Koff é que estava certo

Este novo escândalo envolvendo o futebol da Fifa, com investigações até do FMI e ramificações na CBF, me faz lembrar de uma conversa com Fábio Koff, logo depois da última eleição do Clube dos 13. Ele tinha um plano detalhado para romper com o poder de Ricardo Teixeira e seus aliados na CBF, já nas últimas eleições – estas em que José Maria Marín, um dos presos na Suíça por corrupção, passou o cargo a Marco Polo del Nero.

Koff estava certo de que conseguiria unir os clubes da Série A, incluir os da B no colégio eleitoral e aproveitar uma divisão das federações para apresentar um candidato viável e assumir o poder.

Sabem por que não deu certo? Porque os próprios clubes trataram de implodir o Clube dos 13. Inconformado por ver seu candidato derrotado por Koff, ele envolveu os presidentes de clubes e forçou o rompimento. Sem apoio, o plano de Koff foi deixado de lado.

Todos sabem o que aconteceu depois.

Ricardo Teixeira vendeu todos seus bens e foi embora do país para escapar de eventuais punições, Marín assumiu, passou o cargo a Del Nero sem deixar a direção e passou a integrar o comitê da Fifa. Agora está preso por corrupção. E os clubes, obedientemente, votaram em Marín e Del Nero.

Del Nero tratou de evitar complicações: fechou a conta no hotel e sumiu de Zurique. Nem vai participar da eleição da Fifa. Ninguém mais falou com ele.

Marín já foi abandonado pelos aliados. Na quinta, as letras de seu nome foram retiradas da fachada do prédio da CBF, na Barra da Tijuca, onde nunca deveriam ter estado. Nome da sede da CBF deveria ser dado, como homenagem, a Garrincha, Pelé, Nílton Santos, entre outros, que construíram a história do futebol brasileiro, não para um cartola amigo da ditadura e, agora, envolvido num gigantesco esquema de corrupção no futebol.

 

Anúncios

Sobre mariomarcos

Jornalista, natural de criciúma, fã incondicional de filmes, bons livros e esportes
Esse post foi publicado em Futebol e marcado , , , , . Guardar link permanente.

17 respostas para Koff é que estava certo

  1. Fifaldino disse:

    O velho Koff estava certo sobre a Arena CaOAS também…..

    • Ruben Paz disse:

      E ainda tem uns cegos que dizem que o Inter foi beneficiado pela arbitragem no jogo de 4ª feira!!!
      Além do Nilmar, que quase teve a cabeça quebrada, agora veio a notícia confirmando que Sasha tb foi operado por causa do pisão no pé que o cara não levou NEM AMARELO e fica 30 dias parado!!!
      Estou na contra mão dos que falam que a parada na LA não é boa prá nós. Acho q foi a melhor coisa q aconteceu. Além de recuperar os caras machucados, não só os titulares, mas alguns reservas como o risadinha e o Jorge Henrique, tem chance dos “sonos” vitinho e Anderson começarem a mostrar algum futebol nesse período!!!

  2. Fred disse:

    FMI?
    Como assim?
    Meu nobre, não seria FBI?

  3. Fred disse:

    Quanto ao conteúdo do post, concordo com tua posição e acho que devem ser punidos todos os culpados.

  4. OLHO VIVO disse:

    O tempo é o senhor da razão !!!!!!

    Muitos podres surgirão incluindo gente muito próxima do respeitável público da aldeia e que goza de prestígio ilimitado, sendo comparado a DEUS.

  5. Guasca disse:

    Putz, convocaram o Geferson para a porcaria da Copa América….

  6. Arlindo SP disse:

    Perfeito o post MM, mas tem um personagem, que acredito foi o principal para a queda do Koff que se chama Rede Globo. Foi quando o Koff, colocou na mesa a proposta de compra das transmissões do Brasileirão pela Record, que se apressou sua queda. E para mim, qualquer investigação que não inclua a questão dos direitos de transmissão, e por conseguinte a toda poderosa Globo, que é a principal fonte de recursos do futebol, não tem nenhuma validade. Quero ver o Romário, que hoje conseguiu os números necessários para CPI colocar isto em pauta! Aí sim, acontece uma revolução no futebol brasileiro.

