Grêmio também perderá Bolaños, mas terá Gastón Fernandez

Desde a lesão de Douglas, que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo em um treino, Bolaños surgiu como a maior aposta do Grêmio para compensar a ausência do principal organizador do time. Bolaños justificou a confiança e tem sido, em quase todos os jogos, um dos grandes destaques em campo.

Pois bem, a semana começa com a notícia de que o técnico Renato também ficará sem Bolaños nos últimos dez dias de março.

O jogador foi convocado para a seleção equatoriana e não participará dos confrontos contra o Novo Hamburgo, no Vale, e Juventude, na Arena, dia 25. Se tiver de se apresentar antes ou se atrasar na volta, pode ficar ausente de outras duas partidas.

Tudo indica que desta vez o técnico terá menos dificuldades para a reposição.

Gastón La Gata Fernandez, meia argentino de 33 anos, está integrado ao grupo, participa dos trabalhos desde a última semana e no coletivo de segunda-feira, no Centro de Treinamentos Luiz Carvalho, fez dois gols de seu time, um batendo de fora da área e outro ao desviar a bola no escanteio.

É provável que já na partida de quarta-feira, em Pelotas, contra o Brasil, Fernandez fique ao menos no banco de reservas, com chances até de começar como titular. Além de poupar um de seus titulares, Renato pode aproveitar a chance para observar melhor a movimentação do jogador em um confronto, pensando já no período de ausência de Bolaños.

No treino, Renato aproveitou para testar uma nova opção tática, com o aproveitamento de Lucas Barrios. Neste caso, ele organizou o time com uma primeira linha de quatro, um volante à frente, uma segunda linha e o centroavante.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Grêmio também perderá Bolaños, mas terá Gastón Fernandez

  1. Papa Charlie disse:

    ¿”la gata” te comió la lengua?

  2. Maurício disse:

    Um dos primeiros a fazer troça do apelido foi o Pedernesto, um locutor ‘top-of-mind’ [por menos que signifique] que inacreditavelmente ainda faz piadas homofóbicas ao vivo no rádio, ao que parece, com o aval da emissora. Lamentável.
    Aliás, quando começam a reparar mais no nome, no corte de cabelo ou até na sobrancelha do cara do que no futebol que joga, me parece que algo vai muito mal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s