Real Madrid vence Kashima e conquista seu quinto Mundial

Com três gols do português Cristiano Ronaldo, dois deles na prorrogação, o Real Madrid venceu o Kashima Antlers por 4 a 2, neste domingo, em Yokohama (estádio em que a Seleção ganhou o Penta), e conquistou o Mundial de Clubes.

O Real é o maior ganhador do título. Completou cinco, superando o Milan.

Ao contrário do que indica o resultado final, o jogo não foi tão tranquilo para os espanhóis como se esperava.

O Kashima empatou, virou o jogo, forçou o Real Madrid a melhorar seu ritmo no segundo tempo e por pouco não fez o terceiro – que seria o do título – no último lance da partida, quando o atacante chutou desviado.

Mesmo na prorrogação, acertou uma bola no travessão quando o Real vencia por 3 a 2. No seu melhor momento, surgiu o fator Cristiano Ronaldo, um jogador decisivo. Apesar de não ter feito uma grande partida, aproveitou as chances para decidir mais uma vez.

O Real fez 1 a 0 aos 11 minutos com Benzema (um dos maiores destaques em campo), o Kashima empatou aos 45 e virou logo aos oito do segundo tempo, os dois gols marcados pelo atacante Shibosaka.

Ronaldo empatou de pênalti, aos 14.

Na prorrogação, o português fez 3 a 2 aos oito e completou a vitória aos 13.

Foi a 37ª partida do Real sem derrota, uma sequência iniciada em abril deste ano.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

16 respostas para Real Madrid vence Kashima e conquista seu quinto Mundial

  1. Ricardo - DF disse:

    Bah, que vergonha a arbitragem. Será que o africano ia marcar aquele pênalti se fosse contra o Real ? E o cartão para o Sergio Ramos ? O cara levou a mão no bolso para tirar o cartão, ficou um tempão com a mão no bolso, alguém avisou que se desse o amarelo ia expulsar um jogador do Real, e ele enrolou e não tirou o cartão. Ia ser um jogo totalmente diferente na prorrogação. A FIFA é uma piada mesmo, bota um trio de arbitragem fraquíssimo numa final do mundial interclubes.

  2. Maurício disse:

    A conquista do Mundial de Clubes é uma emoção inigualável no futebol.

  3. Rei de copas disse:

    Tá demorando pra cair a ficha!!!

  4. Kiko Marques disse:

    Deu a ligica, mas o kashima valorizou o título do real. Agora quero escrever sobre um coisa que me incomoda nas transmissões de futebol. Não se mostra mais a festa dás torcidas. Quando o kashima empatou o jogo, a tv mostrou um segundo dá vibração dá torcida japonesa e três segundos de da expressão de preocupado do Zidane. Agora, se dá uma briga no torcida, aí mostram tudo. Coisa estranha isso.

  5. alessandro machado disse:

    Se o palmeiras quiser pagar os 10 milhões de euros que o valdívia vale, deve levar.

  6. alessandro machado disse:

    Dilma joga direto no beira-rio.

  7. Ricardo - DF disse:

    É curioso que pouco se ouve falar da AG. Uma explicação que parece fazer muito sentido é que a corrupção deles está muito ligada ao PSDB, e aí, o Moro…

  8. Ricardo - DF disse:

    Andam especulando o Luis Fabiano no Imortal. Será que vale a pena? Uns 36 anos?!

    • Miguel disse:

      Não vale a pena não. Sou mais o Pedro Rocha. Quem sabe, PR, depois dos dois gols no primeiro jogo da final da CB não pega confiança e começa fazer nos profissionais, os gols q fazia na base.

  9. nei disse:

    arbitragem sempre sabe por lado que tem que roubar…
    quem nao sabia q seria pro real…
    expulsao de caderninho… uma vergonha fifa de novo
    futebol ta muito chato faz tempo… e agora descaradamente ajudando os interesses dos que tem mais dinheiro e fama…

  10. Marcelo - Rio de Janeiro disse:

    A verdade é que a FIFA não dá a devida importância ao Mundial de Clubes. Cito três razões:
    1) Convidar o Kashima, campeão japonês, para uma competição de campeões continentais (quase que o Kashima apronta!);
    2) Testar o tal do VAR na competição (o tipo de teste que se faz em competições de menor importância);
    3) Escalar árbitros sem experiência maior, vindos de países sem tradição no futebol, na final.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s