Inter: péssimo futebol, derrota em casa e revolta da torcida

Depois de 11 rodadas, a campanha do Inter na Série B já assume ares de drama.

Mesmo com uma semana de treinos, como o técnico Guto Ferreira queria, o time nada mostrou diante do Boa Esporte, na tarde deste sábado, voltou a mostrar um péssimo futebol e perdeu por 1 a 0, deixando escapar a chance de se consolidar como um dos líderes da tabela. Segue na parte de cima, até porque os adversários marcam passo, mas deixa a torcida cada vez mais desesperada.

A consequência foi a decepção no fim, que se transformou em vaias e ofensas e virou revolta, com protestos, ameaças, pedradas e, em resposta, bombas de efeito moral jogadas pelos brigadianos.

O pior para os torcedores é ver o que acontece em campo.

O time voltou a se mostrar incapaz de pressionar, sem jogadas, vulnerável na defesa, vazio de criatividade no meio, inofensivo no ataque. Durante todo o jogo, mesmo diante de um adversário que tinha pontuação de zona do rebaixamento, o Inter não concluiu com perigo uma única vez. O goleiro do Boa Esporte apenas assistiu à partida – não fez uma única defesa complicada.

O Inter foi incapaz de pressionar mesmo sofrendo o gol aos seis minutos do segundo tempo. Ou seja: tinha todo o período para reagir, pressionar e buscar a virada, mas foi impotente. Desabou diante de suas deficiências e da instabilidade emocional. Os passes saíram sempre para o lado.

Em cinco jogos no Beira-Rio, o Inter venceu apenas um (o lanterna Náutico). Mais complicado: depois do jogo com o Santa Cruz, o Inter encarava as quatro rodadas seguintes como a chance de subir na tabela e resolver suas dificuldades. Teria quatro partidas no Estado (três em Porto Alegre, uma em Pelotas) e espaço para treinos.

Pois bem, empatou a primeira com o Paraná, ganhou a segunda contra um Brasil sem sete titulares, perdeu para o Boa Esporte neste sábado e agora terá o Criciúma fara fechar este ciclo de rodadas. Depois, vai sair para dois jogos fora.

Terá de mudar muito para dar ao torcedor a segurança de que a campanha na Série B vai resultar em volta para a primeira divisão. Em três das últimas quatro partidas, o Inter não conseguiu concluir apenas uma vez com perigo ao gol adversário.

Em campo, apesar da semana de treinos, o torcedor viu o Inter repetir seus velhos defeitos. Ao contrário do que se viu em Pelotas, o meio-campo nada fez, os laterais Fabinho e Carlinhos foram nulos, Brenner não conseguiu fugir da marcação.

Quando o primeiro tempo terminou, o torcedor já percebia que o sábado seria complicado. As duas únicas chances de gol foram do Boa Esporte, uma aos 26 minutos (o lateral Juan ficou livre diante de Danilo, mas chutou desviado ao tentar colocar no canto) e outra aos 44, quando Felipe Mateus bateu falta no ângulo (Danilo fez grande defesa).

Na volta para o segundo tempo, com Juan no lugar do jovem Mossoró (que nada fez), o torcedor esperava ver um futebol melhor. Não foi o que aconteceu – e levou um choque logo aos seis minutos, quando Diones, em contra-ataque, na faixa central da defesa, apenas colocou no canto esquerdo. Um a zero.

A partir daí, virou um drama.

O torcedor viu em campo um time incapaz de reagir, fragilizado, precipitado, errando quase tudo o que tentava fazer. Foi assim até o fim, quando o futebol em campo foi substituído por vaias, protestos, confusões e ameaças dos torcedores.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter, Série B e marcado , , , , . Guardar link permanente.

62 respostas para Inter: péssimo futebol, derrota em casa e revolta da torcida

  1. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Já tinha gente achando que o Guto Ferreira era treinador! Eu avisei!

    Cadê os corneteiros do Cornetão?

    • Fifaldino disse:

      Bah!! Final de semana ruim para a dupla!!! Ehehe….

      • Gaudêncio disse:

        Qual dupla?
        Inter e Brasil de Pelotas?

      • Fifaldino disse:

        Batman e Robin.

