A fala e o entusiasmo do capitão D’Alessandro

A importância do Gauchão:

– Gauchão sempre foi importante. Tenho um pensamento pessoal. Eu gosto de mandar na minha casa.Eu quero mandar no meu terreno. É uma briga sadia. Tem dois times fortes, grandes, com história. Mas eu quero ganhar primeiro aqui na minha casa. A gente sempre busca. Sempre demos valor ao Gaúcho, nunca fugimos disso. Temos sempre obrigação de chegar à final. O Inter tem obrigação de ganhar todas as competições que joga. Às vezes, não acontece. Chegar a mais uma final, sete seguidas, com a possibilidade de ganhar o sétimo, o hepta. Acho que soma bem na história do clube.

Alerta sobre o Novo Hamburgo:

– Gostem ou não, é uma final. Nós estamos na final. Como sempre, quem perde não valoriza como tem que ser valorizado. Esse campeonato foi o mais valorizado. Tivemos quartas de final em que jogamos bem os dois jogos. Uma semifinal muito difícil. O placar foi curto. A gente foi a Caxias em uma guerra. Caxias é bem estruturado. É um time bem trabalhado pelo Winck. Foi uma decisão muito boa, bonito de ver. Estamos em uma final com um time que mereceu chegar e que possivelmente merece ser campeão. Agora, temos que respeitar muito o Novo Hamburgo. É o time de melhor campanha, vem de ganhar um jogo difícil. Jogou de igual para igual com o Grêmio. Se a gente não entrar ligado, pode se dar mal.

Uma nova cara para a Série B:

– Uma das coisas em que melhoramos é saber jogar as partidas. Não vamos jogar sempre bem. O adversário complica, algumas vezes você treina a semana toda e precisa mudar no jogo. Se não puder jogar bem, tem que lutar o jogo, procurar outra maneira de buscar a vitória. Mostramos contra Corinthians e Caxias uma cara nova. O grupo está criando essa cara e espero que continue. A Série B será complicada. Se a gente criar uma cara de conquistar pontos e vitórias de outra maneira quando não jogar bem, ficarei feliz porque mostra evolução.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gauchão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para A fala e o entusiasmo do capitão D’Alessandro

  1. Maurício disse:

    Capitão RDA vai ser importantíssimo nessa temporada atípica.
    Espero que o preparo suporte bem, e que o substituto seja encontrado logo.

  2. Miguel disse:

    O Novo Hamburgo não é páreo pró Inter. Já sabemos quem hepta campeão.
    Antes que venham me encher o saco: Não, não é vacina! Simplesmente olho futebol com os olhos da cara. E esses me fizeram ver que o Inter está jogando mais que o Grêmio, jogando um pouco mais e muito mais garra, mais vontade, mais determinação. A bolinha que o Grêmio jogou contra o Novo Hamburgo, fosse à final contra o Inter levaria um sacode. Assisti Inter e Caxias todo, perdi alguns lances, o lance do suposto pênalti que os colorados reclamam eu não vi. Nem o suposto pênalti a favor do Caxias, não marcado, também não vi. Só vi o narrador comentando. O pênalti​ marcado vi e achei que existiu.
    Já o jogo do Grêmio com o Novo Hamburgo, só assisti até os 10 do segundo tempo. Oh, joguinho mequetrefe. Pelo andar da carruagem achei que jogariam dois dias e não sairiam do zero. Quando assisto futebol, independente de ser jogo do meu time, ou não, quero ver futebol.

    • Maurício disse:

      Vacina.

    • Diego disse:

      Não concordo. O GrÊmio está mal, mas não vejo esse futebol todo no Binter. Contra o Caxias, não jogaram nada, só não foram eliminados no tempo normal porque o adversário perdeu um penalti aos 30 do segundo tempo.A Dupla está se equimerdando, pra mim.

    • Rodrigo R. disse:

      Miguel, você está se vacinando sim. E a outra vacina, a de que o Grêmio empata contra o Guarani, ainda está de pé? Estou pessimista com o Noia pelo histórico de times do interior em decisões, mas tecnica e taticamente tem time sim para ser campeão. Pode fazer mais que o Caxias. Mais: se o Grêmio estivesse na final seria favorito, tem mais time e, ao menos no Beira Rio, não enfrentaria a retranca que costuma ter pela frente na Arena, e eu não ficaria me vacinando. Da mesma forma, o Palmeiras seria favorito contra o Corinthians, ainda que tenha perdido com um jogador a mais na fase classificatória.

