Valdívia garante a vitória e mantém a esperança do Inter

Ricardo Duarte/Divulgação InterAté os 30 minutos do segundo tempo, tudo parecia difícil. Os passes saíam errados, eram fortes demais quando precisavam ser fracos, o domínio era complicado, nada parecia dar certo mais uma vez para o Inter. Então, uma jogada individual, a esperança de fugir do rebaixamento provocou choro dos torcedores, corrida de Lisca em direção à torcida e até aplausos discretos de Mano Menezes, o técnico adversário.

Valdívia mereceu mesmo o aplauso: em um contra-ataque, ele dominou a bola no meio, correu em diagonal em direção ao ataque, fez sinais para que Ariel abrisse pela direita, viu Vitinho correndo pela esquerda, mas decidiu arriscar. A poucos metros da meia-lua, com os zagueiros pela frente, ele bateu em curva, a bola fugiu do excelente goleiro Rafael e entrou no ângulo.

O lance definiu a vitória de 1 a 0 sobre o Cruzeiro, na tarde de muita chuva deste domingo, no Beira-Rio (28.074 torcedores), fez o Inter chegar a 42 pontos – ao lado do Vitória, que enfrenta nesta segunda-feira, contra o Coritiba, no Couto Pereira – e leva a esperança de seguir na Série A para a última rodada do Brasileirão.

Foi mais uma partida sofrida, intranquila, de clara perturbação emocional dos jogadores – e um drama nos últimos 15 minutos, quando o Cruzeiro partiu para o ataque e fez a torcida lembrar, com medo, de jogos em que o time cedeu o empate no fim.

Em dois lances, pelo menos, o Cruzeiro esteve a ponto de empatar. Aos 40 minutos, depois de cruzamento, Robinho ficou livre na área, sem marcação, mas chutou por cima. E, aos 45, na melhor chance do time mineiro, Ábila bateu forte, de primeira, com o gol livre, mas o chute saiu desviado. Nem o centroavante acreditou no erro.

Depois de três dias de concentração e treinos fechados no Vila Ventura, de Viamão, o técnico Lisca mudou o time. Escalou um meio-campo com três meias de pé esquerdo (Anderson, Alex e Seijas) e confirmou Nico López no ataque. O Inter controlava o jogo, mas tinha pouca força ofensiva – em parte pelo claro nervosismo.

Lisca esperou até os 29 minutos, quando fez a primeira troca – a do lateral Géferson pelo atacante Vitinho. Alex recuou para a lateral.

O Inter ganhou mais força, preocupou um pouco mais o ataque e reduziu a pressão que o Cruzeiro começava a exercer. Mesmo assim, a melhor chance de gol só apareceu em uma cobrança de falta por Alex. Só não saiu o gol porque Rafael desviou a bola que tomava o rumo do ângulo direito.

No segundo tempo, o nervosismo do time ficou ainda mais evidente. Até o simples domínio da bola parecia complicado. Aos cinco minutos, o Cruzeiro quase marcou. A jogada de Alisson esbarrou na grande defesa de Danilo. Na jogada seguinte, Sobis bateu cruzado, a defesa facilitou e Danilo desviou a escanteio, com dificuldade.

Aos 14 minutos, Lisca fez a segunda troca, de Rodrigo Dourado por Valdívia, e aos 25, a terceira, de Seijas – de pouca produção – por Ariel, para ter alguém que aproveitasse os cruzamentos para a área.

Aos 26, Anderson avançou livre, mas chutou fraco (Rafael defendeu no canto) e, aos 30, Valdívia tomou a iniciativa que mudaria a partida.

O gol provocou choro de torcedores, mas não terminou o sofrimento. O jogo ficou ainda mais tenso porque o Inter não conseguia controlar a bola e permitia a pressão do Cruzeiro, que só não marcou pelos erros de Robinho e Ábila.

Apesar da vitória, a situação segue complicada. O jogo iniciado neste domingo só termina na noite de segunda, quando o Vitória encara o Coritiba no Couto Pereira. Uma derrota dos baianos leva os dois times empatados em pontos para a última rodada, quando o Inter enfrenta o Fluminense, no Rio, e o Vitória encara o campeão Palmeiras no Barradão.

Mais uma semana de sofrimento para o torcedor do Inter.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , , . Guardar link permanente.

