Palavra de um vitorioso

“Eu sou um colono, tenho uma porrada de defeitos, mas tenho uma virtude: eu falo na frente, com lealdade. E isso eu aprendi com seu Genor e dona Ivone”

(Tite, técnico da Seleção Brasileira, nascido em São Bráz, distrito de Caxias do Sul, ao responder a um repórter que perguntou como ele explicava sua alta popularidade no país, de Sul a Norte, citando o que aprendeu com os pais)

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em frases e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Palavra de um vitorioso

  1. analista disse:

    O Tite se gabando???? Dando lição de moral??? Capaz!!! Aguentar CBF, NEYMAR e TITE, tudo junto… MELDELZDOCÉU!!!!!

  2. Papa Charlie disse:

    Esse polenteiro é bom. Já o outro aqui do RS…

  3. Maurício disse:

    É um absurdo que o melhor técnico brasileiro do século XXI só tenha assumido a seleção agora.

  4. Kikomarques disse:

    Isso é muito mais do que normal Mauricio. Outros técnicos que foram os melhores em suas épocas nem se quer assumiram. Minelli, primeiro treinador tricampeão brasileiro (75, 76 com o Inter e 77 com o São Paulo), Ênio Andrade (campeão brasileiro com Inter 79 e Grêmio 81), e Murici Ramalho, outro tricampeão. E o Tite, assim como o Felipão em 2002, só assumiu depois que outras tentativas, que eram as preferenciais da CBF, não deram certo. Eu já penso que para o Tite foi até bom assumir agora. (esse “agora” é lá na época em que ele assumiu). Não tinha mais Copa América. Os Jogos Olímpicos dele deixou para o Micale. Não tem Copa das Confederações para o Brasil, ou seja ele não tinha muito onde se “queimar”. Só as eliminatórias para se preocupar. Agora é se concentrar na Copa da Rússia.

  5. Niederauer disse:

    “Eu sou um colono, tenho uma porrada de defeitos, mas tenho uma virtude: eu falo na frente, com lealdade. E isso eu aprendi com seu Edelceu e dona Maria”
    Frase que poderia ter sido dito por Dunga, ex-jogador do clube amador Ouro Verde da terra onde nasceu, Ijuí.
    O Tite, infelizmente, às vezes, escorrega para a demagogia.
    Com essa mesma biografia, mas com resultados ruins, a história seria outra.

  6. Kikomarques disse:

    Mas o Tite não é infalível. Também comete seus erros. E um que eu não esqueço é que, pelo que a imprensa divulgou na época, foi ele quem pediu a saída do Paulo Paixão do Grêmio. Se isso foi verdade e tomando conhecimento dos fatos à distância, foi um erro enorme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s