Não foi a primeira vez de Marcelo Grohe

Lucas Uebel/Divulgação GrêmioO jogo contra o Atlético-PR não foi o primeiro em que o goleiro Marcelo Grohe foi vital em uma decisão de pênaltis do Grêmio.

Lembram de um jogo contra o Novo Hamburgo, na época treinado por Roger, no Gauchão de 2015, disputado na Arena? Quem vencesse estaria na semifinal do campeonato.

Depois de um surpreendente empate em 1 a 1 no tempo normal, os times foram para a decisão. Chegou um momento em que a série estava em 4 a 4 (Éverton tinha desperdiçado sua cobrança).

Se o lateral Paulinho marcasse, o Grêmio estaria eliminado. Marcelo Grohe defendeu com o pé esquerdo. Nas cobranças alternadas, o Grêmio vencia por 6 a 5 quando Grohe, no mesmo canto esquerdo em que defendeu na noite de quarta-feira o chute de Wéverton, desviou a bola chutada por William Schuster.

Com isso, a exemplo do que fez diante do Atlético, o Grêmio evitou a eliminação.

– Quando houve a troca (de Juninho por Wéverton, que pediu para bater), a princípio ia bater outro jogador, eu tentei me recordar de algum pênalti – disse Grohe em entrevista ao programa Seleção Sportv. – Acabei treinando com ele na última convocação da Seleção. Às vezes, no treinamento, a gente brinca nos pênaltis, um goleiro contra o outro. Eu tentei me recordar se a gente tinha treinado alguma coisa, e na hora eu não lembrei. Acho que não houve essa situação. Aí foi na intuição, de fazer a leitura. Fiz a leitura certa.

Vejam no vídeo como foi no ano passado:

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Não foi a primeira vez de Marcelo Grohe

  1. Ricardo - DF disse:

    Tchê, o Grêmio tinha que buscar um goleiro hermano, que saiba sai do gol. Grohe faz boas defesas, mas falha muito, principalmente em decisões.

    E não é que o Renato vai manter P. Rocha e Henrique ? P. Rocha é um jogador que, quando sair do Grêmio, irá sumir e nunca mais vai se ouvir falar dele, como já ocorreu com Mamute, Biteco, etc. Guilherme, Tontini, Tilica, Lima, Lincoln, tanta gente poderia receber mais chances, mas os treinadores adoram (só eles) o P. Rocha… vai entender.

  2. Maurício disse:

    Que o 6rêmio siga aquele plano de mantê-lo no gol até a aposentadoria, como o Ceni.

  3. 66 disse:

    Bom goleiro só não é levantador de taça. Mas se isso fosse importante pra ele, já teria se mandado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s