Grêmio vence o Fluminense e abre boa vantagem

Depois de sofrer um gol no início do jogo, o Grêmio reagiu com força, dominou o Fluminense e chegou à vitória de 3 a 1 sobre o Fluminense, no primeiro confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, na Arena (22.788 torcedores).

Com a vitória, o Grêmio vai em grande vantagem para a decisão no Rio. Só não pode perder por 2 a 0 (neste caso, o Fluminense ganha pelo gol qualificado marcado na Arena).

A não ser por alguns momentos de perturbação no primeiro tempo, o Grêmio foi sempre superior. Virou o jogo, fez três gols e, pelas chances criadas, especialmente no segundo tempo, poderia ter ampliado.

Foi também mais uma noite de destaque para o jovem Arthur, autor do primeiro gol, e do centroavante Lucas Barrios, que marcou duas vezes (os dois na foto). São sete gols do atacante nos últimos 11 partidas do Grêmio – sinal de que ele se adaptou ao jeito de jogar do time.

O Fluminense surpreendeu logo aos cinco minutos, em cobrança de escanteio. Marcelo Grohe falhou na saída, Renato Chaves desviou de cabeça e fez 1 a 0.

Depois disso, o time um breve período de perturbação, mas reagiu logo. E a vitória começou a se desenhar aos 17 minutos, em uma jogada de boa troca de passes. Primeiro, de Luan para Arthur. Dali a bola foi a Lucas Barrios, que devolveu na medida. Arthur, já dentro da área, driblou Cavalieri e tocou rasteiro para a rede. Um a um.

Pedro Rocha quase ampliou aos 45 (Cavalieri defendeu), Ramiro chutou com perigo aos 11 já do segundo tempo e Lucas Barrios garantiu a vantagem aos 20: depois do cruzamento, Kannemann desviou levemente de cabeça, e Lucas Barrios completou. Dois a um.

O terceiro gol não demorou muito. Seis minutos depois, Cortez foi ao fundo e cruzou. Barrios dominou e, quando todos esperavam um chute forte, ele bateu rasteiro, no canto, surpreendendo o goleiro. Três a um.

O Fluminense pouco assustou e poderia até ter sofrido mais.

Agora, o Grêmio decide no Rio. Pode empatar, vencer ou até perder por dois gols de diferença desde que marque (3 a 1 para o Fluminense leva aos pênaltis).

Domingo, o Grêmio volta ao Brasileirão contra o Atlético-PR, que nesta mesma noite surpreendeu o Universidad no Chile e garantiu classificação para a próxima fase da Libertadores, eliminando o favorito Flamengo (que perdeu na Argentina).

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa do Brasil, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Grêmio vence o Fluminense e abre boa vantagem

  1. Guasca disse:

    Fora , golpista safado! Renuncie!

    • Ricardo - DF disse:

      Primeira coisa: olhem para os lados, alguém surpreso ??? Se tiver, bingo, encontraram um conservador ingênuo. Daqueles que acreditam no Moro, por exemplo.

      Implodiu a farsa do governo golpista. A gente vê o grau de canalhice que existe entre os golpistas quando constata que o propinoduto continuou como se nada tivesse acontecido. Aécio pede 2 milhões aos empresários, entrega para quem ??? Zezé Perrella, o dono do Helicoca… O Cunha recebe “mesada” para ficar quieto. Nas barbas da justiça.

      E o Moro ? Pois é, protegeu o Temer do Cunha. Safado sem-vergonha, e ainda tem gente que acha que ele é sério… o que tem de safadeza de um lado tem de ingenuidade do outro.

  2. Ricardo - DF disse:

    Voltando ao futebol, que gols o Grêmio fez !!!
    Arthur, na triangulação, entra na cara do goleiro e… ??? Dribla o goleiro e marca. Graças a Deus não era o Rocha. Iria chutar de primeira em cima do goleiro, sem perceber que ele já estava caindo para o lado. Arthur demonstra ter sangue frio, o mesmo que teve quando bateu o pênalti contra o Nóia. Não se apavora na frente do goleiro.
    Assim como o Barrios. Que calma, no terceiro gol. Olha, vê a brecha e toca pelo meio das pernas do zagueiro. Genial !!! Esse cara tá salvando o Grêmio que, sem Bolanos, não tinha outro finalizador.
    E temos ao menos uma jogada ensaiada que está dando certo, eventualmente. Escanteio, bola no primeiro pau, Kannemann desvia para Barrios completar. Foi assim contra o Iquique lá. Ontem também.
    Largamos bem.

  3. Miguel disse:

    Primeiro tempo muito equilibrado. Golaço do Arthur​, finalmente um gol do Grêmio driblando o goleiro.
    Segundo tempo também começou equilibrado, mas… uma jogada ensaiada, coisa que também ​andava sumida, o oportunismo de Barrios e o Grêmio virou. Para quem estava cético (eu) quando da chegada do Barrios, o terceiro gol foi para convencer que ele é diferenciado na hora de finalizar. Quanta calma para esperar o melhor momento e melhor lugar para concluir.
    Vale ressaltar também, a mudança de atitude do time que não demonstrava vontade, garra, nem mesmo na Libertadores. Quando ainda estava 1 x 1 e o jogo equilibrado sendo possível até uma vitória do Fluminense, fiquei pensando, mesmo que o Grêmio perca não posso reclamar da falta de empenho e mau futebol. Barrios matador desequilibrou.

    • Miguel disse:

      Não falei de Arthur que confirma oque se fala faz tempo, o Grêmio é uma fábrica de volantes. Joga demais; marca, desarma, passa, lança, tem visão de jogo e ontem ainda fez um golaço.
      Léo Moura não foi tão bem como em outros jogos, errou vários passes.
      Michel aos poucos vai se sentindo à vontade e jogando bem também.​ muito por ter alguém com mais qualidade (Arthur) ao lado.

  4. Henrique disse:

    Concordo com o Miguel e Ricardo. Também gostei da atuação do Cortez!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s