      • Gaudêncio disse:

        Caso a menção ou uso do termo dupla tenha relação com o Grêmio, é importante enfatizar que o jogo no Pacaembu foi muito útil por suas realidades que ele serviu para reiterar:
        – Bresan é uma lástima
        – Marcelo Oliveira voltou pior do que já era

    • 66 disse:

      CT, com todo o respeito…tu acha realmente que pra ganhar do Boa Esporte, dentro do Beira-Rio, era necessário um treinador??

    • ANDREAS BOOS disse:

      caiu o mito que no BR os adversarios so jogavam retrancados. o Boa jogou num 4-3-3 sem medo nenhum… me uno ao cornetao e defendo a contratação urgente de um tecnico.

  2. INTERminável COLORADO disse:

    O futebol do Inter é uma bomba de efeito (i)moral…

  3. INTERminável COLORADO disse:

    Esta Direção está cometendo o mesmo erro que a anterior. Ela crê que a GURIZADA (Hoje, no elenco do Inter, 15 jogadores são da base) resolverá os problemas do time, e não se mexe para contratar jogadores rodados, cascudos, competitivos, ou seja lá o nome que se dê. Ledo engano! Nesse ritmo, com essa bolinha furada, com técnicos que não enxergam além de seus narizes, afundaremos como em 2016. Larguei a peteca!

    • Gaudêncio disse:

      Hoje, no elenco do Grêmio, quantos são da base?
      Do time titular:
      Grohe – Arthur – Luan – Everton – Pedro Rocha (isso se não formos considerar o Ramiro)
      Dos reservas que entraram em campo hoje: Léo, Thyere, Machado, Lincoln, Nicolas, Machado…
      Ou a questão é a qualidade dos “pratas”?

  4. INTERminável COLORADO disse:

    E o Inter não vencerá o Criciúma, que não perde a 6 jogos…

  5. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Guto Ferreira é o Celso Roth do Marcelo Medeiros?

    • Rafael disse:

      De certa forma, sim, pois foi contratado em função da amizade. Total falta de profissionalismo da direção, e numa hora dramática, o que agrava o erro.

  6. Rafael disse:

    A direção tem que assumir o erro e demitir o técnico. O time não apresentou nenhuma evolução, por menor que fosse. Quando nenhum jogador sobe de produção, o trabalho do técnico é insuficiente. A hora é agora! Mas tem que trazer um técnico afirmado e acostumado a trabalhador em grandes clubes. Técnicos acostumados a clubes pequenos não vivenciam pressão e armam times defensivamente. Não é isso o que Inter precisa.

  7. Roberto disse:

    Qué qué qué

  8. Maurício disse:

    Confirmando o retrospecto recente, a semana livre pra treinamento acabou não sendo uma boa [kkkkkkkkk] pro time, que liquidou hoje o único aspecto positivo que conquistara nas últimas rodadas.
    O Guto escolheu mal, mexeu mal e será cobrado por isso. Não engrenou.

  9. FabioTriTricolor disse:

    Calma Gordiola tem mais uma semana de treinamentos ehehe

  10. Arthur Vanderlei disse:

    Alguém sabe explicar por que o Boa Esporte (HAHAHAAHA… esse nome…) não poupou jogadores? Aí é demais, ter que enfrentar times maiores e ainda completos..

  11. Fifaldino disse:

    Atenção gurizada!! Se beber, não poste.

    P.S.
    E nem fique de bate-papo com seu próprio fake. Ehehe…

  12. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Se em um mês o Guto Ferreira conseguiu deixar muitos colorados com saudade do Zago com dois meses vai conseguir tornar saudoso o Celso Roth!

    • Fifaldino disse:

      Em compensação…. o pessoal “entendedor de futebol” que não gostava do Aguirre deve tá gostando. Ou não….. ehehe.

      • Gaudêncio disse:

        Como eu nãos ei quem é fake de quem por aqui, fica uma pergunta:
        – A presença de D’Alessandro NO GRUPO não acaba sendo prejudicial ao time, na medida em que se depositam todas as esperanças nele e ele não dá retorno?

      • Fifaldino disse:

        Hã???

      • Gaudêncio disse:

        Ficou complicado entender?
        Vou ser mais claro: o fato de D’Alessandro ser intocável e estar jogando um futebol deplorável, a presença dele não acaba sendo um peso para os demais jogadores?

      • Fifaldino disse:

        Olha aí, gurizada!!! Agora vocês entendem porque eu recomendo “Se beber, não poste.” Ehehe…

      • Rafael disse:

        O D’Alessandro ficou o ano passado inteiro fora. Certas teses não fazem mais sentido.

