?
    E o Moledo não ia vir?
    E o Nilmar?
    O Inter contratou “trocentos” atacantes que todos juntos não valem por um.
    Te mexe diretoria.

    • Fifaldino disse:

      Reforçar o time com Moledo e Nilmar (na sua atual condição)? Melhor deixar como está…

      • Andreas Boos disse:

        Sei nao hein… pra largar parado la na frente o Nilmar ta melhor que o brenner… Que o Nantes leve ele e tragam o nilmar… to apelando enquanto eh tempo.

    • Rafael disse:

      O mesmo vale para os treinadores. Não adianta trocar treinador iniciante por outro iniciante. Nenhum deles tem experiência da pressão de treinar clubes grandes e cujos times precisam propor jogo, ter a iniciativa. O pior é que nossa mídia publica que trocar treinador não resolve porque já trocaram vários no Inter, sem resultado. Não analisam o perfil dos profissionais, se eles realmente poderiam agregar algo. É a simples análise sobre o ato de demitir um técnico e contratar outro, sem perceber que isso em si é um ato de resultado nulo.

      • Fifaldino disse:

        Exatamente. O padrão de demissões/contratações de treinadores do Inter tem sido tipo “cachorro correndo atrás do rabo”. Não darão certo nunca…

      • CAMPEÃO DE TUDO disse:

        “O pior é que nossa mídia publica que trocar treinador não resolve porque já trocaram vários no Inter, sem resultado.”

        Fucks, Falcão, Roth, Lisca, Zago, Guto Ferreira! Não vi nenhum treinador aí! O Inter não pode trocar o que não possui. Tem é que contratar um!

      • Rafael disse:

        Aí está o problema: analisam o ato da troca sem considerar a (baixa) qualidade dos profissionais envolvidos.

  12. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    “O futebol do Inter sumiu. O que Guto terá de fazer agora?”

    R: Pedir demissão!

    • Andreas Boos disse:

      Fico me perguntando, como estaria o inter se o zago nao tivesse saido? Acho que a teoria do tiririca (pior do que ta nao fica) se aplicaria. No minimo em casa a gente teria ganhado umas 2… Tanto que ganhamos ate “dos parmera”.
      Massss…. fazer o que ne?

  13. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    O jogo do Inter contra o Palmeiras no Beira-Rio, com a casamata oficialmente vazia, foi o melhor na temporada. Fica claro que é melhor a casamata vazia do que mal ocupada! Guto está conseguindo ser pior do que o Zago, que já era terrível. Pede pra sair!

  14. INTERminável COLORADO disse:

    Mexeu tanto no time, seja por lesão, suspensão ou convicção, que o futebol, que já era pífio, se tornou inexistente…Agora é rezar para todos os deuses e aguardar…

  15. Marcião disse:

    E a zona de conforto que o Fernandão falou la em 2012 persiste até hoje. O próprio Fernandao ressaltou que sairia, chegaria outro treinador e nada mudaria.
    E de la pra cá as coisas só pioraram.
    Tanto os “estrelões” que jogavam com a camisa colorada quanto essas nabas que estão hoje no clube, não mostraram até hoje porque vieram.
    Foram 10 treinadores de 2012 até agora, e NENHUM conseguiu motivar o grupo de lá pra cá.
    Este Inter de agora chega ser pior que o dos anos 90.
    Se passaram 3 gestões, e os problemas persistem.
    Só gostaria de saber até quando vai isso.

    • Fifaldino disse:

      Bah!!!! A turma do “FORA AGUIRRE” tentando se justificar. Usam até o nome do Fernandão. Tá loco!!!!

    • Rafael disse:

      Quem cria zona de conforto é a direção do clube. O Beira-Rio há muito tempo deixou de ser um ambiente competitivo e quem chega logo é absorvido por essa leniência reinante.

      • Rodrigo R. disse:

        Às vezes a própria torcida ajuda. Colorados adoravam as piadas do Piffero contra o Grêmio: “não é nossa referência, só o São Paulo é”, a retirada da poltrona 36 no ônibus colorado dando destaque para isso (e o Grêmio estava tão fragilizado que não respondeu a bola quicando que Píffero deixou, de que talvez estivesse fazendo algo como tirar o sofá da sala, inseguro de algo para tomar tal decisão…). No fundo o foco era exclusivo no Grêmio, e as vitórias de 1×0 (ruralito) sustentaram um oba-oba colorado durante essa década perdedora e perdulária, e eu já colocava aqui, de diferentes formas: “enquanto isso não ganham nada também há quase meia/há meia/há mais de década”, “e olhe os empréstimos bancários milionários começando”, etc.

        No Grêmio a tietagem-evangélica-renatista patrulha e “protege” o oba-oba de todas as formas e aponta o dedo gritando “inimigo! fogueira nele!” quando algum gremista ousa dizer que não está tudo bem ainda. Berram “que os colorados estão na segundona, como não está tudo bem herege?” Não tenho dúvidas que renato se sente à vontade para perder, crê que a culpa nunca cairá sobre ele, já fracassou e foi poupado em 2011, na última taça do Olimpico perdida para o Garnizé e o Bozo e no fracasso tomando totó do Universidad Católica na LA! Há um mundo de trouxas que até pensam que ele seja gremista! (É tão gremista quanto Guerrero é corintiano e Gabiru é colorado, nem se criou na base) e lhes serão mais fiéis que cães na “hora ruim” – ruim para a torcida, porque ele se mandará para o Rio para tomar “chopp” e vadiar na praia a pensar em tudo de útil e inútil, menos no Grêmio.

