Inter mostra bom futebol e vence Fortaleza com goleada

Ricardo Duarte/Divulgação InterA esperada vitória do Inter chegou. Nāo é Brasileirāo, onde o Inter tropeça há 14 rodadas, mas os 3 a 0 sobre o Fortaleza, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, pela Copa do Brasil, deu sinais claros de reaçāo do time.

A pequena torcida que esteve no estádio (12.233 pessoas) percebeu isso claramente. E as diferenças em relaçāo à equipe que hoje ocupa o primeiro posto da zona de rebaixamento começaram pelo acréscimo que as mudanças na escalaçāo provocaram.

Aylon, o centroavante, fez dois dos três gols. A torcida nāo festejava um gol de atacante havia seis partidas.

Nico López, que a torcida pedia no time titular, fez o outro gol e, mais importante, foi um dos destaques. Correu, movimentou-se, tomou iniciativas, chutou e mostrou a desenvoltura que andava em falta.

Além deles, o Inter contou com bons desempenhos de William, Rodrigo Dourado e Valdívia, que aos poucos parece recuperar o ritmo.

Assim, com boas atuaçōes e forte marcaçāo a partir da retomada de bola, o Inter dominou inteiramente o Fortaleza. Teve nove conclusōes no primeiro tempo, fez dois gols e nunca foi ameaçado. A única intervençāo do goleiro Danilo Fernandes aconteceu aos 47 minutos, em um cruzamento.

No segundo, a situaçāo nāo mudou muito. O Inter ampliou, teve outras grandes chances e poderia até ter ampliado.

O primeiro gol surgiu aos 11 minutos. William cruzou da direita, Aylon, de peixinho, fe 1 a 0.

Aos 44, em rebote do goleiro, Nico López tocou de pé direito, colocado, e fe 2 a 0.

No segundo tempo, aos seis minutos, Ernando cabeceou no travessāo e, na volta, Aylon completou: 3 a 0.

A torcida, aliviada, aplaudiu.

E Roth terá de pensar em vaga no time titular para Nico López e Aylon.

O jogo da volta será a 22 de setembro.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa do Brasil e marcado , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para Inter mostra bom futebol e vence Fortaleza com goleada

  1. juliocolbeich disse:

    O Guerrinha tem razão, Aylon fez 2 gols, vai para o banco. Nico vai para o banco também. Bom é o Ariel que recebe 50 chances…
    Hoje tirou a Zika, tomara que agora consigamos ir melhorando aos poucos e voltar a vencer no Brasileirão.
    Há uma luz no fim do túnel, espero que não seja um trem :p
    O Colorado já dava sinais de melhora, só vamos dar um desconto pelo adversário mesmo, mas na nossa situação é bom lembrar como é vencer.

  2. 66 disse:

    Só uma estupidez e a velha mania do Roth de contrariar o senso comum pra justificar uma preferência pelo Ariel, tendo Aylon e Nico Lopez como opçóes no banco. O empate contra o Sport vai pra conta do treinador.
    Hoje, descontando toda a fragilidade do Fortaleza, tanto Nico quanto Aylon mostraram que são infinitamente melhores que o Ariel.
    Tomara que essa vitória dê a tranquilidade necessária para o Inter sair do buraco em que se meteu.
    E acho que o Ceará deveria ser o titular da lateral esquerda, em nome da experiência que o momento exige. O Geferson é muito fraco.

  3. Maurício disse:

    Me parece que o Seijas também merece destaque, Mário. Não só por hoje, mas pelo que vem fazendo, chamando a responsabilidade mesmo tendo chegado há pouco, enquanto medalhões como Alex e Anderson se escondem. Além disso, mesmo com uma ou outra displicência, se adaptou rápido e já mostrou que tem categoria e sabe jogar.

  4. Maurício disse:

    Pensar em vaga pra Nico e Aylon??? O Roth achou um [ataque pro] time e tem uma semana pra treiná-lo Aguardemos o que vai sair daí. Se conseguir a proeza de vencer o Santos, muda tudo.

    A propósito, acabou o Mês do Cachorro Louco.

  5. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Eu disse que iríamos ganhar do Fortaleza para dar uma trégua. Agora já são 3 jogos sem perder! Tô prevendo ida até a semifinal na Copa do BR.

  6. 66 disse:

    Essa direção incompetente do Píffero às vezes demonstra não sabe avaliar o tamanho do buraco que se meteu.
    Acabei de ouvir que contra o Santos o ingresso “promocional” mais barato custará R$30,00.
    O Sport Club Internacional tinha obrigação de bancar um preço mais baixo. As maiores chances de vitória do Inter SEMPRE estarão acompanhadas do Beira-Rio lotado. A direção tinha obrigaćão de buscar essa força das arquibancadas pra apoiar e empurrar o time.
    Inacreditável que esses incompetentes não enxerguem isso. Querem uma corda mais apertada ainda no pescoço?
    Outra coisa. Porque ninguém cobra a INEXISTÊNCIA do Ânderson no time? O maior salário do clube não pode ficar ali brincando de bobinho e pulando cones atrás da goleira. Ninguém cobra atitude e envolvimento dele?? Ser jogador “do Presidente” tem suas vantagens.
    Um time sem criatividade e precisando de um jogador com as suas carcterísticas e ele ali, ompletamente alienado.

    • Fifaldino disse:

      Na boa… logo agora que o time deu uma melhorada, o que é que tu quer com essa NABA???

      • 66 disse:

        Longe de mim ser fã desse parasita, mas acontece que o Inter carece de um jogador com as suas características.
        Nossos dois volantes, sejam lá quais estejam jogando, não se apresentam no ataque como elemento surpresa, não sabem chutar e participam muito burocraticamente da Parte ofensiva do time. Isso sobrecarrega demais o Seijas ( que mesmo tendo tuções destacadas, tem sumido no segundo tempo ) e transforma o Valdívia num carregador de bola, quando o negócio dele é jogar próximo da área pra finalizar. O Valdívia não chuta mais. Ele é atacante pra jogar no último terço do campo mas está voltando demais pra pegar na bola e se afasta muito da área. E ele tenta fazer o que esse bosta do Ânderson poderia fazer perfeitamente, se houvesse cobrança em cima dele no Beira-Rio.
        Sem a participação dos volantes na parte ofensiva, fica tudo em cima dos três atacantes, que ficam obrigados a armar e concluir quando deveriam pensar mais em concluir do que armar.
        Estão falando em Anselmo e eu concordo. Fixando ele na frente da área, talvêz o Dourado tenha mais liberdade de se juntar ao ataque.

  7. A saída do Sacha e do Arthur (apesar do Geferson), contribuiu muito, iniciamos o jogo com 10 jogadores. Se houvesse no elenco um zagueiro com cérebro, para o lugar do Paulão, poderíamos jogar com 11 jogadores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s