Reservas do Inter vencem e garantem classificação e liderança

Ricardo Duarte/Divulgação InterBastaram cinco minutos de marcação alta, como pedia aos gritos o técnico Antônio Carlos, e de velocidade na troca de passes para que o Inter virasse o jogo, e definisse a vitória de 3 a 1 sobre o Criciúma, na noite desta quinta-feira, no Estádio Heriberto Hülse.

Os dois times jogaram com um misto de reservas e jogadores da base, já que estiveram em campo com os titulares na véspera, em partidas pela Copa do Brasil.

Com o resultado, o Inter manteve 100% de aproveitamento na Primeira Liga e garantiu a liderança, independentemente do resultado do próximo jogo do Fluminense. Assim, vai decidir a próxima fase no Beira-Rio, em confronto único.

Desentrosado, o Inter jogou um futebol ruim no primeiro tempo, com poucas chances no ataque e alguns descuidos na defesa. Foi neste período que o Criciúma fez 1 a 0, aos 42 minutos: Flávio concluiu depois que a bola chutada por Carlos Eduardo acertou a trave.

Na volta para o segundo tempo, Antônio Carlos passou a exigir que o time fizesse marcação adiantada para pressionar a defesa do Criciúma. A estratégia foi facilitada quando o zagueiro Nino foi expulso, aos 22 minutos, ao receber o segundo amarelo.

A partir daí, o Inter dominou amplamente, até porque tinha uma visível melhor condição física.

Os espaços surgiram, a defesa catarinense errou ao jogar em linha e o Inter passou a pressionar.

Aos 26 minutos, Andrigo bateu escanteio, Cláudio Winck cabeceou, o goleiro rebateu e o próprio Winck completou. Um a um.

Aos 30, o estreante zagueiro Neris fez lançamento preciso, desde a defesa do Inter, para Andrigo. O jogador dominou no peito, driblou o zagueiro e completou com o pé esquerdo, em curva, no canto direito. Dois a um.

O Criciúma nem chegou a reagir. Um minuto depois, novo lançamento encontrou Diego livre pela direita. Ele avançou e bateu cruzado, rasteiro. Três a um.

Do time, o maior destaque foi Andrigo. Correu por todo o campo, combateu, chutou e fez um gol de categoria. Neris não foi exigido, teve um erro no primeiro tempo ao dar um passe cruzado no pé do atacante, mas se firmou no segundo e deu um lançamento preciso para um dos gols. Winck melhorou na fase final e Valdemir, expulso por ter recebido o segundo amarelo, mostrou boas condições no meio.

Sábado, o Inter volta a campo. Enfrenta o Brasil, no Beira-Rio, pelo Gauchão.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Reservas do Inter vencem e garantem classificação e liderança

  1. INTERminável COLORADO disse:

    Inter BC recheado com 3 ou 4 jogadores reservas. Foi uma bela de uma pelada ruim de se assistir…

  2. Kiko Marques disse:

    Uma coisa eu reconheço: o Inter tem mais fazedores de gols que o grêmio. Até por que até agora o grêmio não tem kkkkkkk

  3. 66 disse:

    E eis que o chinelinho Claudio Widro voltou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s