Grêmio joga bem, domina Veranópolis e arranca com vitória

Em um jogo em que dominou amplamente, o Grêmio arrancou com força nas quartas de final do Gauchão: venceu o Veranópolis por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Estádio Antônio David Farina, e encaminhou a classificação para a semifinal. Se confirmar, enfrenta o vencedor do confronto entre Novo Hamburgo e São José (na primeira partida, o time do Vale ganhou por 1 a 0 no sábado).

O resultado poderia ser ainda mais fácil, de tantas chances que o Grêmio teve – algumas delas claras.

Foi uma superioridade tão ampla que em todo o jogo o Véranópolis não teve uma única oportunidade de marcar. Conseguiu apenas conclusões de pouco risco para Marcelo Grohe. Poucas: foram quatro no primeiro tempo e apenas uma no segundo.

Renato escalou nesta primeira partida o melhor time possível. Em relação ao que venceu a Copa do Brasil, ausentes apenas Walace, que foi vendido para o Hamburgo, e Douglas, que segue em recuperação.

No mais, o time titular – com duas voltas fundamentais. Maicon, no meio, e Pedro Geromel na defesa. E os dois mostraram que são fundamentais na equipe. Geromel nada errou na defesa e ainda se atreveu a alguns avanços para o ataque. E Maicon deu qualidade à saída de bola, com liderança e passes qualificados.

Foi dele o lançamento preciso para o primeiro gol de Bolaños. Contou com a ajuda do goleiro, é verdade, mas o lançamento foi de qualidade: a bola passou pela linha de defesa, bateu no gramado, subiu e encobriu também o goleiro Reynaldo, que calculou errado sua saída. Com isso, Bolaños ficou absolutamente livre para comcluir. Um a zero.

Para completar, o torcedor viu o primeiro gol do centroavante Lucas Barrios. Ele entrou em lugar de Bolaños aos 36 minutos da fase final, tropeçou sozinho no campo em frente à torcida do Veranópolis, mas aos 45 mostrou sua qualidade de atacante: recebeu grande passe de Gaston Fernandez, driblou o goleiro e tocou para a rede (foto).

Renato por vezes se irritou com o desperdício. Com razão. Viu seu time  concluir sete vezes no primeiro tempo e seis no segundo. Aos 23 minutos, desesperou-se ao ver Pedro Rocha driblar o goleiro e tocar para o gol. Zé Roberto salvou.

Aos quatro do segundo, em uma jogada repetida à exaustão pelo Grêmio e nunca anulada pela defesa do Veranópolis (o passe e a ultrapassagem em velocidade da linha de marcação), Luan ficou livre, mas chutou desviado, na rede. Aos seis, foi a vez de Pedro Rocha. O chute foi desviado pelo goleiro. Aos 10, novamente Pedro Rocha parou no goleiro.

A partir daí, o Grêmio reduziu o ritmo. Até os 34 minutos, nada mais conseguiu no ataque. Aos 34, Lucas Barrios chutou cruzado, o goleiro defendeu e largou, Luan concluiu e aí foi o lateral Bovi que salvou. Aos 42, foi a vez de Gaston perder a chance e, aos 45, ele deu passe outra vez por entre os zagueiros para Lucas Barrios, que recebeu livre. Ele driblou o goleiro e comcluiu com categoria. Dois a zero.

O Grêmio volta a campo quarta-feira contra o América-MG, pela Primeira Liga, com time reserva. O titular decide a vaga no fim de semana na Arena.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gauchão, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

9 respostas para Grêmio joga bem, domina Veranópolis e arranca com vitória

  1. 66 disse:

    Muito fraquinho esse Veranópolis.

    • Zeca disse:

      Fraquíssimo, não tem como comparar com os times da elite do Brasil. Agora imagina os times que ficaram atrás dele na classificação do Charmoso……. talvez nem deveriam participar de um Campeonato profissional………. são fraquíssimos ao quadrado………

  2. Arthur Vanderlei disse:

    O Gremio desse ano é melhor que o do ano passado.

  3. Kikomarques disse:

    Barrios: somando todos os minutos que jogou ainda não deu dois jogos. Teve hoje sua primeira chance clara de gol e marcou. 100% de aproveitamento. Assim que tiver mais entrosado com o grupo tem de ser titular ao lado do Muller. Precisamos de pelo dois fazedores de gols.
    ” Luan ficou livre, mas chutou desviado, na rede.” Mário, faltou mencionar o gol pedido pelo Pedro Rocha. (mais um). Tema de casa para Luan e Pedro Rocha: aprenderem a finalizar com o Muller e Barrios.

  4. Diego disse:

    Rei de Copas quando chega num mata – mata é soberano. Abraços ao Rei de Cópias.

  5. Maurício disse:

    Dominou o jogo mas [mais uma vez] precisou da ajuda do adversário pra abrir o placar. Mas isso não deve ter muita importância.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s