A irônica reprimenda do corruptor-chefe

O que nós temos não é de cinco, de dez anos. É de trinta anos. Esse sistema era um negócio institucionalizado, normal. O que me surpreende – e quero enfatizar – é quando vejo todos esses poderes, a imprensa, tudo, como se isso fosse surpresa. Me incomoda isso. Era do conhecimento explícito ou implícito de todos ou pelo menos da maioria dessas elites. A aceitação era generalizada e todos se acomodavam por motivos individuais e diversos”.

(Emílio Odebrecht, chefão do esquema de corrupção da empresa, em trecho da delação, ao lembrar que o esquema vem de décadas e insinuar que era aceito por boa parte da sociedade)

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

23 respostas para A irônica reprimenda do corruptor-chefe

  1. marcos gaucho de BSB disse:

    Aceito pela elite da imprensa e por quem mais era conivente, inclusive sindicalistas e “intelectuais” progressistas. A sociedade, a população, não gosta disso, não. Agora, surpreso, ninguém ficou.

  2. Ricardo - DF disse:

    Ele sentou na frente dos procuradores da lavajato e deu uma gargalhada. Eles fingiram uma certa indignação. “Porque só agora, depois de 30 anos” ? E todo mundo sabia. Faltou emendar: “É que era para dar um golpe só no PT”…

    • Miguel disse:

      Exato. Falei desde o começo que não era combate à corrupção porra nenhuma. Aliás, viram a entrevista do Temer à BAND onde ele afirma que o impeachment só aconteceu porque os votos do PT foram contra o Cunha?

  3. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Nem precisa ser nenhum “Urubuzão de Tudo” para saber que a roubalheira vem de longe. O pior é uns aqui no blog acreditando que agora esses sacanas querem consertar o país que quebraram! Tem que ser mais “Cândido” tem que ser “Rafael” para acreditar nisso!

  4. Ricardo disse:

    Pois é, mas para terminar com isso tudo elegemos o PT, e depois foi o depois.

  5. Kiko Marques disse:

    Ele não disse nada que eu já não soubesse. O que dói é tu veres comprovado, confessado aquilo que tu já sabia, mas tinha uma vaga esperança que não fosse verdade. E o que é pior ainda é saber que não vai dar em nada. Saber que esta gente (os políticos) jura que é inocente e temos que, democraticamente, ouví-los e deixá-los quietinhos nos seus lugares. Democracia no Brasil, é apenas ter o direito de espernear. Só isso. Situação como esta a questão o Brasil chegou só muda com muito sangue derramado. E neste caso, derrama-se muito sangue inocente também. Este povo não tem espirito para isso. Que bom ou que pena? Deixo para cada um responder.

  6. Rodrigo R. disse:

    Só trinta anos? Mais, muito mais! Mas a ideia dele é outra forma de dizer que corrupção não é o problema, qualquer crime real ou inventado é tolerado e só há um levante hipócrita e lobotomizado por “justiça” (como se vê pelas amebas da direita débil mental, conservadora sem nada a conservar) para tirar do caminho inimigos do momento: Lula/PT, no caso.

    Só os grandes grupos midiáticos escapam das caçadas de bruxas que surgem de tempos em tempos, são os donos da “verdade”! A Globo vai dar notícia das suas próprias falcatruas? Povo controlado, país controlado. Pode-se ouvir gravações através de mini câmeras e microfones escondidos de diálogos entre quaisquer políticos, quaisquer empresários por mais poderosos que sejam. Mas você nunca (nunca!) ouvirá uma conversa sacana envolvendo os mafiosos inescrupulosos da suja família Marinho que, claro sempre terão discursos de “liberdade de imprensa” e representantes de jornalistas escolhidos a dedo para, em frente a estantes de livros, declarar sua indignação…

    Eis o brasil, onde mais da metade das pessoas passam o dia de olhos esbugalhados apontados para a Globo (e outra metade do tempo no smartphone/whatsapp), que não saem de casa se num restaurante ou qualquer outro lugar para onde irem não encontrarem uma TV ligada na Globo, no JN, novela e BBB – coisa que tem provocado uma “chinelização” geral dos melhores restaurantes e bares que não querem perder seus clientes idiotas.

    Só a formação de um público contestador, consequência inevitável de educação filosófica e histórica, etc (ainda que não muito aprofundadamente) muda isso. Porque a relação de fé (e a relação do telespectador de um lixo como o JN é de fé) entre imprensa e seus lobotomizados seria quebrada, a notícia não acabaria ali e a versão dos “bombardeados” seria buscada. Mas poderia ser pior: seria pior se não houvesse internet – ainda que a contestação legítima, independente e de alto nível seja perseguida numa chuva de processos covardes, como os do excêntrico e canalha Gilmar Mendes contra Luis Nassif.

    • mariomarcos disse:

      Ele falou 30, mas é evidente que está pensando em muito mais, até porque há pouco tempo disse que no tempo de seu pai isso já era feito. Ou seja: na época do avô do Marcelo.

