Inter: três técnicos em meio ano. Os dirigentes seguem errando

Quando o Inter decidiu demitir Argel, lembrei aqui no blog que o grande problema dos clubes brasileiros eram as escolhas dos dirigentes. Elas é que determinavam os erros logo adiante – e a necessidade de trocas, quase sempre prejudicadas pela necessidade urgente de dar uma resposta aos torcedores.

O erro de apostar em Argel agravou-se com a escolha de seu sucessor. Falcão só foi lembrado pelos dirigentes porque não havia muitas opções. Funcionou o velho pensamento mágico, aquele de que um ídolo com a força de Falcão seria capaz de resolver as dificuldades do time e acalmar a torcida.

Não podia dar certo.

Falcão tem boas ideias sobre futebol, conhece o ambiente, sonha firmar-se como treinador (e por isso largou um emprego bem remunerado como comentarista), preparou-se para isso, mas precisa de tempo para implantar seus projetos. Só isso já seria suficiente para pensar em outro nome, mais adepto de soluções emergenciais.

No meio de um campeonato, em um momento de crise técnica, o Inter teria de pensar em outro nome. Escolheu Falcão.

A convicção durou apenas cinco jogos. Como alguém pode esperar que um técnico resolva tudo em tão pouco tempo?

O substituto será o terceiro técnico de um time já abalado pela insegurança.

A demissão mostra que os dirigentes não tinham convicção, nem ideia sobre o que o time precisava. A própria diferença de estilo entre o técnico anterior, de muitos gritos e energia, e Falcão, um homem de discursos mais tranquilos, sem arroubos, já confirma que aquele ponto citado lá no início do texto – a escolha errada – cobraria seu preço.

Agora, mais uma vez o clube vive uma situação de emergência.

Na manhã desta terça-feira, haverá entrevista coletiva no Beira-Rio para anunciar nomes e reestruturação do futebol. Ibsen Pinheiro assuma o futebol, com Fernando Carvalho de assessor especial. Newton Drummond, o Chumbinho, voltaria como executivo.

O técnico será Celso Roth, o homem que parece ficar em casa sempre à espera do chamado em momentos de crise – no Inter e em vários outros grandes clubes -, até porque ele trabalha de acordo com as ideias dos novos dirigentes.

É a velha questão da escolha.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Brasileirão, Inter e marcado , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para Inter: três técnicos em meio ano. Os dirigentes seguem errando

  1. carlos disse:

    a vinda do falcão era um plano para meter o celso mazembe e o espetacular FC, todo mundo sabia que não daria certo o Falcão, bateu o desespero ficou livre o caminho para o trio mazembico…

  2. analista disse:

    Excelente comentário MM. É lamentável a diretoria colorada. É lamentável o que foi feito com Falcão. De novo apelando a Roth… é triste… OREMOS!! Agora com Carvalho, Ibsen e Roth… certamente a MÃE das retrancas será parida!!!!! Que dê certo!!!

    • Casio Rabello disse:

      Acertou em cheio ! Vem aí a “MÃE das retrancas” !!! Vai ser horrível de ver o nosso time jogando com 5 volantes (4 ruins). Tô só pelos 46. Depois é fora Pífero, Roth, FC, e outros…

  3. edi tavares disse:

    a demissão do Falcão deve ter sido imposição do FC para assumir o futebol, já que, sempre deixou claro que para ele o Falcão não é treinador.
    A especialidade do Roth sempre foi treinar time ruim e tirar “leite de pedra” espero que continue assim e nos livre desse calvário. também espero que não renovem o contrato dele para 17

  4. CAMPEÃO DE TUDO disse:

    Concordo, até porque sempre disse por aqui que o problema do Inter não estava na casamata, ainda que aqueles que foram colocados lá não eram habilitados para o cargo, mas esse mesmo Inter já ganhou títulos com o “pé frio” do Abel, Alexandre Gallo e até Celso Roth.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s