Grêmio encara o Palmeiras, empata e se classifica

Ao poupar os titulares no jogo contra o Santos, pelo Brasileirāo, o técnico Renato apostou tudo na partida decisiva contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil.

Deu certo.

Os titulares correram, resistiram bem, anularam o Palmeiras, especialmente depois da expulsāo do atacante Aleone por falta violenta em Éverton, e  com o empate em 1 a 1, garantiram classificaçāo para a semifinal.

O adversário será o Cruzeiro, que também na noite desta quarta, venceu o Corinthians por 4 a 2, no Mineirāo.

O Palmeiras, líder do Brasileirāo, usou o jogo da Copa do Brasil para poupar os titulares. No caso de Cuca, a aposta nāo deu certo.

Apesar de ser superior no primeiro tempo, período em que o Grêmio pouco fez além de se defender, o Palmeiras nāo conseguiu pressionar.

Teve duas boas chances, aos 12 (Barrios de cabeça desviou no trabessāo) e aos 24 (a bola chutada por Alione só nāo chegou à rede porque Marcelo Oliveira salvou), mas o Grêmio também poderia ter marcado, quando Pedro Rocha, livre, chutou desviado.

No segundo tempo, mais decidido, o Palmeiras fez o gol logo no início.

Aos cinco minutos, em cruzamento para a área, Tiago Martins bateu de cabeça e fez 1 a 0.

O resultado garantia a classificaçāo do Palmeiras, combinado com a derrota de 2 a 1 na Arena.

O Grêmio forçou Jaílson a grande defesa aos quatro, Walace chutou com perigo aos 12. O Grêmio reagia, mas o Palmeiras seguia atacando com perigo, seguro com a vantagem.

Tudo mudou em um lance aos 20 minutos. Alione deu um carrinho violento em Éverton, que entrara cinco minutos antes em lugar de Pedro Rocha, e recebeu cartāo vermelho direto.

Com um a mais, o Grêmio passou a controlar o jogo, com troca de passes e mais velocidade.

Aos 22, Ramiro chutou forte, Jaílson fez outra excelente defesa, e aos 25, Renato foi expulso por reclamaçāo. Em seguida, seu auxiliar trocou Ramiro por Bolaños e o Grêmio ficou ainda mais ofensivo.

O gol salvador surgiu aos 30, novamente pelos pés de Éverton, um atacante sempre decisivo: ele recebeu de Douglas, dominou e chutou forte, rasteiro, no canto direito. Um a um.

Com o empate, o Palmeiras precisaria de outro gol para forçar a decisāo nos pênaltis, mas já nāo tinha forças. Além do desgaste físico, tinha pela frente um adversário superior, consciente, que passou a trocar passes aproveitando a vantagem de ter um jogador a mais.

Ficou empate, mas poderia ter sido vitória com alguma tranquilidade. Em algumas jogadas, o Grêmio avançou com três jogadores contra apenas um, mas sempre errou no último passe.

Agora, o time volta a Porto Alegre, depois de alguns dias em Sāo Paulo, e começa a se preparar para o Gre-Nal. Com uma nova preocupaçāo: sem Marcelo Grohe, que segue com dores no pé, o time perdeu também Bruno Grassi, que pediu substituiçāo aos 21 minutos ao sentir lesāo muscular na coxa direita.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa do Brasil, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

17 respostas para Grêmio encara o Palmeiras, empata e se classifica

  1. Maurício disse:

    Goleiro cabaço no grenal? Xiii…

  2. Maurício disse:

    Fiquei com a estranha impressão de que o Palmeiras não tava se importando muito.

  3. Ricardo - DF disse:

    Grande classificação ! Golaço do Éverton!
    A expulsão do hermano alucinado foi uma mão na roda, certamente.
    O que não entendo é como o Renato mantém o pançudo em campo. O cara raramente acerta um passe! Os gols que o Grêmio perdeu no final ! Parece que bate um torpor mental nessa gurizada (e no pançudo). Fazem cada besteira!!

    Mas estamos a 2 jogos da final !

    Se der Grenal, é só chamar um exorcista. Um “padre” benzeu o Beira Rio depois do pugilato, e milagrosamente mengo e peixe entregaram o jogos para eles. “Padre”, sei…

  4. Diego disse:

    Faltam 4 jogos pra levantarmos a taça pela quinta vez da Copa Grêmio. O atual campeão e melhor time do Brasil não resistiu medir forças com o Rei de Copas.

  5. Kikomarques disse:

    O Douglas ficou em campo por que o Everto e o Bolanos tinham que entrar. O Douglas seria o terceiro a sair, mas aí teve a lesão do Bruno. O Douglas teve de ir até o fim. Mesmo sem forças. Agora absurdo o que fez o Walace na hora em que o o palmeirense foi expulso. Ele foi puxar o cara para fora de campo. Se o palmeirense fosse esperto se grudava nele, causava um entrevero e o juiz não teria outra coisa a fazer a não ser expulsá-lo também, O que ele tinha que encostar em adversário que já estava expulso? Bem, e eu continuo cumprindo minha promessa de não mais criticar o Pedro Rocha.

  6. Ricardo - DF disse:

    Time misto no GRENAL ! Poupem Grohe, M. Oliveira, Walace, Douglas, Ramiro e P. Rocha. Mais da metade do time !
    Mistão:
    Leo, Edílson, Geromel, Kannemann, Iago, Jailson e Maicon, Luan, Bolaños e Éverton, Batista.
    hehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s