Para pensar

Arquivo PessoalNos países que valorizam realmente a educação (não apenas no discurso) e respeitam o professor é assim.

Há pouco tempo, em viagem a Portugal, me chamou atenção a placa de uma das ruas de Almedina, em Coimbra. Lá está:

Rua Carlos Alberto P. Abreu

(Professor Primário)

Percebam: ele foi homenageado não por ser empresário, militar ou político, ou por ser amigo do poderoso de plantão, mas por ter sido professor primário. Esta é a distinção que mereceu a homenagem.

Dá ou não dá inveja?

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Para pensar

  1. Maurício disse:

    Quando a prefeitura de Taquari derrubou o busto do [taquariense] Costa e Silva duma praça na principal avenida da cidade, o MP prontamente entrou como uma ação pra recolocá-lo, alegando que tratava-se de ‘patrimônio cultural da cidade’.

  2. Kikomarques disse:

    Para completar MM

  3. Kikomarques disse:

    E ainda sobre o ES.
    “PSICOLOGIA DE POLÍCIA E BANDIDO. Na greve da PM no Espírito Santo cidadãos comuns foram vistos realizando saques em lojas e supermercados. A ausência da polícia revela uma realidade assustadora: o caos ético e moral que se encontra o nosso país. Quando a polícia se torna a regra de conduta das pessoas, o instrumento de controle que as impede de cometer crimes percebe-se a falta de consciência ética e moral. Retirada a polícia vem a tona o desejo latente de um povo corrupto. Idiotice pensar que só políticos são desonestos, tendo oportunidade, muitos se tornam criminosos. A conclusão é a seguinte: Se precisamos de polícia para sermos honestos, somos uma sociedade de bandidos soltos!”
    Sérgio Oliveira – Teólogo e psicólogo

    • Rafael disse:

      Essa conclusão serve para alguns, porém, a imensa maioria da população estava trancada em casa, completamente dominada pelo medo.
      A propósito: algumas pessoas estão devolvendo os bens roubados, arrependidas do impulso criminoso.

  4. Marcos Santander disse:

    Coimbra, cidade de muitas lembranças pessoais. Tem uma das universidades mais antigas da Europa. Portugal é um grande país. Um povo adorável em geral. Muito oportuna a homenagem ao professor.

  5. marcos gaucho de BSB disse:

    Excelente post, Mário. Parabéns!

  6. Niederauer disse:

    Mário
    Colaborando; aqui, Santa Maria, 300 mil habitantes, 300 quilômetros de Porto Alegre temos:
    Ruas; Professora Maria Rocha, Professor João Belém, Professor Fontoura Ilha, Professor Irmão Quintino, Professor Rômulo Zanchi, Professor Cícero Barreto.
    Além das escolas: Cícero Barreto, Maria Rocha, João Belém, Margarida Lopes, Edy Bertóia, Marieta Dambrósio, Celina de Moraes, Rômulo Zanchi. Aracy Barreto Sachis.
    Estou citando apenas pela minha memória.
    Duas delas, eu lecionei (Margarida Lopes e Cícero Barreto)
    Todos professores homenageados eram de ensino médio ou fundamental ou mais remotamente, primário.
    Dá ou não dá inveja de Coimbra? No meu caso, não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s