Domingo de Gre-Nal, o clássico que é um campeonato à parte

Será o Gre-Nal número 411 – e como todos os outros, do primeiro ao 410º, é uma espécie de campeonato à parte para os torcedores gaúchos. Consequência da grande rivalidade que se estabeleceu desde os primeiros anos do século passado, quando os dois times surgiram e passaram a dividir o Estado.

Na tarde deste domingo, na Arena, mais uma vez será assim.

O torcedor do Grêmio, por exemplo, sabe que o plano inicial do técnico Renato e dos dirigentes de poupar alguns titulares por causa do primeiro confronto com o Cruzeiro, pela semifinal da Copa do Brasil, é correto, mas ele não quer saber disso. Prefere que o time entre com seus melhores jogadores para vencer e complicar ainda mais o velho rival na luta para fugir da zona do rebaixamento.

O do Inter sonha com a sequência de bons resultados, do novo ânimo, e se isso for em um Gre-Nal, na casa do adversário, melhor ainda. Quando a Celso Roth, fora a tentativa de fazer segredo, não há muitas dúvidas. Será o time titular, com Seijas no lugar de Alex (suspenso), ou Eduardo Henrique para reforçar um pouco mais a marcação.

O Grêmio entra em campo em oitavo lugar, com 47 pontos, a apenas um do Atlético-PR, que é o sexto colocado (são seis vagas para a Libertadores). O problema é que o clube sonha com um título importante e, por isso, Renato defende que a Copa do Brasil ganhe prioridade.

O Inter não tem escolha. Depois de três vitórias no Beira-Rio pelo Brasileirão (e uma contra o Santos, pela Copa do Brasil, garantindo também classificação para as semifinais), o time precisa conquistar pontos e, assim, seguir fora da zona do rebaixamento, independentemente dos demais resultados.

A Arena estará lotada. Todos os ingressos foram vendidos.

O clássico começa às 17h.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Grêmio, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Domingo de Gre-Nal, o clássico que é um campeonato à parte

  1. Maurício disse:

    Rivais? SEMPRE. Fregueses? HÁ DÉCADAS. Inimigos? NUNCA.
    Que tenhamos um grenal de PAZ, .

  2. Maurício disse:

    Colocaram um ex-Fifa caseirão pra estragar o espetáculo… Inexplicável a expulsão do Dourado. O pugilista tricolor merece um belo gancho além da suspensão automática.

  3. Maurício disse:

    É bom fazer um check-up completo no Bolaños, porque essa bolinha miúda dele dá toda pinta de que tá jogando com alguma fratura.

  4. Maurício disse:

    Como era de se esperar, os clubes do G5 aos poucos vão naturalmente fazendo valer sua grandeza. São Paulo ontem, Cruzeiro hoje… só falta o Inter tranquilizar de vez o coração colorado, e depende somente dos próprios esforços.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s