  13. Gaudêncio disse:

    Como só tenho tempo e trocados para alguns minutos aqui na lan house, vou externar o que me parece ser um prenúncio de algo muito, mas muito sério.
    Claro que pensei em olhar o jogo do Inter para secar, mas descrente de qualquer êxito.
    Mas lá pelos 20 do 1º tempo, em lugar de secar, comecei a me dar conta de que estava com pena do time do Inter.
    Não, não é flauta.
    Raios… o que os dirigentes conseguiram fazer com o Inter?
    Onde está o time que eu aprendi a odiar porque não adiantava secar?
    Onde está o time que com sua performance nos anos 70 fez com que o Grêmio saísse de sua letargia provinciana e de time de algumas famílias para ser o maior do Sul?
    O Inter que eu vi, pela TV aqui na bodega perto de casa, porque em casa não deixo entrar nada vermeio, é algo de dar pena – e ter pena é, na minha opinião, o sentimento que você nutre pelos inválidos, pelos impotentes diante de uma tragédia, diante do caos, diante da debacle.
    O Inter que eu aprendi a odiar, hoje é digno de pena.
    É um amontoado de jogadores medrosos e descompromissados.
    Quão patético é ver o grande D’Alessandro se arrastar entediado como quem carrega um fardo, cumpre o destino do condenado a passos para o cadafalso.
    Sou gremista, mas a biografia do D’Alessandro não merece o réquiem sinistro que ele ajuda a escrever. O grande Mozart compôs o Réquiem em ré menor para que fosse executado em seu próprio enterro – mas o Réquiem de Mozart é uma de suas obras primas, genial em termos de composição, estrutura melódica e densidade quase “operística”.
    O réquiem que o grande D’Alessandro compõe é um exercício lamentável de auto-apiedamento, que mancha uma biografia que foi vitoriosa e hoje é apenas uma vaga lembrança. Em lugar de ser o artífice de uma campanha vitoriosa na volta para a Série A, as atuações dele e de todo o time mostram que o clube flerta de modo leviano com a irresponsabilidade esportiva.
    Quando o Boa fez o gol, pedi para trocar até de cerveja.
    Olhando pela história, os 4 a 0 que levamos no lombo da Anapolina se tornam refresco diante do que estamos assistindo.
    Nem o meu mais insano gremismo consegue ver graça em tanta desgraça.

    • 66 disse:

      Não precisa sentir pena.
      Continua secando ou larga.
      Sai fora!

      • Fifaldino disse:

        O “Aguardêncio” jura que tá sóbrio. Ehehe…

      • Gaudêncio disse:

        66 – falta um 6 para completar tua sina
        Secar uma porquera destas?
        Só para rir…
        Dá pena sim… pena de uns coió de mala iguais a ti que ainda não se deram conta de que não passam de cadáveres adiados a caminho da Série C.

      • Gaudêncio disse:

        Chola Fraldino…
        Chola mais…

      • Gaudêncio disse:

        Lá em riba o Fraldino falou que a dupla foi mal…
        Realmente foi muito ruim o Brasil de Pelotas perder pro América lá em Minas.
        Tirou o Inter do G4…

      • 66 disse:

        Já cansei de secar o Gremio sentindo uma pontinha de pena.
        Não se seca um time apenas com raiva.
        Secar dando risada é bom também.

      • Marcão disse:

        Tá certo ele. Digno de pena esse time de merda mesmo.

    • Arthur Vanderlei disse:

      HAHSHAHAHAHA!!!!
      Vou tentar sentir pena também. Já vi que isso irrita a segundagem.

      • Gaudêncio disse:

        Arthur,
        O mais hilário e ridículo é uns abibolados querendo dizer que a “dupla” foi mal no fim de semana, insinuando o Grêmio na diarreia desportiva deles…
        Vamos ver até quando a CBF vai continuar tolerando o vandalismo colorado.
        É bom o time pagar logo a multa de R$ 800 mil ou pode aparecer uma interdição do Remendão.

