Inter, no ritmo de Edenílson, vence e garante vaga na semifinal

Mesmo sem D’Alessandro, poupado por Antônio Carlos, o Inter garantiu sem dificuldades a classificação para a semifinal, ao vencer o Cruzeiro por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Estádio Vieirão, em Gravataí. Poderia até perder, mas se impôs, depois dos minutos iniciais de dificuldades, e ainda se deu ao luxo de poupar energia em boa parte do segundo tempo diante do bom time do Cruzeiro.

Na semifinal, o Inter enfrenta o Caxias, de Luís Carlos Winck, que na manhã de domingo ganhou o clássico Ca-Ju por 1 a 0. O primeiro jogo será no Beira-Rio porque o adversário tem vantagem no retrospecto e decide em casa.

Sem seu principal jogador, o técnico Antônio Carlos escalou Roberson, mas o principal acréscimo no meio-campo do Inter é mesmo Edenílson. Mais uma vez, ele foi o maior destaque da equipe pela movimentação, especialmente no lado direito. Edenílson ajuda a defesa e dá velocidade à saída de bola para o ataque.

Com ele, William subiu de produção e, para completar, Rodrigo Dourado pôde ser recuado para a posição de primeiro volante – onde sempre se destacou, desde a chegada da base. Pelo outro lado, Uendel completa também uma boa combinação com o lateral Carlinhos.

Assim, o time ganhou consistência defensiva e velocidade na chamada transição do meio para o ataque.

E foi justamente Edenílson que esteve na origem da jogada do primeiro gol. Aos 27 minutos, ele tocou de primeira, por cima da zaga, encontrando Roberson, que saiu de trás. O atacante apenas desviou para o meio, onde estava o zagueiro Cuesta, que completou. Um a zero.

A partir daí, o Inter passou a controlar o jogo.

O gol da definição surgiu ainda no primeiro tempo, em falha na saída de bola do Cruzeiro. Lucas Martins errou o passe, permitiu o domínio de Nico López, que chutou forte, rasteiro, no canto esquerdo. Dois a zero.

Na volta para o segundo tempo, o Inter tinha Seijas em lugar do lateral Carlinhos – que ainda não está no ritmo ideal, depois de um mês recuperando-se de lesão muscular. Com isso, Uendel foi para a lateral.

Seijas manteve o ritmo, mas o Inter pouco forçou. Trocou passes, fez o jogo passar, evitou a reação do adversário.

Agora, o Inter dá uma pausa no Gauchão e volta à Copa do Brasil. Na quarta-feira, enfrenta o Corinthians no Beira-Rio.

AS SEMIFINAIS

No inicio da noite, a Federação Gaúcha confirmou as datas das partidas semifinais:

Sábado, 19h

Inter x Caxias

Domingo, 16h

Grêmio x Novo Hamburgo

Os jogos de volta serão no domingo seguinte, dia 30.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gauchão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Inter, no ritmo de Edenílson, vence e garante vaga na semifinal

  1. Maurício disse:

    ‘O sonho acabou’
    (John Lennon, ao final da partida)

  2. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Passou pelo Cruzeirinho! Eu avisei! Mas avisei também que fica na semifinal!

    Quarta-feira inicia-se a contagem regressiva de Zago no Beira-Rio! Me cobrem depois!

  3. Analista disse:

    Gostei do time. Todos jogaram bem. Acho que pode passar à final e fazer bom duelo contra o corínthians. Edenílson e Carlinhos sao acrescimos consideraveis. Veremos.

  4. Diego disse:

    O Rei de Copas espera seu adversário na Final. Creio que seja o Caxias, mas de repente o Rei de Cópias pode surpreender.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s