Chile vence o valente Uruguai e está nas semifinais

Um gol do lateral Isla, marcado aos 37 minutos do segundo tempo do jogo contra Uruguai, garantiu a vitória de 1 a 0 e a classificação da seleção chilena para as semifinais da Copa América. Apesar do domínio chileno, com posse de bola que chegou a quase 80%, foi um sufoco para a seleção de Sampaoli.

O Uruguai, com a garra de sempre, fechou-se na defesa e passou a tentar apenas os contra-ataques. A tarefa, que já era complicada, ficou pior ainda quando o atacante Cavani foi expulso, no início do segundo tempo, ao dar um tapa em Jara, irritado com as provocações do adversário. Levou o segundo amarelo e o vermelho do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci.

Com dez jogadores, os uruguaios recuaram ainda mais. A insistência chilena foi premiada aos 37 minutos: Muslera saiu mal em um cruzamento, desviou a bola para o meio da defesa. Valdívia dominou e tocou para o lado, vendo a chegada de Isla, que bateu rasteiro, no canto esquerdo. Festa em campo, loucura dos 50 mil torcedores.

No fim, Sandro errou ao expulsar também Fucile, que entrou firme, mas apenas na bola, em lance com Sánchez, e despertou a fúria uruguaia. Com nove, ficou praticamente impossível reagir e chegar ao empate.

Classificado, o Chile – melhor seleção da Copa América até agora, com sobras – espera agora pelo vencedor do confronto entre Bolívia e Peru, que jogam na noite desta quinta. As quartas de final serão completadas com Argentina x Colômbia, sexta, e Brasil x Paraguai, na sexta-feira.

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Copa América. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Chile vence o valente Uruguai e está nas semifinais

  1. Ricardo - DF disse:

    Caraca, e que baixo nível de provocação. O cara tem que ser muito preparado psicologicamente para não enfiar a mão, ou o cotovelo, da fuça daquele chileno que enviou dedo nele. Mas, hoje, com câmeras por todo o lado, flagrou-se o nível da baixaria. Fosse no Brasil o STJD certamente iria punir o provocador por atitude anti-desportiva. Contra o Chile, não deve acontecer nada. Mas a publicização da baixaria não é boa para Chile nem para o provocador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s