  7. 66 disse:

    Quando vazarão as delações das outras empreiteiras??
    AG, OAS, Queiroz-Galvão, Mendes Júnior e outras um pouco menos cotadas??
    O que me causa mais asco são esses “executivos” tratarem do assunto “PROPINA” como se o dinheiro fosse seu. Todo pagamento de propina foi feito fruto dos famosos SUPERFATURAMENTOS DE OBRAS PÚBLICAS, cujo dono do dinheiro SOMOS NÓS. Ou seja, roubaram e usaram o NOSSO dinheiro para corromper todo o sistema político-partidário no Brasil, mas vendo eles abrirem o bico nos depoimentos, passa a impressão que o dinheiro era deles.
    E agora é esse festival de “minhas contas foram todas aprovadas pelo Tribunal Eleitoral” como se o dinheiro declarado fosse o do caixa dois. É óbvio que todos terão suas contas aprovadas. Algum idiota vai declarar um dinheiro recebido sem a devida fonte pagadora?
    Por isso brigam tanto para concorrer e se eleger.
    Imagina esses veteranos o quanto já não embolsaram de um dinheiro cuja origem não precisavam comprovar nem prestar contas??

  8. 66 disse:

    MM…e a transmissão ao vivo de um depoimento, direto da sala de audiência do super-herói Sergio Moro para o blog ANTAGONISTA, do Diogo Mainardi??
    Uma verdadeira aberração que o Sérgio Moro não deu a menor bola. Claro que sabemos porque. Mas como é que isso passa assim tão batido sem que ninguém comente?
    E apesar do recorde de delações do Aécio Neves, a Globo insiste em dizer que o PT sofreu um grande abalo por conta das denúncias sobre o Lula.
    Vai concorrer ( se deixarem) e vai ganhar no primeiro turno.
    Já para o PMDB a enxurrada de delações não causa nenhum abalo porque o partido não vale nada mesmo e aquela corja está pouco se lixando.

    • mariomarcos disse:

      Não tenho dúvidas de que o Fachin jogou a chamada bola nas costas dos procuradores e do juiz. Ao quebrar o sigilo, ele escancarou a hipocrisia e deixou claro que os vazamentos eram seletivos. Agora, todo mundo está no balaio. Não tem mais coomo proteger este ou aquele político, este ou aquele partido.

  9. Rafael disse:

    1. O objetivo não é identificar o marco zero da corrupção no Brasil, mas, sem dúvida, a construção de Brasília sinalizou o grande aumento da influência das empreiteiras na política nacional.
    2. Dizer que já existia corrupção há mais de 30 anos é tão útil quanto dizer que já existiam homicídios. Além disso, discutir sobre crimes prescritos visivelmente tem a intenção de desviar o foco e desmerecer as atuais operações, que agora dispõem de meios legais outrora inexistentes, como é o caso da delação premiada, fator fundamental para desbaratar as máfias que atacam os cofres públicos. O combate à impunidade está agora muito mais instrumentalizado do ponto de vista legal, portanto, a comparação do tratamento dado aos mesmos crimes em contextos diferentes é absolutamente indevida.
    3. Mesmo que esses esquemas de corrupção já fizessem parte do cotidiano do poder, é inegável que o volume de recursos desviados foi catapultado nos últimos anos, chegando a níveis sem precedentes na história mundial.

  10. Kiko Marques disse:

    Acabo de ouvir no Bom Dia Brasil uma explicação sobre os prazos de prescrição para o crime de caixa 2. Só confirma o que eu pensava. Esta vergonha não vai dar em nada.

  11. Ricardo - DF disse:

    O governo perdeu o controle sobre a lavajato e entrou todo mundo no balaio. A VEJA já está fritando o Poécio, pois já o considera carta fora do baralho. A movimentação dos neoliberais agora vai em direção ao Dória, que se promove xingando o PT e se fantasiando de gari, fingindo varrer as ruas em um populismo de baixíssimo nível. No programa do Wack no domingo, que tive estômago para assistir, os 3 neoliberais que ele chamou para discutir a situação brasileira deixavam subentendido isso, e o medo do voto de massa no Lula.

    Mas não consigo imaginar uma campanha presidencial com esses candidatos. Mesmo o Lula, se conseguir se candidatar, vai ser bombardeado o tempo todo com a artilharia anti-petista da mídia e seus candidatos. Difícil uma candidatura resistir a tal ataque.

    Um bom candidato, que me parece uma pessoa honesta, inteligente e competente, é o Haddad. Foi muito bom na Educação. Fez um bom governo em SP. E é um político nato. Conseguiu passar o cargo para o histérico do Dória com muita tranquilidade, procurando ajudar na transição.

    • Rafael disse:

      “João Santana confirmou que a Odebrecht pagou, não oficialmente, por seus serviços nas campanhas de Fernando Haddad e de Patrus Ananias.”

      Morreu na casca.

  12. Valmir disse:

    Se o Aécio tivesse vencido em 2014, o esquemão continuaria por mais 30 anos. Mas como perderam, resolveram arregaçar com tudo para vencer no tapetão. Mas não contavam que o Odebrecht jogaria a merda toda no ventilador. De qualquer forma, o resultado final será o Lula preso, os tucanos livres, e as demais grandes empresas fazendo exatamente o que a Odebrecht sempre fez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s