Zago: ‘Quem não quiser ser vaiado tem que jogar tênis’

Ricardo Duarte/Divulgação InterAntônio Carlos Zago descobriu em pouco mais de 45 minutos – o tempo do futebol cheio de erros do Inter na tarde de sábado – que a paciência da torcida está no limite. Recebeu suas primeiras vaias, na segunda partida no Beira-Rio, percebeu que alguns jogadores são rejeitados depois do fracasso na última temporada e viu que terá muito mais trabalho do que imaginava pela frente – inclusive para reconquistar a confiança do público.

Não sei se já disse, quem não quiser ser vaiado tem que jogar tênis – disse Antônio Carlos na entrevista coletiva após o jogo. – Lá vai ter aplausos. Futebol é cobrança, pressão da imprensa, da diretoria, ainda mais neste ano no Inter. Ninguém pode esconder o momento difícil. Mas temos que nos acostumar com toda essa cobrança e pressão, trabalhamos em um dos maiores clubes do futebol brasileiro e mundial. É normal. Isso foi passado para eles. Temos que esquecer o que ocorreu ano passado, mas saber que vai existir a cobrança e a pressão.

São jogadores (os vaiados) que fazem parte do elenco. São jogadores que estão no dia a dia. Todos estão tendo oportunidade. É um início de trabalho, sei que o torcedor está machucado com o que aconteceu ano passado, impaciente como nós vimos também em relação a alguns jogadores. Mas são jogadores do Inter. Quando entram em campo, procuram fazer tudo certo. Às vezes erram, não estão em um dia bom, erram além da conta, mas são do Inter.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gauchão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Zago: ‘Quem não quiser ser vaiado tem que jogar tênis’

  1. analista disse:

    Bom…, cá com meus botões questiono a manutenção de jogadores rebaixados… sobretudo aqueles que não apresentaram nada a justificar a permanência… daí é melhor liberar o atleta, perder dinheiro, mas não deixar um cara desses no elenco… acho que não acrescenta nada… daqui a pouco, parece que estou vendo, vão querer aproveitar o Anderson… e ainda tem o Sasha, uma decepção violenta no ano passado, para voltar… Eu fazia uma limpa maior do que foi feita…

    • Maurício disse:

      Não entendi o que quiseste dizer com ‘jogadores rebaixados’, já que 95% do elenco já estava no Beira-Rio em 2016.
      De qualquer modo, tenta te colocar no lugar do Zago. O cara tá começando um trabalho em início de temporada – sonho de todo treinador – com um elenco numeroso (por menos qualidade que tenha), que vem de uma temporada em que praticamente tudo deu errado.
      Eu honestamente gostaria de retestar e dar oportunidade a cada um deles, principalmente considerando a cabeça-dura do antecessor. E a hora de fazer isso é agora.

      • analista disse:

        Paulão, Ernando, Bob, Sasha, Fabinho, dentre outros… não estavam quando do rebaixamento? Não colaboraram, uns mais do que outros, para o rebaixamento??? A isso que me refiro…

  2. INTERminável COLORADO disse:

    Neste charmoso gauchão, o que o Inter NÃO tem é tempo. O campeonato é de tiro curto. São 11 jogos (2 já foram), portanto, faltam 9 para acabar a primeira fase. Desses 9, o Inter possui 4 jogos em casa e 5 fora. Sem contar que o clube será julgado pelo STJ pela briga da torcida, podendo perder o mando de campo em alguns jogos, o que seria péssimo. Se eu sou a direção, abandono a ideia de querer vencer o campeonato, coisa que acho MUITO DIFÍCIL com esse elenco (a maioria) abalado psicologicamente e insuficiente tecnicamente. Focaria na composição do elenco, bem como trataria essa questão do “abalo psicológico”, que tanto o ZAGO comenta em suas entrevistas (será uma desculpa? acho que não!). Há muito trabalho a fazer. Lembro que os dois últimos da primeira fase caem para a segundona gaúcha. Nem penso (pensando, pois também estou abalado psicologicamente pela queda a série B) nisso! Mas, como o futebol é dinâmico e tudo pode acontecer, não posso deixar de citar isso. Coisas piores podem ocorrer ao longo dos próximos meses. Semana que vem há o jogo contra o glorioso PRINCESA, em Cascavel/PR. É jogo único e o Inter precisa, como visitante, apenas empatar. Se não conseguir isso diante do time amazonense, buenas…

  3. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Quanto tempo vocês acham que o Zago dura? Eu já tô dizendo desde que ele foi anunciado que não vai longe! E que o Dr Série B vai aportar no Beira-Rio!

  4. Kikomarques disse:

    Todo treinador que ter o grupo na mão e uma das maneiras de fazer isso é cuidar para não queimar ninguém. Mas aquilo que é acordado é honesto, Então no lugar do Zago eu faria aos jogadores do Inter a seguinte proposta. “Estou procurando um time. Preciso contar com todos os recursos para achá-lo. Inclusive com a sorte. Por tanto, nesta fase, o jogador que entrar no time, por qualquer motivo, e for bem, vai ficando. Isso não quer dizer que quem saiu não terá mais oportunidade. Mas nesse momento não posso abrir mão de quem der uma resposta satisfatória de imediato.” Retardar a titularidade do garoto Charles para preservar a auto-estima do grupo rebaixado, isso me parece um erro. Os que foram rebaixados precisam ter a humildade de reconhecerem que este ano oque sobrar para eles está bom demais.

    • Rafael disse:

      Creio que isso já está sendo feito, só que não de forma instantânea como a torcida quer. O crédito dos supostos titulares é muito menor do que o habitual e quem não der resposta imediata será trocado pelos emergentes. O nível de tolerância está baixo, mas também não pode ser levado às últimas consequências, caso contrário presenciaremos uma alta rotatividade destrutiva.

  5. Kikomarques disse:

    AUTOESTIMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s