        Zonas de conforto se sustentam na ausência de pressão externa, inclusive.

      • Rafael disse:

        A atitude de Píffero em relação às poltronas do ônibus do Inter considero muito mais vergonhosa do que o fato ocorrido no ônibus do Grêmio, cuja responsabilidade é única e exclusivamente dos jogadores envolvidos.
        Mesmo que de forma jocosa, Píffero trouxe para o seu clube a vinculação do comportamento dos jogadores, um absurdo, pois é algo absolutamente pessoal. Mandando tirar a referida poltrona demonstrou que teme alguma coisa e aquilo seria uma prevenção para não correr riscos. Simplesmente patético. Mas, sem dúvida, totalmente alinhado ao intelecto e comportamento dessa figura que se tornou tão nefasta ao clube.

  16. INTERminável COLORADO disse:

    Os erros começaram em 2015, na gestão incompetente e execrável de Píffero (que os deuses e os demônios não permitam que esse cidadão seja alguma coisa mais no clube). Foi quando demitiu AGUIRRE, que levou o time, bem ou mal, a semi da LA. Perdeu para o Tigres, um bom time diga-se de passagem, após UMA PARADA DE 45 dias. Fossem os jogos na semana seguinte em que o Inter eliminou o Independiente de Santa Fé, e o Inter teria passado pelo Tigres, pois estava encaixado. AGUIRRE foi substituido por ARGEL, que fez um trabalho razoável. Aí veio 2016 e a direção, se achando a rainha da cocada branca, resolveu decretar que a GURIZADA resolveria todos os problemas do time. Ledo engano! O time começou a afundar e a gurizada ficou toda cagada e com diarreia emocional. Demitiram ARGEL e a partir daí todos sabemos o que aconteceu. Veio 2017 e a direção contratou ZAGO, que havia feito um trabalho bom no Juventude. Mas é o Juventude, né pessoal!? Buenas, ZAGO iniciou seu trabalho juntamente com uma RENOVAÇÃO de elenco ao extremo, salvo uns 3 ou 4 jogadores que permaneceram. A fotografia foi mudada mas o futebol continuou o mesmo. Aí, por pressão da torcida, imprensa, conselheiros de plantão (URUBUS), a direção resolveu decretar o fim de ZAGO e contratou GUTO. Perderam a oportunidade de trazer LEVIR CULPI ou MARCELO OLIVEIRA (embora eu ache que este último não tem o perfil para o Inter, mas que viesse), ambos experientes, técnicos que passaram por grandes clubes e fizeram bons trabalhos recentemente. E o que estamos vendo hoje? Um time completamente desorganizado, sem culhões, mais perdido que cusco em procissão. O time de GUTO consegue ser PIOR do que o time de ZAGO, que bem ou mal, era mais organizado, chutava a gol, blá blá blá…Mas isso pode se reverte? Pode, mas do jeito que está indo o andar da vaca, ela acabará no brejo mesmo. Não demora e a direção demite GUTO e contrata um CRJ da vida. E assim terminará o ano. Ah, a mesma direção que NÃO SE MEXE COM A MÁXIMA URGÊNCIA para contratar jogadores capazes de fazer o time jogar. É isso!

    • Rafael disse:

      Levir Culpi era o nome ideal para aquele momento. Técnico afirmado, vencedor em vários clubes e acostumado a pressões. Teria mais a ensinar do que aprender, diferentemente dos últimos frequentadores da beira do gramado do BR, que ainda têm que se provar como técnicos. É claro que não haveria certeza de sucesso (nunca há), mas os riscos seriam diminuídos.

  17. Roberto disse:

    Falta camisa ao inter…

  18. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    As piadas prontas na imprensa:

    “Inter identifica “ambiente pesado” e busca coach e psicóloga para trabalhar o emocional dos atletas”

    “Xamãs colombianos, zica colorada e o Mago que promete salvar o Inter”

    Só faltou a história do Pai de Santo e do sapo enterrado! Que momento!

  19. Maurício disse:

    Vendo aquela bizarra colcha de retalhos que é a Chape indo pra cima do Flu no Rio com um a menos, e até conseguindo voltar à frente no placar pra só ceder o empate nos acréscimos, isso depois de tudo que passou e vem passando desde 2016, fico ainda mais encafifado com essa zica que tomou praticamente todas as instâncias no Beira-Rio. O que diabos faz o time colorado ainda se apequenar tanto em campo, mesmo já tendo passado pelo que passou, mesmo tendo tudo a seu favor, principalmente o que poucos clubes têm, como uma estrutura invejável e uma imensurável torcida apaixonada?

    Aliás, vendo esse jogo tive também um péssimo pressentimento pra uma eventual sucessão no comando do time colorado. Melhor deixar quieto.

    • INTERminável COLORADO disse:

      Eu pensei a mesma coisa sobre uma eventual sucessão. Seria a cereja do bolo.

    • Marcão disse:

      Acho que é disso que estamos precisando mesmo: um desastre aéreo, com direito a elenco, comissão técnica, departamento de futebol e diretoria completa no vôo. Só assim pra nos livrarmos de certos encostos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s