Inter vence o Santos e deixa o grupo do rebaixamento

Ricardo Duarte/Divulgação InterFoi sofrido e nervoso, mas o Inter conseguiu o objetivo: venceu o Santos por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio (34.075 torcedores), interrompeu uma sequência de baixa que começou dia 6 de junho e com os três pontos deixou o grupo dos rebaixados do Brasileirão.

Com a vitória, superou Vitória (26), Figueirense e Sport (27) e subiu para o 15º lugar na tabela. Foi o desafogo da torcida, depois de 14 rodadas sem comemorar uma vitória de seu time (nove derrotas e quatro empates).

Não foi nada fácil.

O primeiro problema surgiu logo aos dez segundos, quando Ernando e Paulão foram na mesma bola e bateram cabeça com cabeça. Paulão levou a pior. Desabou desmaiado no gramado, foi substituído por Eduardo e vai ficar fora das próximas partidas, por precaução.

O que já era complicado pela pressão e a necessidade de reagir logo no campeonato ficou extremamente agravado aos 21 minutos, quando Géferson, na tentativa de afastar a bola para longe, acabou dando um passe ao goleador Ricardo Oliveira. Ele dominou, já na frente da área, e bateu firme de pé esquerdo, no canto direito. Um a zero Santos.

A partir daí, o drama subiu alguns tons.

O Santos, um time técnico e experiente, passou a controlar a partida, a tocar a bola e a ampliar o nervosismo do Inter, que muitas vezes se precipitava.

Apesar da reação, o Inter só ameaçou aos 35 minutos, em chute de longe do volante Anselmo. Vanderlei desviou.

O alívio surgiu aos 42 minutos: depois de cobrança de escanteio, a bola sobrou para o venezuelano Seijas, que bateu de pé esquerdo. A bola desviou no joelho do zagueiro Gustavo Henrique Oliveira e chegou à rede. Um a um.

Três minutos depois, o árbitro Rodrigo Batista Raposo mostrou o segundo cartão amarelo para Lucas Lima, alegadamente por retardar a cobrança de um escanteio. O meia já tinha recebido um cartão aos 18 minutos por reclamação. Lucas Lima saiu de campo e foi chorar no banco, enquanto jogadores e comissão técnica do Santos protestavam.

Com um jogador a mais, Celso Roth fez o certo: no intervalo, trocou o volante marcador Anselmo, que já tinha amarelo, por Eduardo Henrique, de vocação mais ofensiva, e passou a dominar inteiramente a partida – até porque, com vantagem, a troca de passes ficou facilitada.

Na pressão, o Inter só não marcou aos 15 minutos porque Vanderlei fez uma defesa excepcional ao desviar a bola chutada por William, livre, na área. Na cobrança de escanteio. Valdívia bateu de cabeça e Vanderlei fez novo milagre. Para sorte do Inter, a bola subiu e quando desceu, Aylon apenas deixou que ela batesse em seu peito (foto) e chegasse à rede. Dois a um, festa no Beira-Rio.

O Inter poderia ampliar depois disso, mas o nervosismo complicou tudo. Ou os jogadores se precipitavam no passe ou erravam no detalhe final.

Para complicar, aos poucos o time recuou e, mesmo com dez jogadores, o Santos passou a atacar. Quase marcou aos 44, quando Copetti só não fez o gol porque Aylon, na pequena área, evitou a conclusão.

Depois disso, mesmo em um ambiente de tensão (as imagens da TV mostravam torcedores silenciosos, roendo as unhas, sofrendo nas arquibancadas), o Inter conseguiu garantir a primeira vitória em 15 rodadas.

Na próxima rodada, domingo, mais um desafio e tanto: o Inter enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , , . Guardar link permanente.

32 respostas para Inter vence o Santos e deixa o grupo do rebaixamento

  1. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Para a tristeza de alguns não teve valsa dos 15 no Gigante e já são 4 jogos de invencibilidade com duas vitórias! Ah, e não terá rebaixamento também!

  2. alessandro machado disse:

    Aquele cara de amarelo jogou muito! pqp!

  3. Fifaldino disse:

    Recados:
    1- Geferson, vá para o inferno!! E leve o Artur junto… só pra garantir.
    2- Alex, vá para o inferno!! E leve aqueles que te achavam o substituto ideal para o D’ale… só pra garantir.
    3- O capitão do Internacional tem que ser o SEIJAS.

