Uma fábula brasileira

Jornalista, escritor, psicanalista, doutor em Literatura, com pós-doutorado na Sorbonne II, comentarista da GloboNews, autor de 15 livros, Felipe Pena publicou texto no jornal Extra que passeia pela crítica, a ironia e a fábula. Com talento, ele fez uma dura crítica a um episódio da vida moderna brasileira.

Li a coluna na internet e decidi compartilhar com vocês, leitores do blog, com os devidos créditos ao autor e ao jornal em que foi publicado.

O texto é este:

O juiz que sequestrou um jornalista

Felipe Pena

“Tenho Pena dele” é o nome da página no facebook que minha mulher fez pra mim.

No começo, não achei a ideia boa. Argumentei que não ficaria bem perante a minha comunidade, mas acabei cedendo às pressões do amor midiático da Karlinha, esposa amada e zelosa.

Como sabem, sou juiz da Liga de Futebol de Várzea do meu bairro. Quando me visto de preto, todos me respeitam a abaixam a cabeça. Apito com força e conhecimento. Sou formado pela Soccer Judge Association, em Harvard, capital intelectual do esporte.

No campo, minhas decisões são rápidas. Não hesito em distribuir cartões vermelhos. Já mandei muita gente pro chuveiro mais cedo. Em alguns casos, deixo o jogador trancado no vestiário por meses até que ele entregue o técnico que o instruiu a entrar de carrinho no adversário. Aí expulso o técnico, o massagista e até o porteiro do clube. Sou o justiceiro da liga.

Os torcedores me amam. Quer dizer, a quase totalidade me ama. Os de amarelo amam um pouco mais. Tiram até selfies comigo quando vou a restaurantes, shows e homenagens. Mas, no ano passado, tivemos um pequeno problema de comunicação e minha dileta consorte pediu vênia para fazer a tal página no livro dos rostos.

“Será um desagravo a você” – dizia, com uma admiração karnal, ultrapassando a metafísica e querendo me defender de um episódio controverso.

Ela se referia ao fato de eu ter divulgado gravações de conversas com os jogadores durante uma partida. Na época, vazei tudo para a imprensa, mesmo sabendo que era ilegal. O importante era garantir a transparência do jogo através do grampo no meu apito. Mas o pessoal da federação não gostou e puxou a minha orelha. Quer saber? Obrei pra eles.

O problema mesmo é que ficaram irritadinhos porque chamei o capitão do time adversário pra uma conversa coercitiva com meus lindos e poderosos bandeirinhas. Nada demais, só uma vasculhada nas gavetas e duas ou três invasões de domicílio pra causar um AVC nos familiares.

E ainda fui obrigado a adiar a conversa porque um jornalista cretino vazou a operação. Quem ele pensa que é? Só quem vaza informação nesse jogo sou eu, meu querido. “Vai se arrepender” – pensei, e aguardei um ano pra dar o troco. Um ano de paciência, mas a hora do sujeito finalmente chegou.

Hoje, meti uma coercitiva nele. O meliante do microfone foi arrancado de casa pelos meus bandeirinhas musculosos (comandados por um hipster todo trabalhado no fascismo) e conduzido para a sede da federação dos juízes. E ainda levei computadores, celular, tablet e aquela parafernália eletrônica do blog. Se ele conseguir sair do cativeiro, vai ficar um bom tempo sem trabalhar.

Os colegas do cara nem reclamaram. São todos meus amigos e vivem das informações que vazo pra eles. Se não fosse por mim, não teriam notícias. Acha que alguém é louco de me peitar nesse bairro?

O futebol é meu esporte.

Sou o dono da bola e faço as regras aqui na várzea.

Os poucos que não se enquadram enfrentam a fúria de Karla, minha esposa, minha protetora e minha blogueira.

Entrem na página que ela fez pra mim no facebook.

Hoje, deixei um vídeo pra vocês. Amanhã, mostrarei as algemas do cativeiro e as fotos do sequestrado para aumentar o número de views.

Eu sei, eu sei: quando um juiz se preocupa com a popularidade, não faz justiça, faz política.

Mas quem se importa?

Isso é apenas futebol.

De bairro.

E de várzea.

Tenho pena de mim.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em imprensa e marcado , , , . Guardar link permanente.

32 respostas para Uma fábula brasileira

  1. Diego disse:

    Ta bom então, cancelem a Lava – Jato. Esse Moro é um Ditador mesmo, coitadinho desse monte de político que estão sendo acusados injustamente. PT, PMDB, PSDB, tudo santinho. Acho até que o Moro tem que ser afastado, só quer aparecer.