    • Roberto disse:

      Pena do Binter??? O Binter que se exploda, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  14. 66 disse:

    A velha semana cheia (inútil ) pra treinar.
    Todo aquele tempo no resort em Viamão para o Guto nos apresentar um tal de Mossoró??
    Tá de brincadeira.
    Bah…dentre as nulidades na tarde de hoje, destaco o Carlinhos, como um grande pereba. Destaco também o Sasha, que não sei porque cargas d’água virou titular do time sem jamais jogar porcaria nenhuma. Mas hoje o Rodrigo Dourado leva o troféu abacaxi. Que partida bisonha. Não acertava nada. Joga sempre sozinho mas é incapaz de fazer uma jogada individual pra abrir espaços na zaga adversária. Lembro bem que teve uma época com o Dourado fora do time, emendamos uma série de vitórias e quando ele retomou a titularidade, afundamos sem parar.
    Dizer o que do RDA? Nada. Apenas que não vi nenhuma referência aqui a mais completa ausência de assistências durante a partida. Como de costume, diga-se de passagem. Não falam nada quando o craque esquece de entrar em campo.
    Mas o Mossoró foi demais. Incrível como não termina o estoque de trapalhadas e burradas com esse time do Inter.
    E assim o Guto dá razão ao CT quando em desvantagem no placar, dentro de casa, ele mexe no ataque, tirando o centroavante ( que não recebeu nenhuma bola pra concluir por obra do time que ele próprio escalou) e mantendo os DOIS insípidos, inodoros e insossos volantes em campo e mantendo o inútil do Sasha no comando do ataque.
    Não aguento mais ouvir ninguém dizer que esses times vem jogar fechados contra o Inter.
    Isso é mais velho do que o Beira-Rio. Todos jogam assim aqui, Falta é time mesmo.
    * Procurar o sapo enterrado é mais que uma necessidade. É uma obrigação.

    • Rafael disse:

      Dourado é uma incógnita. É tão limitado como a maioria dos oriundos das categorias de base, mas no entanto sua titularidade nunca é questionada. Falta muito para ser considerado um volante, hoje é somente um cabeça de área, para jogar numa faixa restrita na frente dos zagueiros. Aliás, seu lugar seria mesmo na zaga. Falta se darem conta disso.

  15. Zeca disse:

    É!!! Hoje à dupla perdeu!!!!!! 1 x 0 para o adversário. O que foi igual: os dois jogaram com o time reserva. Diferenças, o Grêmio jogou com o Palmeiras (atual campeão brasileiro) fora, o Inter jogou com o Boa ;ex-time do goleiro Felipe) em casa. Outra diferença: o Grêmio tem time titular; o Inter não……. não vou nem mencionar as cenas de guerra no Beira Lago, interdição na certa……….

  16. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    A direção garantiu a permanência do Guto Ferreira. Só espero que quando essa panelinha se tornar insuportável ainda haja chances de acesso.

  17. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Podemos até não concordar com a atitude de alguns torcedores ao final da partida mas é fato que o prejuízo causado ao clube pelo buraco no qual essas direções nos enfiaram é muito maior do que qualquer vidraça ou cadeira quebrada!

  18. Analista disse:

    Sem contratar MEiAS de VERDADE, de personalidade, que abram uma defesa a dribles, chutes e velocidade ficará difícil. Volante na lateral será sempre, volante na lateral. Mas aposto que a diretoria, subordinada ao fernando carvalho – suas idéias ibsenianas – achará que faltou mais um volante no meio…. que precisa estancar os gols sofridos… colocar Dois Atacantes NO ATAQUE, contratar uns dois meias de verdade e um lateral deve estar fora de cogitação… e um técnico de verdade, que saiba fazer substituiçoes então… pffff

  19. David disse:

    Vida de time não é fácil

  20. ANDREAS BOOS disse:

    Nos tornamos o motivo de chacota da serie b, ninguem tem medo de jogar no BR. ao contrario o povo vem jogar aqui pra ganhar pois sabe que o inter nao ta com nada.
    Em tempo, eh hora de voltar a largar de mao de assistir jogos do inter e gastar essas 2 preciosas horas com algo que de um pouco mais de alegria. chega de sofrer atoa.

  21. Ricardo - DF disse:

    Caraca, o que está acontecendo com o co-irmão ? A série B era para ser um passeio preparatório para o retorno à série A. Mas o time entrou naquelas espirais negativas onde tudo da errado. O Zago levava muito mais jeito que o Gordiola. O Inter quase venceu o Palmeiras em SP na CB. Depois, tava tocando 2×0 no BRIO, com o esse mesmo time.