    • analista disse:

      Exato! Escalar o Géferson é CRIME DE LESA-PÁTRIA!!!!!!!!!!!! Com o CEARÁ no banco então!!!!! O CEARÁ, na esquerda, com um pé só, é 674543 vezes melhor do que a NULIDADE do Géferson!!! Quantas vai ter que entregar para ser DEFENESTRADO do Beira-Rio… O Alex não tem a menor condição de jogar futebol… impressionante!!!

  4. INTERminável COLORADO disse:

    Ufa!!!

  5. INTERminável COLORADO disse:

    SEIJAS é decisivo!

  6. alessandro machado disse:

    o que que foi aquele pereba do gefferson, pellamor
    sorte que o juizão deu uma força monstra, mas o inter está melhorando, aos poucos.
    que falta faz o dalessandro

    • Fifaldino disse:

      Qual foi a força que o juiz deu?

      • alessandro machado disse:

        ah fifa.. poxa..o anselmo deu pancada no cara, cartão amarelo
        10 minutos depois deu outra igual, pisão em cima do pé, falta para cartão, o juiz tergiversou e não aplicou, é do jogo..
        depois o lima tomou um cartão por cera, aí, deu uma outra enroladinha e tomou o vermelho, o juiz bem que poderia ter dado uma advertência forte, mas dar vermelho direto é complicado…, pq 2 pesos e duas medidas?
        sou colorado, mas não vou ser cego e hipócrita em dizer que não houve maracutaia da arbitragem, pois foi claro

        ainda que o inter tenha de fato jogado melhor que o santos, em geral

      • Fifaldino disse:

        O Lucas Lima não levou vermelho direto. Levou o segundo amarelo por pura BURRICE. por reincidência da mesma infração que cometeu quando levou o primeiro amarelo. Ele (e quem acha que ele foi injustiçado) que vá “chorar no banco do Santos” como de fato fez.

        O caso do Anselmo é de natureza interpretativa. Não se compara uma coisa com outra. Portanto… os pesos e medidas tinham mesmo que ser diferentes.

      • Rafael disse:

        Lucas Lima desafiou o árbitro ao cometer a mesma infração. A reação do árbitro foi surpreendente porque os demais se omitem e não cumprem a regra.

  7. 66 disse:

    Meu Deus…que energia tinha hoje no Beira-Rio. Parecia final de campeonato.
    O importante era vencer, do jeito que desse.
    Não entendo porque deixar o Ceará no banco e o Geferson em campo. Pra que?? Porque??
    Temos muito o que melhorar, mas mesmo jogando uma partida razoável e no nível de tensão que o Inter se encontrava, espero que o Inter tenha encontrado o rumo para não cair.
    Acho que o Ariel não volta mais.

    • Fifaldino disse:

      Realmente. A torcida tava a mil hoje!! O Geferson jogar não tem explicação. E o Alex estragar todo santo jogo em que entra também não tem explicação. Tá loco!!!

  8. INTERminável COLORADO disse:

    O Fernando Carvalho tem de parar com essa mania de “usar a mala preta”. Desta vez foi com o árbitro…Que coisa!

  9. Ricardo - DF disse:

    Caraca, até os colorados reconhecem a mala preta… Que mãozona deu o cara de amarelo!

    • Fifaldino disse:

      Claro. Isso é normal. Aliás… tudo culpa do Noveletto!! Ehehe…

      • Ricardo - DF disse:

        Pois é, mas o Noveletto é uma realidade regional. Muitos benefícios o Inter já teve com a arbitragem gaúcha, escolhida a dedo pelo presidente colorado.

        O Alessandro Machado, acima, é uma exceção. A regra é: se a roubalheira me beneficia, a gente se cala, ou pior, justifica.

        Isso levou o Brasil à situação atual. Os impactos das políticas dos golpistas vão longe, não é fácil enxergar sua extensão.

      • Fifaldino disse:

        O “roubo” que estão chorando é o árbitro ter aplicado a regra corretamente. Reveja seus conceitos!

        Quanto ao colega citado, ele ficou tão impressionado com o ACERTO da arbitragem que nem percebeu que foi aplicado o segundo amarelo e não o vermelho direto como ele mencionou. Pra ver como na ânsia de se achar beneficiado ele viu o que não aconteceu. Deve ser síndrome de Estocolmo.

    • Guasca disse:

      Mala preta teve em 2005. Deu até cadeia.

  10. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Por onde anda o nosso relógio bípede da contagem regressiva? hehehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s