Inter leva gol no fim e termina a rodada no rebaixamento

Ricardo Duarte/Divulgação InterNão bastasse a longa sequência de 14 jogos sem vitórias (a última foi no dia 6 de junho), agora o torcedor do Inter tem um tormento a mais: depois do empate em 1 a 1 com o Sport, no início da noite deste domingo, na Arena Pernambuco, em Recife, o time termina a rodada na zona de rebaixamento do Brasileirão.

Foi ultrapassado até pelo Vitória e para nos 24 pontos, em 17º lugar, à frente apenas de Figueirense, Santa Cruz e América-MG.

Como todo drama, teve mais uma final um final trágico: o Inter manteve a vantagem, que interromperia a sequência ruim e tiraria o time do grupo de rebaixados, até os 44 minutos do segundo tempo, quando o Sport empatou depois de um levantamento para a área.

O Inter fez quase tudo certo no primeiro tempo, mas recuou demais no segundo e permitiu a pressão constante do adversário. Para complicar ainda mais, as trocas feitas pelo técnico Celso Roth – Ariel no lugar de Sasha, Fernando Bob no de William – foram um desastre. Ariel pela absoluta e conhecida incompatibilidade com a bola. Bob porque fez várias faltas – uma delas a que resultou no lançamento para o gol de empate.

Quando Bob entrou em campo (inicialmente, ele substituiria Valdívia, mas acabou entrando na vaga de William, que sentiu câimbras), a solução melhor seria utilizar Nico López ou até mesmo Anderson para reter um pouco mais a bola e reduzir a pressão. Não fez isso e pagou caro.

O início do jogo deu toda esperança ao torcedor de que o domingo poderia marcar a reaão do time.

Roth escalou a equipe com William na linha de quatro jogadores de meio, à frente de Ceará, e Seijas aberto pela esquerda. Bloqueava bem o Sport e atacava com perigo. Logo aos sete minutos, Seijas dominou pela esquerda, na área, driblou e caiu. O árbitro assinalou pênalti. O próprio Seijas bateu e fez 1 a 0.

Foi o melhor momento do time na partida.

Em seguida, Seijas recebeu livre, avançou, ficou na frente do goleiro, mas fez a opção errada e chutou no corpo de Magrão. Perdeu a chance de ampliar. Aos 23, mais uma vez o venezuelano recebeu livre, no contra-ataque, e bateu firme. A bola passou perto da trave esquerda.

O Sport pouco concluiu. A melhor chance foi de Edmílson, que chutou rasteiro, forte. Danilo Fernandes fez boa defesa.

No segundo tempo, o Sport acelerou e o Inter recuou demais. Mesmo assim, a defesa seguiu firme, especialmente com a dupla de zagueiros, dando poucas oportunidades para o adversário. Aos 16, Celso Roth fez a primeira de suas trocas: substituiu o cansado Sasha por Ariel. E logo no primeiro lance de que participou, o centroavante poderia ter assegurado a vitória: Ronaldo falhou e Ariel entrou livre. Tentou colocar com categoria, fora de suas características, e acabou chutando fraco, nas mãos de Magrão.

Aos 21, Roth trocou Fabinho (também desgastado) por Eduardo Henrique e, aos 36, William por Fernando Bob. Nesta altura, o Inter já não conseguia mais segurar a bola no ataque ou no meio.

Surgiu então a falta de Bob, aos 44: no levantamento, a defesa descuidou-se e a bola sobrou para Vinícius, que bateu firme, na saída do goleiro Danilo. Gol do Sport, 1 a 1.

Com o resultado, o Inter, que subia na tabela, voltou para o rebaixamento, já a dois pontos de Coritiba, Cruzeiro, Vitória e Botafogo e ainda correndo o risco de ver o Figueirense, que está a seu lado, saltar na classificação já que tem uma partida a menos.

Quarta, este Inter do Brasileirão estreia na Copa do Brasil contra o Fortaleza, no Beira-Rio.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

29 respostas para Inter leva gol no fim e termina a rodada no rebaixamento

  1. Ronaldo disse:

    Quando entrou o FB eu até comentei aqui em casa, este dá contra ataque ou faz falta desnecessária, dito e feito.

