Grêmio: o empate com o líder, segundo Roger

Rodrigo Rodrigues/Divulgação GrêmioAbalado pelas derrotas diante de Botafogo e Coritiba e, especialmente, pelas atuações ruins do time, Roger mudou bastante para enfrentar o líder Palmeiras, na Arena. Mudou a zaga (Kannemann), o meio (dois volantes em vez dos três de antes) e voltou ao esquema de movimentação no meio. Faltou pouco para dar certo: o time dominou, teve várias chances para marcar, mas acabou esbarrando na força do Palmeiras.

Foi sobre isso que Roger falou:

– Foi uma partida que tivemos pleno domínio, com imposição, com a volta do jogo coletivo bem executado. Com as oportunidades criadas na primeira e na segunda etapa, contra o líder da competição, com uma forte defesa. Só o Douglas teve três ou quatro assistências para gol. Muito claras. Aí, entra a questão individual do atleta, de usar o gesto técnico no momento adequado. As que foram bem batidas também contaram com a eficiência do goleiro do Palmeiras. A gente deve lamentar quando não se cria. Nos últimos dois jogos, criamos muito pouco. Mas desse jogo, um grande jogo. Não posso deixar de valorizar.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Grêmio e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Grêmio: o empate com o líder, segundo Roger

  1. Maurício disse:

    Depois que um dos próprios jogadores disse que o Ro6er tá fazendo milagre com esse bando, estão todos absolvidos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s