    • Campeão FIFA disse:

      Quem do PSDB está sob Moro?

    • Miguel disse:

      Quem do PSDB já foi ou está sendo investigado?
      Não falo só do Moro, pelo STF também.
      PMDB pegaram dois ou três para parecer imparcial.
      PP, partido com mais envolvidos, cadê as investigações pra cima deles?

    • Rafael disse:

      Pois é, agora querem arrogar para blogueiros as salvaguardas de sigilo que somente os jornalistas têm em relação às suas fontes. Mas, mesmo que num arroubo de tolerância se estendesse o sigilo da fonte aos blogueiros, isso não confere a eles o direito de obstruir a Justiça, a razão principal da condução coercitiva do blogueiro informante da organização criminosa. Aliás, a condução coercitiva e de surpresa é a única forma de garantir que o criminoso não destrua as provas, importantíssimas para a condução das investigações e do processo. O resto é choro de quem tem bandidos de estimação.

      • mariomarcos disse:

        Não é este ou aquele blogueiro, mas a operação para descobrir a fonte. Um precedente como este ameaça todos os jornalistas, independentemente de preferência política. O Guimarães tem o blog há mais de dez anos. Eu sou, por formação, totalmente a favor do diploma, mas quem disse que não precisava e deu um golpe na minha profissão foi o Supremo. Quem parece desconhecer isso é o Moro e quem concorda com o que ele fez no caso da prisão coercitiva (sem necessidade, porque ele estava intimado e com audiência marcada).

    • mariomarcos disse:

      Onde leste que a lava jato deve ser cancelada? O texto e a ironia do Pena falam de um assunto específico, objetivo, que não deveria ser tão difícil assim de compreender.

  2. Otávio disse:

    Um grande juiz que cometeu alguns equívocos(intencionais ou não) na forma de levar seu trabalho. Se precisa ter seu ego inflado eu não me importo de lhe pagar um churrasco para que siga a limpeza que está fazendo nesse esgoto brasileiro. O trabalho que está executando tem infinitos mais acertos que erros. O que resta aos investigados é ranger os dentes e torcer para o juiz não deixar escapar seu nome.
    Reclamar de quem está fazendo as coisas certas na minha opinião é errado.

  3. Campeão FIFA disse:

    Te cuida Pena. Parece que a próxima condução coercitiva já tá decidida.
    Base legal não precisa mais mesmo

  4. Rafael disse:

    Ora, ora, MM, queria que ele fosse avisado previamente e tivesse tempo de apagar as provas?
    A condução coercitiva e depoimento não foram em função das opiniões do blogueiro, mas por ele ter obstruído a Justiça ao alertar o assessor do Lula, a partir de um vazamento, sobre a diligência que ocorreria.

  5. Ricardo - DF disse:

    Muito boa a sátira. Eu vazo, tu não vazas, ele não vaza. Só eu, e só contra o PT. Um helicóptero cheio de cocaína ? Ah, é tucano ? Então não sei, não vi. Não só eu, mas nem a PF, nem os investigadores euanos que vieram aqui viram. Afinal, os tucanos são aliados no entreguismo. Tucano rima com euano…

    Caixa 2 ? Só contra o PT. Pedaladas fiscais ? Só contra a Dilma. Uma semana depois “legalizaram”. E tem palhaço que vem aqui defender essa quadrilha que está aí.

    Previdência ? Basta ignorar a dívida das empresas sonegadoras, e o governo sonegador (33% do total é do governo) que concluímos que ela é deficitária. Ah, mas se o governo pagasse a sua parte e cobrasse as dívidas, seria superavitária… Ahhh, não, melhor ferrar com os trabalhadores, esses apanham e não fazem nada.

    Essa é a terra brasilis, que voltou a ser uma republiqueta de bananas que açoita seu povo para o bem estar de pilantras nacionais e estrangeiros.

    • Nean Dertal disse:

      Não vejo ninguém defendendo o que está aí. As únicas viúvas aqui são do PT, que devem achar bonita a situação em que esse partido lixo deixou o país.