  2. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Nas últimas 3 partidas o Inter entregou depois dos 40! Seriam 5 pontos! Depois de 14 partidas sem vencer finalmente a entrada na zona! Abusou demais da sorte! Tá difícil de ter otimismo! Mas nunca me deixei levar pelos resultados de ocasião! Não será agora!

  3. Fifaldino disse:

    FORA AGUIRRE!!! E LEVA O D’ALE CONTIG… OH WAIT!!!!

  4. INTERminável COLORADO disse:

    Finalmente vimos o BURROTH entrar em campo. Não pode ficar sem um volante a mais em campo. Ele precisa ter mais volante que o adversário, em algum momento do jogo. Foi o que fez. Perdemos a chance de vencer e ter mais tranquilidade para o próximo jogo, que é contra o Santos FC. Alguém aí acredita que o Inter vença o Santos? ROTH abdicou do ataque deixando VALDÍVIA, improdutivo até aquele momento, completamente extenuado, colocando FERNANDO BOB para segurar o resultado, mas que só fez uma cagada atrás da outra. Só não foi expulso por complacência do árbitro cagão. Esperou que WILLIAM se acabasse em campo para trocá-lo. Se antes disso tivesse colocado alguém para puxar o contra-ataque ou segurar a bola no ataque, talvez o resultado fosse outro. Não, preferiu arriscar e se deu mal, pois a troca de WILLIAM por FB foi desastrosa. Chamou de vez o Sport, que não conseguiu criar uma única oportunidade no segundo tempo. Enquanto isso, NICO LÓPEZ, AYLON, ANDERSON, que são velozes, ficaram no banco torcendo que nem trouxas, assim como nós em casa…

  5. Diego disse:

    Faltam 16 jogos. Obrigado CJR, a nação tricolor agradece seus serviços prestados ao inter nos 2 maiores vexames da história vermelha.

  6. Roberto disse:

    Será que alguém poderia postar aqui a CRA atualizada?
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. INTERminável COLORADO disse:

    NICO LÓPEZ veio para jogar a segunda divisão brasileira. Que coisa!

  8. Casio disse:

    O grupo de jogadores já não é grande coisa; daí trazem o CJR para comandar o time. CJR é conhecido por ter implicância com os mais talentosos. O Vasco o ano passado também recorreu a CJR em certo momento do campeonato. Deu no que deu.

  9. juliocolbeich disse:

    Se o Celso Roth precisa mesmo de um atacante de área no segundo tempo que use o Aylon e não o Ariel, muito ruim. Eu imagino que o Nico Lopes não deve fardar nem no meu time de futsal de tão ruim que deve ser para perder a vaga para o Ariel. Time que leva gols seguidos no começo ou no final do jogo é devido a falta de qualidade mesmo, os jogadores ficam concentrados durante muito tempo e chega uma hora que o corpo não aguenta e entrega o jogo.
    Pela lógica dessa direção tá na hora de demitir o Roth.

  10. INTERminável COLORADO disse:

    Enquanto isso, DAMIÃO e RAFAEL MOURA metendo gols…Que coisa!

  11. INTERminável COLORADO disse:

    FALTAM 16 jogos…

    8 vitórias nos tiram dessa enrascada ou…

    7 vitórias e 3 empates ou…

    6 vitórias e 6 empates ou…

    5 vitórias e 9 empates ou…

    4 vitórias e 12 empates…

    QUEM APOSTA?

  12. A vitória, escapou mas não foi resultado ruim, esqueceram que o gremicho caiu de 4 lá.
    Tem que ganhar em casa do Santos. O Figueira ganhou lá.

    • Marcão disse:

      Não temos time pra ganhar as próximas duas partidas pelo Brasileiro. Só vamos voltar a vencer, SE vencermos, contra o Vitória, dia 15/9.

  13. diego disse:

    Faltam 16 jogos…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s