Duas questões para Renato

O Grêmio acelerou no primeiro tempo e parou no segundo:

– O problema do jogo foi o nana neném. Eles dormiram no segundo tempo e, quando acordaram, o jogo estava complicado. Já dei o primeiro puxão de orelhas no vestiário e vai ter mais. Mas o importante é que o time garantiu a vitória. Fiquei muito satisfeito com o futebol do primeiro tempo, foi uma aula de futebol. Contra o Veranópolis jogaram assim o tempo todo, hoje pararam no segundo. O problema de hoje é fácil de corrigir. O duro é quando você não tem qualidade para isso. De repente eu dou mais um dia de concentração, aí eles podem dormir à vontade. Ninguém vai fazer gol neles.

A lição do jogo:

– Falei para os jogadores. Que o jogo sirva de alerta. No Gre-Nal, paramos por 10 ou 15 minutos, contra o Iquique por 45. É bom parar por aí, não ter mais soninho, porque em algum momento podemos até jogar fora uma vitória.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Grêmio e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Duas questões para Renato

  1. Maurício disse:

    O Renato tem um vocabulário muito técnico, talvez a boleiragem não esteja entendendo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s