      • Ricardo - DF disse:

        Corrupção sempre houve. Não foi a corrupção que deixou o país assim. Dilma foi uma péssima escolha para presidente, apesar de ser a única honesta nesse zoológico. Mas a manada bateu panela contra o PT, e agora não fala nada…

        Ah, saiu mais um vazamento contra a Dilma hoje…

      • Rafael disse:

        Corrupção institucionalizada e em níveis estratosféricos, com o firme propósito de perpetuação no poder, é a primeira vez. Mas entendo que esse não foi o principal problema, e sim a péssima gestão econômica e das contas públicas, mascarada em boa parte do período pelo boom das commodities. Bastou a água baixar para vermos quem estava nu.

      • mariomarcos disse:

        O partido que teve maior número de políticos envolvidos, no mensalão, no escândalo da Petrobras e agora nas delações é outro, mas os olhos só enxergam o mesmo de sempre. É um dos problemas do debate que hoje se faz no Brasil. Pior: quem argumenta, sempre recebe o mesmo carimbo. Vira Gre-Nal.

    • Adilson disse:

      Ricardo-DF, tinha até respeito por tuas opiniões mas depois dessa defesa de ladrões e corruptos caiu na vala dos comuns idiotizados pelo comunismo/lulopetismo. Deves ser da UNB e que também trabalha para idiotizar os alunos . Ecaaaaaaaaa
      Do MM eu já esperava isso !!!

      • mariomarcos disse:

        Se pelo menos modernizassem os argumentos. Sempre a tentativa de desqualificar, de anacronismos, de agressões. Há muitos jornalistas que resolveram esta questão vetando qualquer comentário. Perdem os que merecem ser ouvidos, mas dá para entender. Não cheguei lá ainda.

      • Rafael disse:

        Adílson, já discordei várias vezes das ideias do MM, mas a trajetória dele na imprensa do RS fala por si só. É um profissional sério e competente e que nos oferece um espaço democrático para discussão. O assunto política faz subir a temperatura do debate, porém, o respeito às pessoas deve ser preservado.

    • Rafael disse:

      Ricardo, o que o PT fez em 13 anos de governo para cobrar os devedores da Previdência e quitar os débitos do próprio governo? Quase nada. Boa parte do rombo foi construída nesse período.
      A propósito: pedaladas fiscais não foram legalizadas. Vá se informar.
      Pode brigar à vontade com os números, mas não venha tentar iludir os incautos.

  6. Paulo Athaydes disse:

    No governo de:
    Sarney: A beira da destruição, inflação a 1000%.
    Collor: Mais destruição, confisco, ainda a inflação.
    Itamar: Mais do mesmo, inflação e corrosão do poder aquisitivo.
    FHC1: Plano Real, salário muito mínimo, desemprego muito alto, juros aumentando.
    FHC2: País quebrou, FMI, mais desemprego, mais juros.
    Lula1: Recuperação dos salários, Redução do desemprego, redução de juros, juros reduzindo, descartando o FMI. Inicia o Mensalão pra ver se acabam com isso.
    Lula2: Mais do mesmo, país crescendo, povo com emprego e renda. Cresce a insatisfação entre as Zelites.
    Dilma1: Mais do mesmo, país crescendo, povo com emprego e renda. Desespero entre as Zelites.
    Dilma2: Despero total. Só o Impeachment salva as Zelites.
    Temer: Destruição total. Paz, enfim.

    • Ricardo - DF disse:

      Putz, boa síntese…

      • Andreas Boos disse:

        Concordo em quase tudo, menos no que vc diz do governo Dilma, pois foi no governo da nobre sra é que o pais quebrou. Abaixou o valor da conta de luz pra depois nos dar uma rasteira que ate hj nao conseguimos levantar. Isso sem falar das maquiadas nos numeros e no petrolao. Acho que vc ta no brasil errado amigao.

        Ao meu ver o inicio da solução pra tudo isso é acabar com reeleição e cargos comissionados, pois ai acaba o interesse dos inescrupulosos em entrar na vida publica.

    • Rafael disse:

      Você acredita honestamente nisso?

  7. Diego disse:

    Nesse filme não tem mocinhos, infelizmente. Não tem partido nem político que se salva. Estão todos corrompidos e com rabo preso. Comparando com Futebol, pena que não podemos eleger um Partido Estrangeiro para comandar o Brasil.

  8. Miguel disse:

    Já pensaram na gritaria caso no governo Dilma isso tivesse acontecido a Raquel Sherazade (essa dizia que Lula era ditador porque respondia a ela. Ela acha que liberdade de imprensa é jornalista falar o que quer e quem se sentir atingido não poder responder) ou Reinaldo Azevedo? Justiça seja feita, Reinaldo Azevedo se posicionou contra a condução coercitiva do blogueiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s