Ah, como seria bom se fôssemos estrangeiros! – Parte 17

Há muito tempo o uso do inglês na imprensa, nas vitrinas de lonas, na publicidade, me incomoda. Estou me referindo ao exagero, claro, até porque o idioma costuma incorporar muitos termos, a partir da mudança de hábitos (a informática é um bom exemplo).

Em alguns casos, na ilusão de que o inglês sofistica a mensagem, a situação chegou a tal ponto que há uma mistura patética.

É o que acontece neste cartaz de promoção de um edifício no bairro Aquarius, de São José dos Campos, fotografado por um de meus filhos.

Quem vê um cartaz assim não resiste a uma boa risada.

Era para ser levado a sério, virou piada.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Ah, como seria bom se fôssemos estrangeiros! – Parte 17

  1. Maurício disse:

    Se chamou atenção, cumpriu a missão.

  2. Rafael disse:

    É um grande paradoxo. Se fizessem a frase totalmente em inglês, muito menos gente entenderia, perdendo boa parte do apelo mercadológico, apelo esse conseguido (por incrível que pareça) ao usar palavras em inglês. Pelo menos é esse o pensamento corrente no meio publicitário.

    Mas não é somente o mau uso do inglês que causa estranheza. As traduções também são pavorosas. A famosa frase da campanha presidencial de Barack Obama (Yes, we can), citada no texto, foi traduzida num jornal da Globo como “Sim, a gente pode”, pois o pronome “nós” parece ter sido proibido na mídia. É dose!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s