35 respostas para Valdívia garante a vitória e mantém a esperança do Inter

  1. juliocolbeich disse:

    O jogo foi terrível, golaço do Valdívia salvou o Inter de ser rebaixado já amanhã, sempre há um fiozinho de esperança, mas a situação continua crítica, ganhar do Fluminense, torcer por apenas 2 pontos do vitória ou derrota improvável do Sport para o Figueirense.
    Ainda estou muito pessimista, ainda mais com o futebol apresentado hj, em que vencemos na sorte.
    Mas como sou bobo, domingo que vem estarei torcendo de novo, tendo talvez, por milagre um alívio, ou uma decepção.
    Seijas não jogou bem de novo, Alex não jogou bem de novo, Paulão muito mal, Geferson não deveria ter entrado. Troca-se o treinador e os erros são os mesmos.

    • Fifaldino disse:

      O Alex não tem como jogar bem. É ex-jogador há horas.

      O Paulão é o filme de terror de sempre.

      O Géferson já enterrou bisonhamente o time em diversas oportunidades, inclusive marcando gol contra que nos tirou de uma LA. Não sei como ainda deixam pisar no BR.

      Já o Valdívia, apesar de guri, é o único com bola no corpo. E….pasmem, já teve débil mental aqui sugerindo que seja um dos negociados no final do ano. Depois não sabem porque estamos nessa fria…..

      • juliocolbeich disse:

        Concordo, só o Valdívia já conseguiu 6 pontos: hj e contra o coxa. Se os bonzões experientes tivessem conseguido ao menos isso estaríamos longe da situação em que estamos. Vamos torcer, é o que nos resta.

      • INTERminável COLORADO disse:

        O débil mental sou eu. Obrigado pelo que me toca! E continuo achando que deve ser negociado.

      • Fifaldino disse:

        Eu nem lembrava quem era. Torço para que tenha sido apenas um lapso teu. Pode até mudar de opinião que ninguém vai te condenar. Isso acontece. Peço desculpas se me excedi. Mas, que fique claro que é só pra ti.

  2. Ricardo - DF disse:

    Será que sorte salva o Inter?

  3. INTERminável COLORADO disse:

    O que importa é vencer! E foi o que o Inter fez com o golaço do Valdívia. Comentar o futebol pífio do Inter é como chover no molhado. Agora é presentear o final do ano dos jogadores do Coritiba amanhã, Palmeiras campeão e do Figueirense na última rodada. E seja o que os deuses quiserem!

  4. Maurício disse:

    Decisivaldívia!

    NÃO TÁ MORTO QUEM PELEIA!

  5. Maurício disse:

    Corre o boato de que a casa do comandante do drone tricolor teria sido depredada.
    Coitado, já não tinha sido suficiente o tiro no pé?

  6. Kikomarques disse:

    O Inter não vai cair. Fez o mais difícil que era chegar vivo na última rodada. Agora vai na raça. O Inter ganha do Flu. Vitoria não ganha do Palmeiras e Sport não ganha do Figueirense.

  7. Papa Charlie disse:

    ainda vivos por aparelhos…

  8. Diego disse:

    Falta 1 jogo…

  9. 66 disse:

    Gostei da iniciativa do Lisca de tirar aquela naba do Géferson ainda no primeiro tempo. É inexplicável esse pereba sequer fardar. Todo lance com ele é um perigo ou uma cagada. Já não chega todo o sofrimento??
    E gostei da substituição do Dourado também. O execrado Anselmo tá dando aulw de como ser um volnte de verdade. O Dourado se mostrou surpreso com a saída, mas não estava jogando nada também. Corre pra tudo quanto é lado e não produz nada. Está em todos os lugares e não está em nenhum.
    O Nico é muito pão-com-banha e joga um jogo só dele.
    O Alex na lateral foi bem. Muito melhor que o Géferson.
    No mais só nos resta torcer amanhã pelo Carpegiani.
    Que sufoco.

    • INTERminável COLORADO disse:

      Sem falar que o LISCA teve a iniciativa de ENTRAR somente com um atacante que não vinha jogando há uns 3 meses, além de 2 meias. Um contestado, ALEX, e outro, SEIJAS, que também estava na reserva há 40 dias. Isso não é hora de experiências. Tanto que consertou o erro ao colocar o VITINHO, o DECISIVO, que, infelizmente, não acrescentou muita coisa. A cereja do bolo foi o ARIEL, mel delz! Só podia vencer numa bola parada ou numa jogada individual. VALDÍVIA como em 2015!

  10. alessandro machado disse:

    gente, que é isso..
    que timeco, meu deus do céu…
    fiquei impressionado com os primeiros 25 minutos.. se não cair é o pai de santo

  11. Renan colorado disse:

    Dispensas 2017.

    Marcelo lomba, ernando, paulao, Artur, geferson, Alan Costa, Fernando Bob, fabinho, ariel, sasha, . Só pra começar.

  12. Diego disse:

    Lisca tem que ficar para 2017!!!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s