O empate, segundo Celso Roth

Ricardo Duarte/DivulgaçãoO torcedor reclamou de novo, protestou, xingou alguns jogadores, pediu que Valdívia deixe o Instagram, mas para o técnico Celso Roth o empate com o São Paulo mostrou sinais de que o Inter começa a reagir. Dominou, teve inúmeras chances de marcar, perdeu um pênalti no fim e fez o técnico lamentar pelo empate.

– Merecíamos a vitória. O time teve consistência defensiva, mas ofensivamente poderíamos ter um pouco mais de força. Mostramos pelo momento uma evolução bem interessante. Tem muita coisa? Tem. Mas foi um time organizado, tentou jogar, não perdeu a organização mesmo depois do gol. Isso não podemos deixar de citar. Quanto às substituições, nós precisávamos de força, principalmente na bola aérea. Estávamos enfrentando o São Paulo. É um clássico. Acho que acrescentaram. No segundo tempo, tivemos várias situações de gol, mas infelizmente não conseguimos.

Os resultados da rodada deixaram o Inter em 15º lugar, com 23 pontos, mesma pontuação do primeiro da zona do rebaixamento (Figueirense), mas favorecido pelos critérios de desempate. Segue na frente do Cruzeiro pelo saldo de gols e do Vitória pelo número de vezes que venceu no campeonato.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

19 respostas para O empate, segundo Celso Roth

  1. Fifaldino disse:

    FORA AGUIRRE!!! FORA D’ALESSANDRO!!!! FORA RODÍZ……. OH WAIT!!!

  2. Maurício disse:

    Li que alguns imbecis teriam gritado ‘pipoqueiro’ pro Valdívia… Mas peraí, não foi ele que pegou a bola pra bater? Pipoqueiro seria se tivesse deixado a cobrança pra aquilo que colocaram no lugar do Nico.
    O guri vem de uma lesão gravíssima, colocando-se à disposição antes do previsto, mas nítida e obviamente abaixo, e mesmo assim contribuindo mais do que Andrigos, Ferrareis e Andersons somados. É, junto com o Seijas, nossa melhor bola parada e nossa melhor visão de jogo, e tá demonstrando mais do que muitos outros que quer tirar o time do mau momento.
    Fico pensando de que nos adianta cabeças como essa irem ao estádio a não ser fazer número pra média de público.

    Também vi evolução, por menos que signifique pelo pouquíssimo que tínhamos no final da gestão Argel e na inexplicável passagem do Falcão, e por pior que esteja o momento do SPFW.
    Acho que o Roth errou ao mexer primeiro no Nico, errou ao optar pelo Ariel e de novo depois colocando o Andrigo, por melhor que tenha sido a ideia do Ceará junto com o William. Mas acho necessário admitir que parece ser nossa melhor ideia de time em muito tempo.

    Acho que o jogo em Recife, sem pressão de torcida e contra um Sport irregular, tem sim boa chance de ser a tão sonhada vitória colorada. Imprescindível, aliás, pra inflamar o time pro desafio contra o perigoso Santos.

    • Fifaldino disse:

      Exatamente!! De pipoqueiro o Valdívia não tem nada. É justamente o contrário. Mas, sabe como é… sempre tem um orelhudo pra achar problema no jogador errado.

      • CAMPEÃO DE TUDO disse:

        Correto, Fifa! Alex deveria ter sido escalado, com as duas pernas amarradas joga mais que o Arthur e ainda poderia ter cobrado o pênalti. É hora dos medalhões jogar!

  3. Maurício disse:

    Tô curioso pra saber como o Roth vai aproveitar o Dourado, ou melhor, como [e se] vai redistribuir e ‘repriorizar’ as opções na volância. Pela boa impressão na fogueira que entrou, não duvido que o Eduardo Henrique possa passar a ter preferência sobre Bob e Fabinho, que não vêm bem, mas algo me diz que o Bob ainda vai ter mais chances de seguir sendo o cão de guarda.
    Falando em Eduardo, tô curioso também pra ver o jovem zagueiro na zaga, o que deve acontecer logo se o Paulão seguir nesse ritmo cada-enxadada-uma-minhoca. Ainda sobre zaga, o Ernando confirma a cada jogo que é um dos melhores pernas-de-pau que tivemos ali nos últimos anos.

  4. Diego disse:

    Falam 17 jogos…

  5. INTERminável COLORADO disse:

    Faltam 17 jogos…para o Grêmio ser campeão…

  6. INTERminável COLORADO disse:

    Na atual conjuntura, eu daria TOTAL prioridade para o campeonato brasileiro. Deixaria a Copa do Brasil de lado. Mandaria a campo o time sub-23 com alguns reservas do time principal…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s