Tribunal suspende o resultado do clássico Fla-Flu

E esta agora?

Em resposta a um pedido do Fluminense de anulação da partida contra o Flamengo, na semana passada, por interferência externa na arbitragem (o delegado da partida teria dito a Sandro Meira Ricci que Henrique estava impedido ao marcar o gol de empate), o presidente do Superior Tribunal de Justiça desportiva, Ronaldo Piacente, abriu processo e mandou a CBF suspender o resultado da partida (vitória do Flamengo por 2 a 1).

Os pontos não serão computados até o julgamento do mérito. Agora, o tribunal vai nomear um relator e encaminhar o processo para o Pleno.

Placente garante que a partida só será anulada se houver prova indiscutível de interferência. Pelas imagens fica claro que o delegado disse a Ricci que a TV confirmara o impedimento. Foi então que o árbitro decidiu anular o gol de Henrique.

A Fifa não permite interferências na decisão da arbitragem.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão e marcado , , , . Guardar link permanente.

24 respostas para Tribunal suspende o resultado do clássico Fla-Flu

  1. 66 disse:

    Que piada.
    Tem tapetão? Tem mutreta?
    Tem Fluminense.
    Um sujeito talhado para ser presidente do tricolor carioca é o Temer.
    Quantos jogos já tiveram essa interferência de fora??? Vários.
    Já vimos isso até na Libertadores.
    O problema é que em todas as interferências, o motivo foi para desfazer um erro. A briga agora é pra manter um erro.
    E os interessados não veem nenhum problema nisso.
    O STJD tem é que aposentar o Sandro Meira Ricci, isso sim. Juizinho pretensioso, que armou a confusão sozinho. O bandeira marcou certo e o arrogante quis chamar pra si a decisão e validou o gol. Bem feito, xarope.

    • Fifaldino disse:

      Apoio integralmente a ANULAÇÃO deste jogo. Não dá pra querer aplicar o ditado “os fins justificam os meios”. Se a regra proíbe o uso de interferência externa, tem que cumprir.

      Do jeito que foi feito… quem é que afinal comandou o jogo?? Quem teve o poder de definir o lance? Um dirigente? Um operador de VT?? Quem tem que acertar ou errar é o JUIZ. Senão vira (ainda mais) gandaia!! Tá loco!!

      Esse jogo tem que ser anulado. Joguem outra vez e se virem..

  2. 66 disse:

    O Flu ainda vai pagar a dívida que tem com o futebol brasileiro.

  3. Maurício disse:

    E lá vamos nós de novo…

    A marcação do segundo pênalti contra o Sport ontem também foi estranhíssima. O André Luiz Castro (um juiz que não me agrada, e é outro baita para-raio de polêmica) marcou o escanteio com convicção, parou, pensou, olhou pro bandeira, pro 4º árbitro, passaram-se alguns instantes de protesto dos jogadores do Vitória e então, do nada, ele aponta convicto pra cal e já começa a gesticular algo tipo ‘e nem venham reclamar!’. Sei que pode ter sido avisado legalmente pelo 4º árbitro, mas que ficou muito suspeito, ficou. Ah, e o cartão do Matheus Ferraz – que seria o 2º já que ele cometera também o 1º pênalti – ficou no limbo.
    Esse tipo de coisa me desanima muito mais que o futebol pavoroso do Inter.

    • Fifaldino disse:

      Pois é. Isso é palhaçada!! Ou todos usufruem do direito de terem os lances revisados… ou ninguém. Apoiar essa pilantragem só vai favorecer os que sempre….

      • 66 disse:

        O problema, Fifa, é que a dita interferência dessa vez foi para desfazer um erro e a reclamação será para validar um erro.
        Coisa mais esdrúxula.

      • Fifaldino disse:

        Não interessa. Até que isso se torne UMA REGRA ESCRITA E APROVADA, não pode e pronto. Daqui a pouco até o vendedor de cachorro quente vai querer mudar decisões em campo “porque ele viu na TV”.

  4. Rafael disse:

    Não há como provar que houve interferência externa. Muita coisa foi dita, tanto validando quanto anulando o lance. O juiz pode alegar que formou a convicção com base na fala do auxiliar (bandeira). Fim de papo.

    • Fifaldino disse:

      Concordo (quanto a não ficar provado), mas já ouvi dizerem que tem imagens mostrando um dos auxiliares dizendo “já passou na TV”. Não sei se é verdade, mas se for….

      • Rafael disse:

        Sim, mas como avaliar se não era blefe? Alguém pode ter soprado para o bandeira ou ele mesmo ter inventado, sem que tenham realmente visto as imagens. As possibilidades são muitas, por isso que insisto que a discussão é estéril.

    • Guasca disse:

      Sim, aconteceu.

    • Maurício disse:

      Bueno, me parece claro que aquela ‘leitura labial’ do SporTV não pode servir como prova, mas sim um depoimento dos jogadores do Flu que ouviram o cara falar.
      O bandeira em nenhum momento correu pro meio do campo, e aparece nitidamente dizendo ‘eu marquei o impedimento’. O pavão do Sandro Ricci é que resolveu erguer um espeto em pleno temporal por conta própria… Que aguente o tranco agora.

  5. WILDEN disse:

    Ele só teve convicção após o delegado da partida invadir o campo, e avisar de que o gol estava impedido. Pronto, está comprovado a interferência externa. O que vão fazer quanto a isto?

    • Fifaldino disse:

      Concordo!! Mas, sabe como é…. sempre terá alguém pra acreditar que o juiz levou 13 MINUTOS para “formar convicção” sobre um impedimento. Ainda mais quando a coisa vai parar na esfera política.

    • Rafael disse:

      As imagens não dizem isso. O delegado invadiu o campo bem no início da confusão, que ainda durou vários minutos. Ou seja, não foi o delegado que elucidou a questão.

      • Maurício disse:

        E se elucidou e o Sandro deu uma enrolada por mais alguns instantes justamente pra não deixar isso tão evidente? Ele sabe bem o vulto que algo assim poderia tomar.
        Como dizia aquele chato dos Engenheiros do Hawaii, são ‘várias variáveis’.

      • Rafael disse:

        Não há como ter certeza a não ser num detalhe: toda a celeuma foi criada pelo próprio árbitro, que demorou para tomar a decisão. Tivesse acompanhado o posicionamento do auxiliar, teria acertado e não criaria polêmica. E, mesmo que o auxiliar tivesse se equivocado, o árbitro não seria criticado por seguir a opinião do auxiliar.

  6. Guasca disse:

    Não tem como negar. É bom esse Jurídico do Flu.

  7. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    O Fluminense caiu 3 vezes para a Série B mas jogou apenas uma! Caiu uma vez para a Série C e depois foi catapultado direto para a Série A. Nem o Corinthians teve um arrego desses! Que sinistro!

  8. Diego disse:

    Mas o bandeirinha levantou a bandeira na hora do gol, ou seja, assinalou irregular, no momento certo. Logo, não vejo interferência externa, só picuinha. Se o bandeirinha tivesse corrido pro meio campo, validando o gol, até concordaria com a anulação do jogo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s