Grêmio joga bem, vence Palmeiras e garante vantagem

Lucas Uebel/Divulgação GrêmioEm pouco mais de uma semana, Renato já mudou o estilo do Grêmio. O time deixou de lado a ambição de ter sempre o controle da bola e passou a privilegiar a força e a competição. Foi assim que venceu o forte Palmeiras, líder do Brasileirão, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, na Arena.

Com a vitória, o Grêmio joga em São Paulo, dia 19 de outubro, por um empate ou até por derrota (desde que seja com um gol de diferença e de 3 a 2 em diante) para se classificar à semifinal da Copa do Brasil. Derrota por 2 a 1 no Allianz Arena leva a decisão da vaga para a cobrança da marca dos pênaltis.

Pelo que jogou no primeiro tempo, principalmente, a vantagem poderia ter sido mais ampla. O Grêmio pressionou, deu poucas chances ao Palmeiras, marcou em todo o campo e fez dois gols.

Renato escalou o Grêmio com três volantes, utilizando Ramiro no meio, e Luan na posição em que mais rende: livre para se deslocar por todos os lados e arrancar do meio para o ataque. Sempre que o Palmeiras recuava a bola, o sistema defensivo reduzia os espaços.

O primeiro gol foi um prêmio à atuação do Grêmio e, especialmente, de Ramiro: Douglas tocou a bola para a direita, onde estava o volante. Ramiro bateu de direita, cruzado. A bola encobriu o goleiro e entrou no lado direito. Um golaço.

Aos 44, Luan bateu falta da esquerda, Geromel desviou, mais de ombro do que de cabeça, a bola bateu no travessão, no chão e Pedro Rocha, bem mais rápido do que Geromel (foto), tocou de cabeça para a rede. Dois a zero.

Na volta do intervalo, o Palmeiras tinha Leandro Pereira, um centroavante, em lugar de Gabriel. O objetivo era brigar com os zagueiros e liberar Gabriel Jesus para as movimentações pelos lados. Deu certo logo aos cinco minutos.

A bola foi tocada a Leandro, ele deu um leve toque e deixou Gabriel Jesus. O atacante entrou na área, driblou Marcelo Grohe e foi derrubado. Pênalti que Zé Roberto bateu bem, aos cinco minutos, descontando para o Palmeiras.

Antes, aos dois minutos, Walace perdeu chance clara de ampliar e, aos 25, Luan colocou certo de que marcaria, mas a bola saiu perto da trave esquerda.

Cuca fez novas trocas procurando sempre ter mais atacantes. Tirou Dudu e Roger Guedes para as entradas de Barrios e Rafael Marques. Passou a ter mais altura no ataque. Aos 40, Barrios só não empatou porque Grohe fez grande defesa.

Foi só.

Agora, o Grêmio volta ao Brasileirão. Sábado, enfrenta o Cruzeiro em Minas.

 

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Grêmio e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Grêmio joga bem, vence Palmeiras e garante vantagem

  1. alessandro machado disse:

    caiu a casa

  2. Ricardo - DF disse:

    Raça, enfim. Bonito de ver, bela vitória. Pena que Luan não sabe chutar, seria tranquilo 3×1. Torcendo por um 3o cartão para o Oliveira.

    Curinga novamente ganha no apito. Incrível.

    Menguinho eliminado pelos Palestinos !!! Mengo e Curinga não estão acostumados a jogar sem o apito amigo. Um belo feito dos palestinos, que criaram esse time para furar a barreira midiática sionista.

  3. Rafael disse:

    Ontem um comentarista disse numa rádio que era um grande resultado para o Grêmio, que levava uma vantagem para o segundo jogo. Poucos minutos depois, disse que era um grande resultado para o Palmeiras, pois voltava vivo para São Paulo.
    Esse é o nível de nossos comentaristas. E o citado acha que falando rápido o pessoal não se dará conta do besteirol que fala. Melhor mesmo é trocar de rádio, mas a toada não muda muito.

    • Miguel disse:

      Pelo gol que o Palmeiras marcou o resultado se tornou bom para o Palmeiras.
      Grêmio tá fora.

      • João disse:

        Então nem precisa viajar para São Paulo, mês que vem. Como não precisava em 2001, depois de empatar o primeiro jogo da final em 2×2 no Olímpico, como também não precisava viajar ao Rio em 1997, depois de empatar em 0x0 no Olímpico com o Flamengo… Bando de derrotista fingindo ser realista. Por isso que o futebol brasileiro anda cagão.

      • Diego disse:

        Perfeito, João.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s