Da série ‘Perguntar não ofende’

Por que o meia venezuelano Seijas, um jogador pelo torcedor desde seus primeiros jogos no Beira-Rio, respeitado mesmo quando o time começou a afundar na Série A do Brasileirão do ano passado, não consegue se firmar como titular ou primeira opção no Inter, apesar das chances recebidas e de ter trabalhado com cinco técnicos (Argel, Falcão, Roth, Lisca e Antônio Carlos Zago) de estilos e exigências diferentes?

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter e marcado , , , , . Guardar link permanente.

21 respostas para Da série ‘Perguntar não ofende’

  1. analista disse:

    Tiraram-lhe toda a confiança, porque deu mostras de jogar mais do que vem jogando. Agora, mudar a situação é com ele e mais ninguém… oportunidades recebeu… Mas o Inter que diagnostique logo e o venda se for o caso, porque deve ter mercado na América do Sul.

  2. Maurício disse:

    Tem nome, experiência e carisma, mas infelizmente falta raça e bola.

  3. INTERminável COLORADO disse:

    Acho que é uma questão de definir o SEU LUGAR em campo. Cada jogo que ele entra, joga numa posição, ou como armador, como volante, como meia-atacante. Primeiro saber qual sua verdadeira posição e colocá-lo naquele lugar onde pode render mais. Achar que SEIJAS pode substituir RDA é pensar errado. Ele não é da função e não faz o que RDA faz (aliás, poucos fazem o que ele faz). Então, é definição o que está faltando, além da falta de confiança do próprio jogador. Cabe ao técnico e SEIJAS resolverem a questão. Se não resolverem, que se inclua ele num negócio na América Latina ou China…

  4. Campeão FIFA disse:

    Na vida, ou o cara enfrenta as adversidades, com raça, dignidade, vontade de vencer, ou afunda e fracassa.

  5. INTERminável COLORADO disse:

    Outro jogador que está mais perdido que cusco em procissão é o VALDÍVIA (sempre achei ele um jogador peladeiro, não sei porquê…). Não está jogando absolutamente nada, talvez por estar no lugar errado. Creio que VALDÍVIA renderia mais se jogasse como segundo atacante ou quarto do meio-de-campo, mas o vejo como um armador quando entra, o que está errado…Outra questão que cabe tão somente ao técnico e ao jogador, mas n
    ão estou vendo vontade naquela cabeleira…

    • analista disse:

      concordo. Pena, pois vejo nele um potencial imenso.

    • Maurício disse:

      A paternidade parece ter mexido com a cabeça do Valdívia.
      Mas acho que logo logo vai se reencontrar.

    • Fifaldino disse:

      Ter ficado oito meses parado por lesão é complicado. E ainda deu azar de retornar no meio da tormenta do ano passado.

      O Valdívia tem me parecido meio “deprê”. Não vejo mais aquele jeito moleque que o caracterizava….

      • alessandro machado disse:

        quem não fica depre em porto alegre…
        tomara que volte a jogar o que sabe, guri chuta mto bem, tem jogar perto da área

      • juliocolbeich disse:

        Valdívia ficou muito tempo parado, é normal ir retomando aos poucos, e eu vejo que ele já está bem melhor que ano passado. Já o Seijas na primeira vez que vi jogando no Beira Rio, pensei: esse cara não joga nada. Depois nos outros jogos ele jogou bem, e depois afundou, este ano não está jogando nada. Então não sei o que aconteceu com ele, pois se em algum momento ele jogou bem é pq sabe do riscado, função do técnico colocar ele onde rende mais.

  6. Diego disse:

    Me parece estar insatisfeito em um time da Série B.

  7. Maurício disse:

    O golaço do Dale foi eleito ‘a pintura da rodada’ do É Gol! com 3/5 dos votos.
    Queiram ou não, o time é outro com ele. Que encontrem logo o substituto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s