  7. Rodrigo R. disse:

    Incrível a inocência do MM. Se o CARTOLA (esse termo deve ser usado para os protegidos dirigentes gaúchos também, menos bairrismo se quiser credibilidade na crítica aos “cartolas”) koff=obino contestasse a CBF/Globo ele não duraria um ano na teta do Clube dos 13. O C13 começou contestador nos anos 1980, mas durante os anos 1990, especialmente com koff=obino, vendeu a alma, buscou uma harmonização em que a defesa dos associados era sempre meia bomba, e a desigualdade de tratamento entre estes associados reinava, assim como os apertos de mão e sorrisos com a turma da CBF e cartolas paulistas e cariocas de péssima reputação, como Eurico Miranda. Era uma festa escrota (e não contestada pela gauchada porque no comando estava um gaúcho e estavam preparando outro, o CARTOLA Fernando Carvalho, para sucedê-lo, mas este se queimou com DVD’s e chororôs). Quando koff=obino tentou retomar “a alma”, se ferrou. E koff=obino não tentou buscar de volta tal “alma” contestadora depois de anos de mamação por ser “bonzinho”, mas porque se viu cada vez mais afastado da festa das tetas, virou um “meio de campo” desnecessário para domar os clubes. O C13 virou, nos anos 1990, apenas uma boa ideia (e ainda é), mas na prática apodreceu mediocremente como um sindicato chapa branca, sem força, sem capacidade de provocar respeito e medo na CBF/Globo, sindicato domadinho e corrupto. O valor de um sindicato pode ser medido pelo interesse em se fazer parte dele, nenhum clube deve ser condenado por buscar o que é melhor e fugir do que é pior para si. O colapso do C13 foi consequência natural de uma estrutura que apodreceu e se tornou repugnante. O C13 de koff=obino não faz falta aos clubes, o C13 ideal, o original que logo se desvirtuou, é que faz.

    • 66 disse:

      O Odone não colaborou também??
      Olha q apesar de não gostar da forma que tu menciona o Presidente mais vitorioso do teu time, concordo com quase tudo o que tu falou.
      O Clube dos 13 perdeu o trem da historia la atrás. Hoje era uma entidade meramente decorativa. Foi definhando ano após ano só que nesse meio não existem inocentes.
      Porque nunca ninguém investigou as relações obscuras dos cartolas do futebol brasileiro??
      A Receita Federal dizer que investiga há dez anos a movimentação financeira da CBF é piada.
      E a fuga do Marco Polo Del Nero da eleição do Blatter foi bizarro. Fugiu so FBI Para o lugar onde ele tem certeza que está seguro. Brasil velho de guerra.

    • JOÃO disse:

      Na ânsia de grenalizar, o cidadão se esquece que o Clube dos 13 só teve força justamente por causa fo do Koff, que conseguiu unir os clubes. Mas fica com esse teu papo furado de boteco e seja feliz. Aproveita e pede para o teu clube receber da televisão o mesmo que recebia antes do Koff assumir o tal “sindicato”. Todo esse texto para falar bobagem. E ai da perdi tempo lendo e respondendo.

  8. pedroportellanz disse:

    Todos sabemos que muitos dos dirigentes da FIFA são corruptos e que eles poderiam – sim – honrar o esporte mais praticado do planeta Terra sendo honestos, transparentes e mais responsáveis.

    Ninguém discute que o ex-Presidente, ladrão de medalha e ex-Governador Biônico do Estado de São Paulo é um sujeito podre e merece ficar o resto da sua avançada velhice na cadeia.

    Entretanto, não sejamos ingênuos em acreditar que o Poder Judiciário Norte-Americano esteja agindo contra alguns dirigentes da FIFA apenas por ‘ser a coisa certa a se fazer’.

    Hoje sabemos que os Estados Unidos da América (EUA) e o Reino Unido (RU) estão deliberadamente tentando retirar a Copa do Mundo da Russia (2018) e a Copa do Mundo do Qatar (2022) pois os dois países queriam sediar os dois eventos.

    A FIFA tornou-se tão global quanto as Nações Unidas. Mas, ao contrário das Nações Unidas, ela não tem um conselho privilegiado onde poucos influentes têm poder de veto sobre as decisões da maioria.

    A FIFA é liderada por uma assembléia geral de 209 associações de futebol, onde todos têm um voto igual, seja a Grã-Bretanha ou Burundi.

    Isso não é uma situação desejável para o rico e poderoso Ocidente, ou melhor EUA e RU.

    No ‘mundão véio de Meu Deus’ não existem mocinhos, apenas bandidos.

    Referência: http://www.aljazeera.com/indepth/opinion/2015/05/fifa-corruption-sepp-blatter-election-football-150529145808676.html

  9. Luiz Martini disse:

    Teu post está correto, embora faltem algumas verdades.
    Odone foi fundamental para a destruição do Clube dos 13.
    Como o Grêmio não ganhou nada com isso, os propalados 10 anos de investigações da RFB já poderiam ter chegado às “heranças” que ele usa para explicar aumento patrimonial injustificável.

    E outra coisa que até as pedras dos caminhos sabem é que a RGT tomou parte da operação para detonar o C13.
    Ah, um FBI numa hora dessas para investigar os esquemas de transmissão de jogos, como fez lá no escândalo da FIFA. Esperar que os Zelotes irão apontar ou investigar isso seria no mínimo ingenuidade.

    Seja como for, no caso do Grêmio, um clube que não limpa a própria casa suja não tem nem que tentar espernear porque a dos outros está.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s