      • Miguel disse:

        Continuo achando que o Grêmio empata hoje. Os reservas não ficaram devendo nada aos titulares, muito pelo contrário.

      • Rodrigo R. disse:

        Renato querendo te ajudar, Miguel: dois meias (Ramiro e Jailson) e depois um monte de atacantes (considero Bolaños atacante). Coisa de quem deveria treinar time de videogame. Bolaños se machucou há pouco e agora temos três três volantes, e destes volantes vamos direto aos atacantes… Time arrumado ao modo de pelada, mas vai ganhar na maior qualidade e no fato desses caras já terem jogado muitas vezes juntos. Mas nada se aproveita para um confronto futuro contra um adversário mais forte. Coisa triste a falta de treinador.

  3. Rodrigo R. disse:

    É legal esse discurso do Dalessandro para o time dele mas incorporar é outra coisa. Acho que a própria sequência de títulos realimenta a vontade de se manter campeão em torneios pequenos. Estes motivam em grande quantidade, a granel, um ou outro título isolado não motiva, mas o conjunto sim e, dessa forma, se torna um grande objetivo. Acho que isso ocorreu em todas as séries de títulos da dupla Grenal nesse torneio. Curiosamente o Grêmio brigou por hepta também na Segundona, no fim de 1991, e por pouco não foi campeão, se houvesse valesse saldo levaria o caneco, perdeu de 1×0 (Alex Maluco) em casa e ganhou fora de 2×0 (Lira e Assis) e empatou o terceiro em 0x0 (onde Renato, para variar, foi expulso e quando o inter correu do antidoping).

    Mas voltado ao discurso do Dalessandro, ele tem esquecido que as coisas começam no Gaucão mas não acabam nele. O segundo semestre colorado (por toda a década) tem sido invisível, acomodado, e com folhas salariais astronômicas, foi se tornar destaque só no ano passado, da pior forma possível.

  4. Ricardo - DF disse:

    Contra o Nóia, mesmo sem grandes jogadores, a marcação adiantada que o Inter realiza melhor que o Grêmio dá resultados. Simplesmente se instala no campo adversário e não dá espaço para o toque de bola. Tem que ser bem treinada para não abrir buracos na defesa, mas o Inter tem feito isso bem, em geral. Contra o Curinga teve suas falhas, mas contra os times do interior funciona, recupera a bola no campo de ataque e pega a defesa desarrumada. O Grêmio vem lá de trás, com toques laterais, deixa o adversário se organizar e fica bem mais difícil furar a retranca.

    Fora a sorte colorada. O Caxias deixou de empatar no BRIO em um impedimento por centímetros. Deixou de fazer 2×0 com um pênalti aos 30 do 2o tempo. Enquanto o Grêmio se deu ao luxo de jogar fora 2 pênaltis dados de presente pelo Nóia. Assim é dose…

    • Rodrigo R. disse:

      O Grêmio não teve um adversário como o Corinthians para mostrar que ainda pode marcar avançado, sem deixar o adversário escapar, teve o inter talvez: mas este ficou encolhido na Arena, dando campo, se o jogo fosse no Beira Rio daria para analisar melhor isso…

      O inter ficou no 2×2 contra o Corinthians e no 1×1 contra o Caxias, dois empates no agregado contra dois times inferiores ao Grêmio, e o Corinthians saiu na frente e esteve mais perto de ganhar os dois jogos, chances mais claras, e o Caxias mandou um pênalti fora.

      A questão é que as pessoas não esperam nada do inter, daí vem um entusiasmo com o pouco que faz. O Corinthians começou o ano quebrado (e ainda está) e sem time, foi se ajustando e se tornou competitivo dentro da sua enorme limitação, incomodando nos clássicos – mas apostaria dinheiro que tomaria uma tunda de um Palmeiras motivado, é uma situação análoga ao Grenal, e não vejo o Corinthians nem como favorito contra a Ponte. Só a formalidade da divisão nacional o coloca acima do Inter, o Corinthians é um timezinho que combina com a segunda folha na classificação do Brasileirão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s