    Agora, só sobrou a outra CB (Cérie B hehe), e o time está à deriva, sem rumo e sem comandante.

    O time está em pane coletiva. Se jogasse um terço do que pode sairia dessa tranquilamente. Tá parecendo que deram mais uma vez o calote no Pai de Santo, como em 92. Cuidado….

  22. 66 disse:

    A direção do Inter deveria passar 24 horas por dia buscando a contratação de dois meias pra dar mobilidade, capacidade de articulação e chegada na frente. Quem são esses dois meias? Não sei. Não vivo o futebol 24 horas por dia, não sou do ramo, não trabalho com o futebol e não tenho acesso às informações que os dirigentes tem.
    Mesmo com a ruindade e até a queda de produção do time, não concordo com a troca de treinador. Apesar da surpresa chamada Mossoró.
    Tento acreditar que esse sofrimento faz parte do calvário que teremos que suportar em virtude do trágico ano de 2016 e manter a esperança que as coisas vão se ajeitar.
    Minha esperança está em cima principalmente da ruindade dos adversários.
    O Guto pode ajudar tirando o Sasha, “o atacante sem drible”, do time.
    Próxima rodada:
    Juventude x Guarani
    Paraná x América
    Oeste x Vila Nova
    Inter x Criciúma
    Uma vitoria vai obrigatoriamente nos aproximar dos líderes, que se enfrentam.
    Já na outra rodada, a tendência é complicar. Se bem que jogaremos fora, onde vamos um pouco melhor.
    Guarani x Goiás
    Náutico x Juventude
    Vila Nova x Paraná
    Ceará x Inter

    • CAMPEÃO DE TUDO disse:

      Eu não morro de amores pelo Sasha e também acho que ele não deve ser titular mas o “treinador” está colocando ele muito mais para marcar do que para atacar. Isso foi dito publicamente depois do jogo contra o Brasil. Se depois disso ainda acharmos que o Guto Ferreira, que nem deveria ter vindo e que está fazendo o time jogar bem menos do que o Zago que já era terrível, não deve ser dispensado o quanto antes merecemos mofar na Série B mesmo!

      • 66 disse:

        Estamos em busca de uma “tranquilidade” perdida naquela partida contra o Figueirense, no ano passado, onde o Danilo Fernandes se machucou e o time do Inter caiu no poço, que ao que parece, ainda não encostamos no fundo.
        Na situação em que nos encontramos, precisamos muito mais de vitórias do que de boas atuações.Tu está vendo que os adversários são fracos. Não jogando absolutamente nada, estamos em 5º lugar, a 5 pontos do líder e com chances de nos aproximarmos.
        O tantinho que o Inter precisa melhorar até o Guto é capaz de conseguir. Se a direção não der as peças que o time precisa, ele podia ao menos escalar quem tá com vontade de jogar. Ontem, após a pobreza técnica e pelo absoluto desânimo e baixo astral do time, era jogo pra ele cometer alguma maluquice, tipo mudar 3 jogadores no intervalo. Fazer alguma coisa pra sacudir os jogadores e a torcida. Fazer algo imprevisível, até mesmo colocar o Mossoró. Mas aí fica aquela coisa de que se tirar, vai colocar tal jogador contra a torcida, vai ficar parecendo que que saiu é que tinha culpa da má atuação. Mas foda-se.
        O Guto tem é que achar um time e não ficar esperando algo novo dos mesmos.
        Pô…ontem, vergonhosamente deixaram o pepino da armação com os dois guris que nunca jogam. Mossoró e Juan.
        Se o Diego entra em todas as partidas, é porque o treinador gosta dele. Então coloca ele desde o início uma vez. Passa confiança. Dá força. Chega de Sasha por um tempo.
        Bota o Dourado no banco também. Dá um tempo pro Carlinhos. Treinador tem a obrigação de tentar achar o melhor time possível DENTRO DO CAMPO e não no papel ou na fama.

  23. 66 disse:

    Será que esse ano o São Paulo cai??
    Assim como o Inter, o São Paulo tem flertado com a série B faz tempo.
    Depois da queda do Inter, ficou comprovado que time grande cai.

  24. ANDREAS BOOS disse:

    ainda temos o alento de que voltam o cuesta, potker, nico, edenilson, e gutierrez. esses 5 trazem qualidade ao time…
    Oremos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s