Coração do técnico alemão bate no peito de uma brasileira

A medalha mais importante dos Jogos Olímpicos já é, por direito, da família do técnico de canoagem Stefen Henze, um profissional ainda jovem, 35 anos, morto dias atrás em acidente de trânsito no Rio.

Os familiares decidiram que os órgãos de Stefan ficassem no Brasil para ajudar pessoas que precisavam.

Na noite de segunda-feira, os órgãos foram retirados e encaminhados a hospitais que fazem transplantes.

O coração de Stefen já bate no peito de uma brasileira.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Gente e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s