Da série ‘Perguntar não ofende’

A presença de Argel na área técnica do Vitória no jogo da noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, preocupa a torcida e complica o Inter em um momento decisivo, já que ele conhece bem o clube que deixou há pouco tempo, ou não muda nada?

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Da série ‘Perguntar não ofende’

  1. INTERminável COLORADO disse:

    Penso que ele tentará nos “fucks” com uma retranca. Além do que conhece TODOS os jogadores do Inter e como eles jogam ou não jogam. Irá explorar TODAS as deficiências dos jogadores colorados, que ele conhece mais que ROTH…

  2. Marcião disse:

    Na verdade quem preocupa mesmo é o CJR e suas escalações.

  3. juliocolbeich disse:

    O que preocupa é a deficiência tática, técnica e emocional do time. Vitória é pior que o Inter, tem que ganhar.

  4. analista disse:

    Sempre complica… mas o Roth mudou o Inter, ou não???? Só me assusta a escalação do Géferson… perigo de desastre constante… (com o Ceará no banco!!!)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s