Seleção de Tite faz 4 a 1 no Uruguai e mantém os 100%

Em apenas oito jogos – sete oficiais e um amistoso -, o técnico Tite recuperou a imagem, o prestígio e a confiança de uma Seleção Brasileira que até sua posse corria o risco de ficar fora de uma Copa do Mundo pela primeira vez.

A série redentora da equipe começou com uma goleada (3 a 0 sobre o Equador, em setembro de 2016) e terminou na noite desta quinta-feira com uma goleada para não deixar dúvidas sobre esta nova fase da Seleção: 4 a 1 sobre o sempre forte Uruguai, no histórico Estádio Centenário, de Montevidéu.

Tite recuperou a confiança do torcedor brasileiro em sua seleção, mostrou que faltava apenas entregar o comando para alguém competente e trouxe de volta jogadores que pareciam ter encerrado a carreira na equipe. Um deles, o volante Paulinho, que hoje joga na China.

Na partida desta quinta, este Paulinho, um dos homens de confiança de Tite, fez três dos quatro gols. O outro foi de Neymar, em nova obra-prima do jogador do Barcelona.

Na noite da goleada, o Uruguai largou na frente.

Aos sete minutos, Marcelo tentou recuar de peito, errou, Cavani tomou a frente e foi derrubado pelo goleiro Alisson. Pênalti que o próprio Cavani bateu aos nove minutos para fazer 1 a 0.

A partir daí, o Brasil passou a dominar. Teve 70% de posse de bola, fez quatro e poderia até ter ampliado.

O empate nem demorou muito: aos 18 minutos, Paulinho recebeu de Neymar, avançou e bateu de longe. Acertou no ângulo esquerdo, um golaço. Aos seis minutos do segundo tempo, Firmino chutou da meia-lua, Martin Silva não conseguiu segurar firme e Paulinho chegou rápido para completar. Dois a um.

Aos 29, Miranda deu chutão da defesa. A bola caiu entre Coates e Neymar, que ganhou a frente, avançou, percebeu a saída de Martin Silva e tocou de leve, por cobertura (foto), o suficiente para ver a bola chegar à rede. Três a um.

A goleada foi fechada aos 47, com outro gol de categoria: Daniel Alves cruzou da direita, Paulinho entrou livre e desviou com o peito. Quatro a um.

Na próxima terça-feira, o Brasil enfrenta o Paraguai, no Itaquerão.

No momento, a Seleção é líder com 30 pontos ganhos.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Seleção Brasileira e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Seleção de Tite faz 4 a 1 no Uruguai e mantém os 100%

  1. Maurício disse:

    O famigerado passe de peito… bah, nem falo mais. Mas, como no lance do Danilo com o Ortiz, acho q o Alisson colaborou um pouquinho na cagada, demorando pra sair.

    O Tite me devolveu a vontade de torcer pela seleção, dá gosto ver as exibições. Essa Copa promete!

  2. Ricardo - DF disse:

    Que transformação inacreditável o Tite operou na seleção. Mesmo com a marcação pesada do Uruguai, 4×1 lá. Incrível. E consegue até encaixar o Paulinho nesse time, ele que não serviu nem para reserva no Totenham.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s