Grêmio: vender para contratar. É a melhor solução?

Dirigentes do Grêmio tem dito que para contratar os reforços esperados pela torcida e pelo próprio técnico Renato será preciso antes vender alguns de seus melhores jogadores.

No topo da lista, o volante Walace e, principalmente, o atacante Luan, por quem o presidente Romildo Bolzan espera receber no mínimo US$ 25 milhões. Por menos, nem admit conversar.

Não deixa de ser uma contradição e tanto.

Para reforçar o grupo será preciso abrir mão de qualidade, até porque dificilmente o clube conseguirá jogadores com as mesmas virtudes de Walace e Luan.

Pergunta ao torcedor:

Não seria mais produtivo tentar manter os melhores jogadores e buscar apenas reforçar o grupo de opções do técnico Renato para o duro calendário da próxima temporada?

Ou não há mesmo solução a não ser negociar os melhores?

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para Grêmio: vender para contratar. É a melhor solução?

  1. Diego disse:

    infelizmente os times gaúchos ficaram pra trás em termos de planejamento e ambição. Enquanto os grandes times de SP, RJ e MG investem no futebol para colher os frutos, no Sul, essa política de choradeira, mendigagem, desanima a torcida, fazendo com que cada vez mais a conquista de títulos aconteça esporadicamente. Não seria mais fácil pra dupla montar grandes times, que entrassem como protagonistas em todos campeonatos, fazendo com isso, que aumentasse as receitas, com aumento de sócios, melhores patrocínios, vendas de camisetas e produtos, cotas e premiações dos campeonatos mais importantes? O meu Grêmio, por exemplo, prefere não investir, ou gastar o mínimo possível, trazendo jogadores de segunda linha ou baixa na carreira, para não aumentar seus gastos. Será que esse pensamento é o correto?
    Montar time barato, e se der, ganhar alguma coisa, mas sem grandes dívidas, ou gastar mais, e montar um time forte, mas chegando nas competições? Minha opinião é investir, gastar e montar um time forte, que com certeza, a torcida paga.

  2. Marciano disse:

    Bom dia para aqueles que usam Adobe original. Aos demais, uma boa SEGUNDA.
    Hihihihihihhi

  3. Maurício disse:

    Uma boa segunda pra todos, inclusive pros que fingem que não a conhecem bem.
    Que tenhamos uma última semana de boas notícias!

    Sem rivais, Palmeiras vira rei no horário da TV aberta na Libertadores; Grêmio é ‘ignorado’ (ESPN)

  4. Gaudêncio disse:

    Há outros fatores ligados e que precisam ser compreendidos. Partes da engrenagem do futebol, da motivação dos atletas.
    A Europa como mercado para o jogador de futebol está assim como a Série A para jogadores em terras brasileiras.
    Todo jogador de ponta quer fazer seu pé de meia na Europa – e muitas vezes quebra a cara pela alta tributação em muitos países.
    Ter tido passagem pelo futebol europeu sempre ajuda no ego dos atletas, mas diria que os maiores interessados são mesmo os empresários. São eles que ganham na intermediação, na efetivação de contratos e os próprios patrocínios pessoais (dos jogadores) costumam ser maiores por conta da visibilidade que a vitrine europeia possibilita.
    E também é preciso levar em conta que o empresário fica o tempo todo na orelha do jogador, porque o maior ganho costuma ser dele.

  5. juliocolbeich disse:

    O ideal seria manter os jogadores e contratar onde se tem carências, ao vender se desfaz de um jogador que está dando certo por 2 ou 3 que não se tem certeza, no Brasil os times duram 2 temporadas e depois o clube cai justamente por isso, vide Cruzeiro, Atlético MG, Corinthians, que tinham times bons, ganharam títulos, se desfizeram dos principais para lucrar e recompor e nisso seus times ficaram fracos. Atlético até tentou um pouco melhor, mas sem sucesso.

  6. Maurício disse:

    Das liberações tricolores anunciadas até agora, Negueba e Wallace Oliveira não surpreendem mas… Henrique Almeida??? Será que não serve nem pro 6rêmio passar o chapéu por aí pra angariar fundos???

  7. Ricardo - DF disse:

    Admiro o Bolzan pelo controle financeiro, mas também acho que um clube de futebol tem que ter o foco no futebol, e não nas finanças. Não adianta nada ser um exemplo de gestão com um time de perebas. Tem que arriscar um pouco.

    Também acho que o melhor seria manter Luan e Walace, pois não há substitutos a altura. Estão quase acertados com o paraguaio Dominguez, que parece um bom jogador. Muitas especulações sobre laterais, espero que alguma vingue.

    Vi o Júnior jogando pelo sub-20 do SP. Parece que o guri resolveu tomar vergonha na cara, tava jogando um bolão. Depois do fiasco no Joinville, pareceria um caso perdido, mas parece, PARECE, que está se emendando. Uma pena.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s