Inter decepciona, empata, fica no Z-4 e demite Celso Roth

Ricardo Duarte/Divulgação InterMais uma vez, tudo indicava que o Inter deixaria o grupo de rebaixados – e mais uma vez o time decepcionou. Não aproveitou a derrota do Vitória para o Santos, tinha a chance de ganhar e abrir dois pontos de vantagem, mas esbarrou em seus problemas e ficou no empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, para irritação dos 32.734 torcedores que foram ao estádio.

O desespero fez os dirigentes tomarem uma decisão: no vestiário, logo depois do empate, enquanto um grupo de torcedores promovia um quebra-quebra no pátio, demitiram o técnico Celso Roth. O clube ainda não sabe se contrata alguém ou deixa um interino.

Como ocorreu diante do lanterna Santa Cruz, o Inter largou na frente, poderia ter ampliado, mas aos poucos passou a dar espaços ao adversário, especialmente no segundo tempo. Deu tantas chances que a Ponte Preta aproveitou para empatar.

Com isso, o time segue em 17º lugar, com 39 pontos, atrás do Vitória pelo número de gols marcados (45 a 33). Pior é que o futuro é assustador para o torcedor que gritou, vaiou, cantou: agora, terá de recuperar terreno fora de casa. Na próxima rodada, o Vitória enfrenta o Figueirense em Salvador, e o Inter encara o Corinthians no Itaquerão, segunda-feira. Significa que corre o sério risco de ver o time baiano abrir uma confortável vantagem a apenas duas rodadas do fim do campeonato.

O Inter pagou caro por seus defeitos.

Apesar de dominar no primeiro tempo, o time já mostrava dificuldades. Não conseguia controlar a bola (a Ponte teve maior posse), nem pressionar para ampliar a vantagem estabelecida já aos 12 minutos, quando Valdívia tabelou com Anderson e tocou na saída do goleiro Aranha.

Animado pela derrota do Vitória e o gol de Valdívia, o torcedor cantou certo de que o time conseguiria os três pontos indispensáveis na luta contra o rebaixamento. Não adiantou. O lance do gol foi o único com perigo real no ataque, em toda a fase inicial.

No segundo tempo, a diferença entre o comportamento dos técnicos ficou bem evidente. Eduardo Batista, da Ponte, trocou um zagueiro por um meia (Grolli por Rayner), recuou um dos jogadores (Wendel) de meio-campo para a zaga  e fez um atacante (Wellington Paulista) substituir um meia (Felipe Azevedo). Ou seja: teve iniciativa para buscar ao menos o empate.

Celso Roth nada fez – e, pelo que se viu em campo, o time recuou, cedeu campo à Ponte e passou a tentar garantir o resultado. O treinador só fez a primeira tentativa de mudança aos 24 minutos, quando a torcida gritava o nome de Seijas em coro. Roth atendeu a torcida e chamou o venezuelano. Pouco depois, trocou Sasha e Anderson por Aylon e Nico López.

O time já era, então, uma grande confusão. Ou simplificava demais, dando chutões para o ataque, ou errava nos lances de ataque. Para completar, ficava vulnerável aos contra-ataques sempre rápidos da Ponte.

Foi um time tão confuso e desorganizado que só teve um único bom momento, quando Nico López chutou de fora da área, em curva, e forçou Aranha a uma grande defesa.

A três rodadas do fim do campeonato, o Inter entra em uma fase de desespero absoluto. Terá de fazer tudo o que não conseguiu até agora para evitar o rebaixamento.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

29 respostas para Inter decepciona, empata, fica no Z-4 e demite Celso Roth

  1. FabioTriTricolor disse:

    Que coisa!!

  2. analista disse:

    Pois agora esse cidadão tinha que CAIR JUNTO!

  3. analista disse:

    Tinha que ser demitido bem antes!

  4. INTERminável COLORADO disse:

    Que coisa!

  5. Kiko Marques disse:

    Não entendo porque este comportamento da torcida colorada. Refiro-me aos que ficaram quebrando tudo depois do jogo. O Inter ainda não está rebaixado. E ainda acredito que não será. E mesmo que estivesse rebaixado, que importância tem isso na vida pessoal de cada um? Vão cuidar da vida. De repente, seria até melhor criar uma regra estabelecendo que os doze grandes não caem.

  6. Diego disse:

    Faltam 3 jogos …

  7. Maurício disse:

    Cantei essa pedra. O Inter caga um queijo pra fazer um gol, e quando faz, não sabe manter o resultado. No minuto seguinte ao gol já tava todo atrás da divisória, tanto que até o mentecapto do Roth se flagrou e mandou avançarem.
    Se não consegue vencer ninguém nem em casa, não merece mesmo permanecer na elite.

  8. Fifaldino disse:

    Parabéns a todos aqueles que um dia acreditaram neste Inter dos corneteiros!! Time sem treinador, sem capitão, sem vergonha!! Aposto que estão super orgulhosos de sua sabed……OH WAIT!!!!

    • CAMPEÃO DE TUDO disse:

      Pior: apoiaram o planejamento Píffio de entregar a Copa do BR e poupar jogadores que se lesionaram dormindo!

      • Fifaldino disse:

        Eles apoiaram tudo que estamos vendo aí. Se achavam uns malandrões. Chamavam de “viúva”, etc. Agora tão tudo de fraldão embaixo da cama!! Ehehe….

  9. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    O Inter está quebrando o maior galho para a dupla: depois do Mazembe e desse turno ridículo Celso Juarez, muito provavelmente, nunca mais assombrará a torcida gaúcha com a possibilidade de sentar na casa mata de um dos dois clubes – a menos que ele se reabilite em outro clube fora daqui, o que beira o impossível!

  10. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    A propósito: qual será o próximo retranqueiro que não entende nada de futebol que vai ocupar a casa mata nos 3 jogos restantes?

  11. juliocolbeich disse:

    Ainda dá tempo, sem o Roth melhora, mas a culpa é do Píffero, toda e exclusiva dele, Roth foi boi de piranha muito bem pago. Eu acredito que tenha chance muito mais pela ruindade do Vitória do que pelo Inter, senão, ano que vem vai ser sofrível.

    • CAMPEÃO DE TUDO disse:

      O Vitória ganhou as duas do Inter!

      • Rafael disse:

        Essa é a diferença, principalmente o jogo do Beira-Rio. Se o Inter tivesse vencido, estaria 6 pontos à frente do Vitória. Mas claro, isso é uma simplificação. Os erros deste ano geram uma lista enorme.

      • João disse:

        O Grêmio venceu o Vitória na Bahia. O Inter só está respirando devido aquela vitória do Grêmio.

      • Guasca disse:

        O Inter respira ou será rebaixado por mérito/culpa dele.

      • Maurício disse:

        O papinho do João… kkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Marcon disse:

        João: O Grêmio perdeu(?) para o Sport na Arena. O Inter só está nessa má situação devido aquela derrota do Grêmio. Este raciocínio também valeria, só que não é por aí a coisa. O Inter está mal por seus próprios erros e não por ajuda externa.

  12. Marcon disse:

    * Retificando
    João: O Grêmio perdeu(?) para o Sport na Arena. O Inter só está nessa má situação devido aquela derrota do Grêmio. Este raciocínio também valeria, só que não é por aí a coisa. O Inter está mal por seus próprios erros, independente de hipotética “ajuda” externa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s