Para pensar

“(…) Há uma espécie de revolução mundial que está em marcha, que é a revolução das ideias simples, dos que buscam bodes expiatórios, dos racistas, das pessoas que desprezam a democracia. É um movimento de caráter mundial e que se desenvolve também nos EUA. E há razões quase técnicas: a forma como as redes sociais tratam a noção de verdade; esta história de “fatos alternativos”, que não é somente uma loucura de Trump, pois tem a ver com o regime de circulação da informação etc. Muitas pessoas votaram em Trump persuadidas que Obama era muçulmano, que Hillary Clinton era corrupta, que os EUA só dariam certo se bloqueassem a porta à América do Sul. Hoje, a mentira e a verdade têm o mesmo status, e é muito difícil distinguir uma da outra. É uma situação filosófica totalmente nova (…)”

(Bernard-Henri Lévy, filósofo, em entrevista ao repórter Fernando Eichenberg, correspondente do jornal O Globo em Paris, ao falar de sua inquietação com o que está ocorrendo no mundo e das ameaças à democracia)

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Para pensar

  1. Papa Charlie disse:

    Melhor jairseacostumando…

    • Rafael disse:

      O pior é que a mídia se escora na opinião enviesada de pseudointelectuais, algo já percebido pela massa, que abraçará esse cara que você citou por absoluta falta de opção. Minha esperança é que surjam alternativas minimamente aceitáveis, mas é difícil…

      • mariomarcos disse:

        Pseudointelectuais?

      • Rafael disse:

        Lamento por quem cai na falácia da autoridade, onde o renome do entrevistado (muitas vezes conquistado ilegitimamente) é utilizado para dar um verniz de verdade a ideias contaminadas pelo ativismo político-ideológico. Aliás, o próprio BHL bebe da mesma fonte que denuncia ao dizer que “Hoje, a mentira e a verdade têm o mesmo status, e é muito difícil distinguir uma da outra”. Sem dúvida, não dá mais para levar muito a sério os chamados “especialistas”.

  2. Campeão FIFA disse:

    E por aqui os panelas foram às ruas acreditando que era um movimento contra a corrupção e por um país mais digno

  3. Ricardo - DF disse:

    Panelas de ingênuos e panelas de hipócritas.

    Hoje temos um dilúvio de denúncias abafado. Os medalhões do PSDB, partido do Moro, seguem intocáveis. E perseguem alguns PMDBistas para dar ar de veracidade ao “combate à corrupção”.

  4. alessandro machado disse:

    Há uma “verdade oficial”, majoritária e verdades alternativas… o pior é ver que a esquerda muitas vezes é tão manipuladora da informação quanto as “mídias de direita”.
    De todos os outlets de notícias, o que mais gosto é o RT, porque lá eu tenho certeza que é propaganda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s